Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Como ajudar a Somália?

por Jorge Soares, em 20.07.11

A seca na Somália

 

Imagem do Público

 

A Somália é um país no Corno de África, tem perto de 9 milhões de habitantes e vive desde 1991 uma guerra civil em que os vários senhores da guerra lutam pelo poder e pelos poucos recursos que ainda restam. Todos estes anos de guerra converteram este pais sem lei e sem destino aparente num dos mais pobres do mundo. Sendo que ultimamente ficou tristemente conhecido graças à pirataria que floresce nas suas costas e que inclusivamente já levou a que os barcos mercantes sejam protegidos por navios de guerra da NATO.

 

Já não bastavam os maus humores dos seus governantes, agora até a natureza se empenha em fazer sofrer o povo Somali, o Corno de África, está a sofrer uma das maiores secas dos últimos 60 anos que está a deixar um rasto de morte e miséria. As Nações Unidas declararam formalmente a existência de fome no Sul do país e já se fala da mais grave tragédia humanitária no mundo.

 

Várias organizações lançaram campanhas, em todo o mundo. Eis como pode ajudar:

 

- A Unicef em Portugal (www.unicef.pt) está a recolher fundos, os donativos podem ser feitos no site ou nas caixas multibanco. Selecciona-se “Transferências”, depois “Ser solidário” e finalmente “Unicef”. Para efeitos fiscais, escolhe-se depois a opção “Factura” e introduz-se o número de contribuinte.

Também podem ser enviados cheques para a morada Comité Português para a UNICEF, Av. António Augusto de Aguiar, 21 - 3º Esquerdo 1069-115 Lisboa.

Também é possível contribuir por telefone, através do número 760 501 501, chamada de valor acrescentado que custa 60 cêntimos. Ou fazer depósitos para a conta no banco Millenium BCP (NIB 0033 0000 5013 1901 2290 5)

- O Comité Internacional da Cruz Vermelha também tem uma página na Internet dedicada à Somália onde se podem efectuar donativos (http://www.icrc.org/eng/where-we-work/africa/somalia/index.jsp)

- O Alto Comissariado das Nações Unidas para os refugiados lançou, também na Internet, uma campanha para ajudar a Somália, à qual se pode aceder emhttp://www.unhcr.org/emergency/somalia/

- O Programa Alimentar Mundial está a efectuar recolha de donativos para ajudar as vítimas da seca no Corno de África em http://www.wfp.org/crisis/horn-of-africa

- A Oxfam (http://www.oxfam.org/eastafrica
) também está a aceitar donativos para as vítimas da fome.

- A Care lançou a sua campanha na página http://www.care.org/index.asp

- Os Médicos sem Fronteiras recolhem também donativos emhttps://www.doctorswithoutborders.org/donate/ 

 

Fonte: Público.pt 

 

Jorge Soares

publicado às 23:21


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria a 21.07.2011 às 10:48

Ontem via as notícias, as imagens e fiquei de coração partido. Mas tenho sérias dúvidas em relaçaõ a estas entidades que aqui deixaste. Já ouvi vários testemunhos, inclusive de pessoas que já colaboraram com elas, que os donativos não servem para ajudar estas pessoas directamente mas sim para pagar a pesada máquina logistica das entidades em questão, tornando assim os nossos donativos como uma forma de manter estas entidades que depois, na prática, fornecem muito pouca ajuda a quem precisa...

Mas eu queria ajudar...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.07.2011 às 10:57

Tal como tu, também eu tenho muitas reservas com respeito a estas e outras entidades, há uns tempos li um artigo no El Pais em que se falava da forma como funcionam as ONGs que me deixou os cabelos em pé... ando para falar disso num post, mas não há muito mais que se possa fazer que apoiar uma destas instituições .... e olhar para o lado é dificil demais opara mim.

Jorge
Imagem de perfil

De sentaqui a 21.07.2011 às 23:28

Muitas vezes me interroguei quando via excedentes de produtos agrícolas a serem deitados para o lixo, como é que não encaminhavam estas coisas para países que passam tantas dificuldades; depois em conversa com outras pessoas vim a saber que o grande problema era custear o transporte e fazer chegar a regiões longínquas tudo o que era dado.
Hoje e apesar de se dizer que ajudas monetárias podem ser desviadas, prefiro fazê-lo e não quero pôr em causa a honestidade de quem está à frente destas acções, se o fizerem , temos pena.
Obrigada por colocares aqui estes endereços.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 22.07.2011 às 16:02

Jorge e Suspeita e Sentaaqui

Como vós também tenho dúvidas sobre quem e como se gere estes valores.
Mas quero e preciso acreditar que ainda há gente honesta e bem intencionada.

Isto para vos dizer que quando faço um donativo acredito que vai servir de préstimo a quem está carenciado.

Se assim não for?! - só mesmo indo até ao terreno, e como sabemos - isso é impossível!

Às vezes dou comigo a pensar: A natureza está a revoltar-se e de forma cada vez mais violenta.
Guerra;fome;miséria, catástrofes...

A vida não está mesmo fácil. Mas para muitos está a tornar-se impossível!!!


Sem imagem de perfil

De Ana Maria Mendes a 22.07.2011 às 08:17

Bom dia!

Posso divulgar o seu post? É um excelente guia para quem quer ajudar, e o tempo urge.

Cumprimentos,
Ana Maria Mendes
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 22.07.2011 às 08:33

Bom dia

É claro que pode e deve.

Obrigado e bom fim de semana
Jorge Soares

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D