Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os ricos não pagam a crise

Imagem do 5 dias

 

Antes de mais um esclarecimento, eu sou dos que acha que o pagamento de impostos é uma obrigação e um dever de todos, um dos principais motivos que nos levaram ao estado em que estamos é que existe uma enorme percentagem de gente que utiliza todos as formas possíveis e imaginadas para não pagar... sou portanto a favor da criação deste imposto aos mais ricos e de que se criem todos os mecanismos possíveis para que ninguém possa fugir aos seus deveres e obrigações com o estado.

 

Entretanto tenho seguido com alguma atenção toda esta história e confesso, de tanto ler e ouvir estou baralhado  e neste momento quando alguém fala em imposto aos mais ricos, não sei o que isso possa significar.

 

Se não vejamos: No ionline alguém diz que "Imposto sobre os 100 mais ricos de Portugal salvava subsídio de Natal", tentei perceber como chegam ao valor de 570 milhões de Euros, em vão... mas tenho sérias dúvidas sobre a realidade de tais números.

 

Em França, que é de onde se está a tentar seguir o exemplo, foi criado um imposto que pode ir até 3% do valor anual declarado de quem ganha mais de 500 mil Euros, no nosso país esta taxa iria afectar umas poucas dezenas de contribuintes e teria um beneficio para o estado de umas poucas dezenas de milhões de Euros, muito longe portanto das 5 centenas de milhões de que se fala acima.

 

Visto deste este ponto de vista, e tal como se diz nesta outra noticia do ionline, esta medida seria principalmente simbólica, o seu efeito real nas contas seria isso, simbólico, ainda que não deixe de ser da mais elementar justiça que quem pode pague mais que quem não pode, seja o detentor de fortuna trabalhador ou não.

 

Certo é que quanto mais leio e ouço, menos percebo o porquê de tanto alarido à volta de tudo isto, assim como não percebo porque continuam sem se taxar as mais valias financeiras e os lucros de capital.. isso sim medidas que fariam toda a diferença.... mas isto sou eu e a minha ignorância, se alguém souber do que realmente estamos a falar, faz favor de me explicar.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:57


31 comentários

Sem imagem de perfil

De Miguel a 26.08.2011 às 15:50

"não percebo porque continuam sem se taxar as mais valias financeiras e os lucros de capital"
Está enganado: http://www.maisvalias.com/2011/07/26/taxas-liberatorias-irs-2011-a-entregar-em-2012/
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:28

Obrigado pelo esclarecimento.. agora só faltam as transferências de fundos para off shores.

Sem imagem de perfil

De Aespumadosdias a 26.08.2011 às 16:01

Vem aí mais 1 tirada demagógica deste governo. Poucos são os ricos que declaram o que ganham anualmente. Se lhes fossem tirar 3% do património a história era outra.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 26.08.2011 às 16:54

...Está provado que vivemos num país " de faz de conta ", isto é, de ladrões e de corruptos; Basta ver a afirmação, esta semana, do sr. "trabalhador e não milionário, (!!???!!!) ", Amorim. É este o país que temos...Sim, é que se pode ser rico e ter dignidade!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:30

Concordo... o problema é que o património dos ricos nunca é deles...as empresas são propriedade de empresas que por sua vez são propriedade de empresas, de resto, tudo é propriedade de empresas e no fim vemos que os ricos não tem nada para além dos míseros salários que se pagam a si próprios
Sem imagem de perfil

De hugo a 26.08.2011 às 16:45

pois é mesmo isso, uma medida simbólica, que apenas serve para distrair o povo das causas e dos causadores da crise... não só por cá mas também lá fora.
Imagem de perfil

De Kok a 26.08.2011 às 18:04

Só cá vim para te confirmar: não contes comigo!
Já desisti de tentar perceber esses meandros fiscais,
apesar de contribuir regular e continuadamente para eles.

1 abraço!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:34

Nem contigo, nem com ninguém, passaram por cá umas 10000 pessoas em dois dias.... e respostas à minha questão...zero, pelos vistos ninguém sabe do que se anda a falar.... mas há muita gente com opinião

Abraço
Jorge
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.08.2011 às 18:12

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1128&did=170199

Como se pode pôr os ricos a pagar mais impostos?

As personalidades ouvidas pela Renascença dizem que sim, mas receiam os efeitos da medida. Pedem tacto político e uma reflexão sobre as consequências do aumento de impostos. Joe Berardo, que pode ser afectado pela medida, alerta para a fuga de capitais. "Se eles não querem que a gente continue a investir aqui, posso ir para outro país", diz.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.08.2011 às 23:51

Eu não concordo com a taxação extra para os ricos... Sou de acordo com impostos iguais para todos.

Concordo com o corte de despesas do estado, vivem à grande e a françesa à nossa custa.

E ja agora ponham os tais ditos pobres a trabalhar... isso de andar a beneficiar malandros so cria ilusoes... trabalho nao falta para quem quem quer efectivamente trabalhar. Beneficiem os desfavorecidos mas exijam algo em troca...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:37

Impostos iguais para todos é o que advogo também.. principalmente para toda a gente das profissões liberais que não passa recibo ...e para aqueles que insistem em não passara factura para não ter que pagar o IVA.

Jorge
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:35

O Berardo sabe-a toda... ele e os outros.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De Pedro a 26.08.2011 às 21:25

A continuar a pensar assim é que nunca se fará nada e os ricos continuarão ricos e mais ricos e a rir do zépovinho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.08.2011 às 22:16

Damn
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:38

Pedro... note-se que eu digo que é bom que todos paguem e que se criem mecanismos para que quem não o faz seja apanhado e penalizado.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Júlio Diniz a 26.08.2011 às 21:58

Jorge Soares disse, e muito bem, que cada vez menos entendia o que se anda a dizer sobre os impostos e não só. Concordo plenamente que quanto mais se fala menos se acerta E no final como ficamos?????????????????
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.08.2011 às 23:39

No final, e a julgar pelas respostas que não tive... anda meio mundo a falar não se sabe bem de quê.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De JJ a 26.08.2011 às 23:29

O problema não são mais impostos. O problema é o estado viver à rica à custa de uma economia pobre.
Porque com esta filosofia a seguir são precisos mais impostos.
A solução é o estado ajustar-se à economia que o suporta. E tem muito por onde cortar, ou nais simples ajustar.
jj
Imagem de perfil

De poetazarolho a 27.08.2011 às 00:12

“Brindemos”

Os mais ricos de Portugal
Não devem pagar coitados
Não fizeram nenhum mal
Porquê serem defraudados

Eles já são tão pouquinhos
Que devem é ser ajudados
Vamos fazer uns bolinhos
Uns lindos panos bordados

O óleo das bifanas já aquece
Croquetes e tinto pr’a esquecer
Petiscamos, ficamos eufóricos

Foi uma boa ideia a quermesse
Rifas a um euro estão a render
Sai um brinde aos mais ricos.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 27.08.2011 às 12:13

Eu percebo todo este alarido, visto que os "não-ricos" pedem mais justiça social e uma distribuição de esforços, mas sejamos claros, Portugal foi o unico pais da UE que subiu o IRS para os mais ricos na ultima decada atingindo valores claramente superiores aos dos 40%, depois existe taxação acima referidas e depois há o evidente riscos de fugas de capitais, ou seja, o dinheiro que existe em portugal, que ja tem uma grande fuga pelas pessoas de classe media e principalmente classe baixa ( sim, a importação de mais de 60% do que comemos vem do estrangeiro, e isso faz com que muito dinheiro saia de Portugal), isto faz com que o País fique mais pobre. (concordo que o dinheiro esta mal distribuido), Se querem tirar dinheiro aos ricos, criem turismo de luxo, promovam serviços requintados, restaurantes gourmet, publicitem o turismo em Portugal (ou pensam que o Monaco tem dinheiro porquê). O rico ate pode gastar mais dinheiro, desde que enche o bandulho.. Portugal tem potencial geografico e a nivel de preço para ser dos paises com melhor turismo a nivel mundial, mas normalmente temos o habito de dizer a toda a gente que o nosso pais nao é la grande coisa ( com o devido respeito e nao quero generalizar), até a nossa comunicaçao social diz que as coisas sao piores do que realmente são. É pena, gostaria de ver mais carros e pessoas estrangeiras a circular nas nossas cidades a fazer turismo ( ja que vejo todos os dias na faculdade onde estudo (FDUC, Direito, Coimbra)).
Para concluir, concordo que devem taxar os ricos, mas devem ter cuidado e pensar muito bem nisso, visto que nao temos uma economia tao grande como a frança para termos os ricos que eles tem. Obrigado

Comentar post


Pág. 1/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D