Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Discriminação e diferença

Imagem de aqui 

 

Desconfiou das saídas do filho à noite. Seguiu-o ontem de madrugada e quando o viu entrar num bar gay, no Porto, chamou as autoridades. Três horas depois, quis entregar o filho, com 15 anos, na esquadra da PSP de Valadares, acusando-o de ter más companhias. (Notícia do Jn)

 

Quando achamos que já vimos tudo, afinal,... é que nem sei bem o que dizer, que coisas como estas aconteçam no nosso país em pleno século XXI, diz muito sobre a forma como ainda nos falta evoluir como sociedade. Infelizmente este tipo de comportamentos tem por base a ignorância e o desconhecimento. Existem uma série de mentiras e estereótipos associados à diferença que as pessoas dão como verdades absolutas, como se só os heterossexuais merecessem respeito. Para eles o que é diferente, o que não segue os seus preceitos de "normalidade", não merece respeito.

 

Há muita gente que vive amarrada aos seus fantasmas, como se só elas fossem donas da verdade,  sem aceitar que existam pessoas que pensam, que agem, que vivem de forma diferente. E não é necessário ser homossexual para se ser vitima, porque esta realidade aplica-se a toda e qualquer diferença, se pensarmos bem, qualquer um de nós pode ser vitima de um destes comportamentos, porque afinal, o que é ser "normal"?

 

Quanto a mim este senhor devia ter sido preso por maltrato ao filho e tentativa de abandono, como dizia alguém hoje no Facebook: "era bom que a noticia terminasse com: "...e polícia, após o sucedido, entregou pai na instituição de ajuda mental mais perto, sendo que até ao momento não se perspectiva a saida do mesmo nos próximos anos."

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35


265 comentários

Sem imagem de perfil

De xana a 10.09.2011 às 00:13

Estas situações, eu não entendo e não consigo encontrar no meu discernimento alguma forma razoável para comentar e dizer o que me passa pela cabeça. Receio que nem nos próximos 50/60 anos a situação vá mudar. A diferença, sempre foi encarada como algo anormal, se é que o conceito de anormal possa ser aplicado ao que quer seja, porque o próprio conceito de normal, de onde deriva o seu contrário, não é o mesmo para todos.
Esse homem demitiu-se do papel de pai e de educador.
Já falei mais do que aquilo que realmente entendo, pois não tenho filhos, e não sou educadora, e quem está de fora, geralmente não opina grande coisa, como tal é melhor ficar mesmo por aqui.
Bom fim de semana, bjks
Sem imagem de perfil

De xana a 10.09.2011 às 00:15

Receio que nem nos próximos 50/60 anos a situação
[Error: Irreparable invalid markup ('<b<não</b>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Receio que nem nos próximos 50/60 anos a situação <b<não</b> vá mudar!<img src="//blogs.sapo.pt/images/mood/EMOTICON_BARF.png">
Sem imagem de perfil

De xana a 10.09.2011 às 00:17

Receio que nem nos próximos 50/60 anos a situação não vá mudar.

espero que já esteja correcto...
Sem imagem de perfil

De João a 12.09.2011 às 21:51

A primeira forma é a correcta.
Quanto à questão em si, não acho que o homem se tenha demitido de coisa alguma, simplesmente resolveu agir de acordo com aquilo em que acredita: a homossexualidade é de facto uma anormalidade, por mais que tentem mascarar a verdade. Até porque anormal é tudo o que sai da norma, tudo o não está dentro do âmbito da maioria...
Não tenho nada contra o referido distúrbio, mas acho incorrecto que os media tentem passar a ideia de que ser anormal é que é bom...
Sem imagem de perfil

De Nuno a 23.02.2012 às 13:59

Aconselho-o a tentar perceber o que significa "norma" para dizer que o que "sai à norma é anormal". As normas sao criadas pelo Homem. è uma regra! Uma lei. E ás vezes essas regras são mal criadas... tente perceber que na natureza, não só o homem tem comportamentos homossexuais... A orientação sexual é uma diferença nas características pessoais. Assim como eu tenho olhos verdes e a pessoa x tem olhos azuis! nada mais... Por isso... é preciso mudar a "norma"
Sem imagem de perfil

De Ana Gonçales a 30.08.2014 às 20:08

Aconselho-o a pensar o que faria no lugar desse pai. Deixe-se de falsos moralismoa porque a realidade é outra.
Sem imagem de perfil

De Francisco Coutinho a 21.07.2012 às 16:08

Caro João... Quando não sabemos, Com dados Concretos do que estamos a falar....as vezes é melhor guardar a nossa opinião e certezas ..só para nós...não vá haver toda uma análize Mundial e feita por peritos, estudiosos e entendidos , de facto... que pura e simplesmente tornem as nossas afirmações como uma Clara demonstração de Incultura e Limitação de sensatez...

Não o imagino como "perito" capaz de Opinar contra o que são hoje...todos os resultados e Caracterizações feitos pelos Realmente entendidos na matéria..têm Obviamente MUITO mais peso nas afirmações e estudos..do que a mera opinião de ..quem não tem bases ou estudos para afirmar as asneiras que diz...como se um entendido fosse.

Aqui fica um conselho... http://pt.wikipedia.org/wiki/Homossexualidade

Leia...estude e Informe-se...para não fazer papel de "burro" a dizer as asneiras que disse.
Sem imagem de perfil

De ME a 11.09.2011 às 21:13

Já disse tudo: "...Já falei mais do que aquilo que realmente entendo, pois não tenho filhos, ...".
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2011 às 22:25

Mas eu tenho.. e não consigo entender o comportamento de pais como estes, a orientação sexual faz parte da personalidade de cada um e deve ser respeitada por todos, a começar pela família.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De jota a 11.09.2011 às 23:17

Gostava de ver se este fosse o seu caso.
Imagem de perfil

De vinaromao a 12.09.2011 às 11:51

tenho um casal de filhos. uma casada, um solteiro, com namorada. Se eu descobrise que o meu filho com 15 anos, idade que já ultrapassaram largamente, é gay ou pensa que é, de certeza que a 1º coisa que fazia, nesta situação era ir com ele a quem percebe dessas coisas de orientação sexual e perceber se de facto é mesmo, ou se é só uma experiencia propria da idade. Se for gay, não deixa de ser meu filho . Eu banir um filho ou filha porque é diferente? nem morta..embora concorde que nem sempre é fácil, nesta sociedade de faz de conta, de muitas mentiras e de mentalidades que se não evoluem como pessoas, como podem compreender o Mundo, seja humano, seja irracional que já tem estas diferenças á milhares de anos? não é novidade, não nasceu agora. O MUNDO È ASSIM.a NATUREZA TEM TUDO ISTO... E MUITO MAIS.. ..
Sem imagem de perfil

De PS a 12.09.2011 às 16:34

eu sou mãe de 2 meninos, ainda mto pequeninos,e nao sei o dia de amanha, apenas sei que temos de amar os nossos filhos independentemente da sua orientaçao sexual, das suas crenças, das suas ideloogias.... SÓ TEMOS DE OS AMAR...... MUITO
Sem imagem de perfil

De ME a 12.09.2011 às 14:07

Mas deve ser um desgosto inimaginável para os pais.
Como diz o outro: "Quem está dentro do convento é que sabe o que vai lá dentro."
Mesmo que certos pais digam que aceitam, penso que nunca se recomprorão do desgosto que sofrem.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 23.02.2012 às 14:02

Só podem sofrer por 2 motivos: ou vêm os filhos a sofrer com isso porque são discriminados. E aí acho uma preocupação legitima. Devem fazer os possiveis para atenuar o sofrimentos deles...
ou...
Vêm os filhos como um adorno para ser mostrado à sociedade do tipo "o meu filho é médico"... "o meu filho tem a casa xpto"... " o meu filho é gay". e ai, por muito que se desiludam...Não tenho pena
Sem imagem de perfil

De Francisco Coutinho a 21.07.2012 às 16:17

Mas ...por isso mesmo...cada vez se vê menos gente dentro dos conventos... Ou não repararam que a credibilidade das "patacoadas" que se dizem e pensam por lá...já pouco ou nada tem a Ver com aquilo que ERA e queria Jesus Cristo ?
AMOR e RESPEITO , Ajuda e compaixão, amar o próximo e Não dizer Mal dele ou fazer Intriga e Juízos de atirar "pedras" e pôr o "criminoso" no muro.... que ele tanto condenava.

e as Igrejas...cada vez mais vazias....porque vazia é a sua Visão...e as pessoas são cada vez menos BURRAS !

Os Crentes na Igreja diminuem...mas quem AMA Jesus Cristo e o seu legado (e não de quem ditou postas-de-pescada em Nome D'Ele)...esses Crêem porque a sua forma de ser...era PURA...a da IGREJA esta apenas MUITO LONGE DISSO ...cada vez mais.
Sem imagem de perfil

De Silvio Albuquerque a 12.09.2011 às 17:26

É preciso não analisar a situação apenas pelo lado do respeito à diferença. A grande verdade, e é disso que todos nos lembramos em primeiro lugar, é "se fosse meu filho". Vamos lá ser sinceros e deixar um pouco de lado essa defesa exagerada da pessoa enquanto homossexual. Merece o nosso respeito, sim senhor... mas vá lá ser homossexual para outro lado! Isto é que não vejo ninguém escrever nem, sequer, o facto de ser um desgosto enorme para qualquer Pai ou Mãe, ou, pelo menos, para a esmagadora maioria, ter um filho com essa... bem, diferença. Imagino o meu casado com uma mulher, de quem terá filhos (eu, claro está, um Avô babado) a sua casa, a sua família... MAS se tiver essa infelicidade, com certeza que não o entrego à policia. Isso nem está em causa.
Sem imagem de perfil

De Pela verdade e transparencia a 12.09.2011 às 20:38

Caro Jorge, você disse: "Quando achamos que já vimos tudo, afinal,... é que nem sei bem o que dizer, que coisas como estas aconteçam no nosso país em pleno século XXI, diz muito sobre a forma como ainda nos falta evoluir como sociedade." Pois você não viu ainda nada mas poderá também não querer ver! Se for uma pessoa de bom senso e coerente (hoje um dia é raro pois este é o país da hipocrisia e da falta de valores) deve se interessar por esta que é bem mais grave do que o caso que refere aqui, até porque o exemplo deve vir de cima.
Vou falar num caso de violação de direitos humanos pelo Estado, pode parecer ficção mas é realidade, não duvide! "Filho detido, acusado de invasão do domicilio do Pai e julgado por visitar o pai doente e acamado na propriedade e residência do Pai." Isto ainda não é tudo mas como vê não há comparação possível, alguém tinha conhecimento disto??? Duvido pois a mesma comunicação social que por vezes divulga noticias da treta, abafa as graves para iludir e esconder a verdade das pessoas, ou seja alguma comunicação social não é isenta e é controlada. Mais de 30 anos após o 25 de Abril a situação ainda é esta. Mas em relação a isto mais uma vez o que espero é o silencio de desprezo e cumplicidade de muitos.
Neste país conseguem ver um rato mas não um elefante! Ou melhor não querem ver.
Vou dizer uma frase para refletirem de um excelente artigo que foi considerado demolidor; "Os portugueses, na sua infinita e pacata desordem existencial, acham tudo "normal" e encolhem os ombros". O que não é normal neste país???
Sem imagem de perfil

De Oliveira a 12.09.2011 às 23:23

Aceitar Homosexualidade é sinónimo de evolução? pode-se dizer sinónimo de diferença, agora de evolução? não me parece!
Sem imagem de perfil

De Nuno a 23.02.2012 às 14:05

Quando se olha para UM PASSADO que NUNCA aceitou, é sinonimo de evolução. Não ha muitos anos os homossexuais eram assassinados; enviados para campos de concentração; submetidos a terapias de choques eletricos; espancados... ainda hoje ha homossexuais que se suicidam e que sao assassinados. So quem esta por fora do assunto (e por isso deve abster-se de comentarios) é que nao percebe a importancia do COMEÇAR A ACEITAR...
Sem imagem de perfil

De Ideias e Baleias a 08.10.2015 às 13:23

Está a analisar o passado recente. Olhe para o passado anterior a esse passado e verifique que já fez parte da sociedade.
Sem imagem de perfil

De Ideias e Baleias a 08.10.2015 às 13:24

Respondi a um comentário antigo, mas fica para quem ler este post mais recentemente.
Sem imagem de perfil

De Sergio Tomazzo a 13.09.2011 às 00:29

ISto só em POrtugal... não tem nada a ver se o puto é paneleiro ou não, mas voces acham bem um puto de 15 anos andar em noitadas em bares? E sabe-se lá o que os gays adultos nesses bares tentam fazer com ele.
Falam muito mal da amérika mas lá ao menos ainda há um bocado de moral, em Portugal uma pita ou puto de 12 15 anos se for trabalhar é crime, mas andar a embebedar-se, drogar-se ou no pimba pimba aliciada por adultos não faz mal.
Basta só olhar para a televisão, na tv cabo programas para adultos como Tue Blood ou Californacation passam em horario que qualquer criança pode ver, ou até mesmo programas como morangos com açucar ve-se cenas que se fosse na amérika num programa juvenil faziam logo quem mete aquilo no ar ser demetido.
Sem imagem de perfil

De Zé Pagode a 12.03.2015 às 15:08

Nunca foste aos EUA, pois não? Nota-se...
Sem imagem de perfil

De António Francisco a 13.12.2011 às 16:50

Já pensou na angústia dete pai ao deparar-se com a anomalia humana, sim porque, como ser humano e racional, ele terá recebido educação um pouco mais rígida e diferente da actual, em que os seres humanos foram criados para se reproduzirem e preservar a espécie, e o seu filho degenerou. Quer condenar este pai? Faça-o e viva com a sua consciência, tranquila ou inversa.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D