Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Discriminação e diferença

Imagem de aqui 

 

Desconfiou das saídas do filho à noite. Seguiu-o ontem de madrugada e quando o viu entrar num bar gay, no Porto, chamou as autoridades. Três horas depois, quis entregar o filho, com 15 anos, na esquadra da PSP de Valadares, acusando-o de ter más companhias. (Notícia do Jn)

 

Quando achamos que já vimos tudo, afinal,... é que nem sei bem o que dizer, que coisas como estas aconteçam no nosso país em pleno século XXI, diz muito sobre a forma como ainda nos falta evoluir como sociedade. Infelizmente este tipo de comportamentos tem por base a ignorância e o desconhecimento. Existem uma série de mentiras e estereótipos associados à diferença que as pessoas dão como verdades absolutas, como se só os heterossexuais merecessem respeito. Para eles o que é diferente, o que não segue os seus preceitos de "normalidade", não merece respeito.

 

Há muita gente que vive amarrada aos seus fantasmas, como se só elas fossem donas da verdade,  sem aceitar que existam pessoas que pensam, que agem, que vivem de forma diferente. E não é necessário ser homossexual para se ser vitima, porque esta realidade aplica-se a toda e qualquer diferença, se pensarmos bem, qualquer um de nós pode ser vitima de um destes comportamentos, porque afinal, o que é ser "normal"?

 

Quanto a mim este senhor devia ter sido preso por maltrato ao filho e tentativa de abandono, como dizia alguém hoje no Facebook: "era bom que a noticia terminasse com: "...e polícia, após o sucedido, entregou pai na instituição de ajuda mental mais perto, sendo que até ao momento não se perspectiva a saida do mesmo nos próximos anos."

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:35


265 comentários

Sem imagem de perfil

De ME a 11.09.2011 às 21:13

Já disse tudo: "...Já falei mais do que aquilo que realmente entendo, pois não tenho filhos, ...".
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2011 às 22:25

Mas eu tenho.. e não consigo entender o comportamento de pais como estes, a orientação sexual faz parte da personalidade de cada um e deve ser respeitada por todos, a começar pela família.

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De jota a 11.09.2011 às 23:17

Gostava de ver se este fosse o seu caso.
Imagem de perfil

De vinaromao a 12.09.2011 às 11:51

tenho um casal de filhos. uma casada, um solteiro, com namorada. Se eu descobrise que o meu filho com 15 anos, idade que já ultrapassaram largamente, é gay ou pensa que é, de certeza que a 1º coisa que fazia, nesta situação era ir com ele a quem percebe dessas coisas de orientação sexual e perceber se de facto é mesmo, ou se é só uma experiencia propria da idade. Se for gay, não deixa de ser meu filho . Eu banir um filho ou filha porque é diferente? nem morta..embora concorde que nem sempre é fácil, nesta sociedade de faz de conta, de muitas mentiras e de mentalidades que se não evoluem como pessoas, como podem compreender o Mundo, seja humano, seja irracional que já tem estas diferenças á milhares de anos? não é novidade, não nasceu agora. O MUNDO È ASSIM.a NATUREZA TEM TUDO ISTO... E MUITO MAIS.. ..
Sem imagem de perfil

De PS a 12.09.2011 às 16:34

eu sou mãe de 2 meninos, ainda mto pequeninos,e nao sei o dia de amanha, apenas sei que temos de amar os nossos filhos independentemente da sua orientaçao sexual, das suas crenças, das suas ideloogias.... SÓ TEMOS DE OS AMAR...... MUITO
Sem imagem de perfil

De ME a 12.09.2011 às 14:07

Mas deve ser um desgosto inimaginável para os pais.
Como diz o outro: "Quem está dentro do convento é que sabe o que vai lá dentro."
Mesmo que certos pais digam que aceitam, penso que nunca se recomprorão do desgosto que sofrem.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 23.02.2012 às 14:02

Só podem sofrer por 2 motivos: ou vêm os filhos a sofrer com isso porque são discriminados. E aí acho uma preocupação legitima. Devem fazer os possiveis para atenuar o sofrimentos deles...
ou...
Vêm os filhos como um adorno para ser mostrado à sociedade do tipo "o meu filho é médico"... "o meu filho tem a casa xpto"... " o meu filho é gay". e ai, por muito que se desiludam...Não tenho pena
Sem imagem de perfil

De Francisco Coutinho a 21.07.2012 às 16:17

Mas ...por isso mesmo...cada vez se vê menos gente dentro dos conventos... Ou não repararam que a credibilidade das "patacoadas" que se dizem e pensam por lá...já pouco ou nada tem a Ver com aquilo que ERA e queria Jesus Cristo ?
AMOR e RESPEITO , Ajuda e compaixão, amar o próximo e Não dizer Mal dele ou fazer Intriga e Juízos de atirar "pedras" e pôr o "criminoso" no muro.... que ele tanto condenava.

e as Igrejas...cada vez mais vazias....porque vazia é a sua Visão...e as pessoas são cada vez menos BURRAS !

Os Crentes na Igreja diminuem...mas quem AMA Jesus Cristo e o seu legado (e não de quem ditou postas-de-pescada em Nome D'Ele)...esses Crêem porque a sua forma de ser...era PURA...a da IGREJA esta apenas MUITO LONGE DISSO ...cada vez mais.
Sem imagem de perfil

De Silvio Albuquerque a 12.09.2011 às 17:26

É preciso não analisar a situação apenas pelo lado do respeito à diferença. A grande verdade, e é disso que todos nos lembramos em primeiro lugar, é "se fosse meu filho". Vamos lá ser sinceros e deixar um pouco de lado essa defesa exagerada da pessoa enquanto homossexual. Merece o nosso respeito, sim senhor... mas vá lá ser homossexual para outro lado! Isto é que não vejo ninguém escrever nem, sequer, o facto de ser um desgosto enorme para qualquer Pai ou Mãe, ou, pelo menos, para a esmagadora maioria, ter um filho com essa... bem, diferença. Imagino o meu casado com uma mulher, de quem terá filhos (eu, claro está, um Avô babado) a sua casa, a sua família... MAS se tiver essa infelicidade, com certeza que não o entrego à policia. Isso nem está em causa.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D