Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para que serviram os Magalhães da e-escolinha?

por Jorge Soares, em 19.09.11

Para que serviram os Magalhães da e-escolinha?

Imagem de aqui

 

Foi noticia a semana passada, o ministério da educação suspendeu o programa de e-escolinhas e a inscrição para a entrega de mais Magalhães às crianças.

 

Não é novidade para ninguém que sempre fui contra este programa na forma em que ele foi implementado, estive a contar e se incluirmos aqueles em que falo sobre a (não) garantia dos pequenos computadores, são 6 os posts que escrevi sobre o assunto desde 2008 até agora.

 

Dos dois computadores que chegaram cá a casa há muito que não há noticias,  ambos avariaram e como a garantia pouco mais cobre que os discos, foram arrumados e esquecidos.

 

Quanto à sua utilização, um raramente chegou a ir para a escola, entre a falta de condições da sala de aulas e da escola e a falta de vontade e empenhamento da professora, nunca serviu para o propósito que foi pensado, para pouco mais foi utilizado que para o famoso jogo do pinguim. Cheguei a questionar a professora numa das reunião de fim de período, a senhora respondeu-me que ainda estava à espera que lhe entregassem o dela e sem ele não sabia o que dizer aos alunos... esclarecedor.

 

A R, tinha uma professora muito mais dinâmica, que ignorava a falta de condições da sala e da mesma escola e conseguiu aproveitar bastante.

 

Passado todo este tempo, continuo a achar que todo o programa foi um equivoco na forma em que foi pensado e realizado, para a maioria das crianças não passou de mais um brinquedo e o aproveitamento foi nulo. Por outro lado, a famosa robustez do portátil que fez Hugo Chavez atirar um para o chão e garantir que continuaria a funcionar, nunca passou de um mito, tudo era muito frágil e nada estava na garantia.

 

Li algures um apelo de uma professora (não consegui encontrar o blog, mas vou continuara  procurar) para que os computadores em lugar de serem entregues às crianças fossem entregues às escolas... se calhar seria uma boa ideia e uma forma de garantir a sua utilização. Resta saber que percentagem dos professores tem a sensibilidade e sobretudo a vontade de os utilizarem como ferramenta de apoio às aulas, a julgar pelo que vi nos últimos 3 anos nas escolas onde andaram os meus filhos, as condições são poucas ou inexistentes nas salas de aula e a vontade  de muitos professores será ainda menos.

 

Acredito que exista uma pequena percentagem de crianças para quem esta tenha sido a única forma de terem acesso a um computador, para esses fará todo o sentido uma reavaliação do programa, dos restantes a grande maioria tem acesso a computadores a sério em casa e o dinheiro do Magalhães é claramente dinheiro deitado ao lixo.

 

A parte do estado de todo o programa terá andado perto dos 500 milhões de Euros, sendo que neste momento há uma dívida de 65 milhões às operadoras, quantos dos Magalhães que foram entregues continuam a funcionar? Quantos serviram para o fim para que foram pensados?, quanto dos 500 milhões é dinheiro deitado ao lixo?

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Sara a 19.09.2011 às 23:04

Foi uma simples manobra de diversão politica! Nada mais.
Sem imagem de perfil

De Maria Cruz a 11.05.2013 às 17:02

O post que e uma opiniao de quem nao teve acesso aos magalhaes. Falo de experiencia propria, o computador magalhaes e uma mais valua para as criancas senao vejamos: Eu sou do tempo do datarcao e a minga infancia acabou com o mitico Dragon ball z. Na altura as criancas tinham tempo livre e espaco infantil na tv livre.
Nos dias de hoje: espaco infantil na tv livre so e educativo no canal que grande oarte diz ser nulo, rtp2;
Os canais de cabo, tirando o baby tv, os canais infantis sao na sua maioia com desenhos violentos e muitos deles de conteudo de cariz maiores de 18;
Os miudos assim so lhes sobra o compurador e internet, que muitosdospais nem se dao ao trabalho de controlar o conteudo do que os filhos navegam!
O magalhaes tenho ha mais de 3 anos, tem conteudo bastante didatico, facil compreensao e acessivel para qualquer crianca (o mais novo com 3 anos ja fazia os jogos educativos);
Quanto a intrnet tem o software de controlo parental que limita a navegacao de certos conteudos da internet.
Em suma, este post e uma opiniao de quem nunca teve o magalhaes.
Existem aqui comentarios de quem nunca teve o mgalhaes e por isso tem outras explicacoes para esta inovacao no ensino.
Fica aqui o meu comentario, de quem tem um magalhaes e considera esta medida do governo util no desenolvimento e inivacao da educacao em Portugal.
Sem imagem de perfil

De Maria Cruz a 11.05.2013 às 17:04

Peco desculpa pelos erros de algumas palavras mas foi da insercao em dispositivo movel.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D