Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As crianças, o Facebook e as redes sociais

por Jorge Soares, em 21.09.11

As crianças e o Facebook e as redes sociais

Imagem de aqui

 

Hoje a R. foi parar ao google+, como era a primeira vez que entrava no site, começou a responder às questões do google para o preenchimento do perfil, contrariando o que já muitas vezes lhe tinhamos dito, nunca se dá dados reais na internet, colocou a data de nascimento verdadeira, como tem menos de 13 anos de imediato o google a deitou para fora e bloqueou todos os acessos à plataforma, incluindo a conta de mail, do picasa, o igoogle, tudo. De um momento para o outro virou mais uma info excluída.

 

Não sei, também não me dei ao trabalho de averiguar, de onde sai esta norma de que as crianças devem ter 13 anos para poderem ter Facebook ou email no google, porquê 13?, porquê não 12?, ou 14?. Os meus dois mais velhos tem Facebook, assim como a maioria dos seus colegas na escola. A R. tem conta no gmail desde que tinha 7 ou 8 anos, criamos a conta quando começou a navegar pela internet e havia sites infantis onde era necessário um email para a inscrição.

 

Por mais que me tentem explicar, eu não consigo ver onde está o mal em que as crianças tenham Facebook, acho mal sim, que tenham sem que os pais supervisionem, mas isso é válido para o facebook, o email, o messenger, até para o telemóvel. A nossa sociedade evolui de uma forma que dificilmente conseguimos controlar, as redes sociais fazem parte dela e ou olhamos para elas como uma oportunidade da que podemos tirar vantagens e experiências de vida ou corremos o risco de perder o comboio e ficar perdidos algures num apeadeiro no meio do nada.

 

Evidentemente das redes sociais não vem só coisas boas, tal como de tudo o resto na vida, incluindo a escola, mas se não somos capazes de controlar o que os nossos filhos fazem no Facebook, como pretendemos conseguir controlar o que fazem na rua?, ou na escola? Faz parte do nosso papel de pais sermos capazes de formar e orientar...e já todos sabemos que o fruto proibido é sempre o mais apetecido... se não há facebook em casa, haverá de certeza na escola, ou no telemóvel, ou na casa do amigo...  

 

Existem milhares e milhares de crianças com menos de 13 anos com contas nas redes sociais,  se calhar não era má ideia que Facebook e Google mudassem da politica do finjo que não sei, para uma politica em que os pais se vissem obrigatóriamente involucrados na criação e controlo das contas.. era muito mais lógico e muito mais educativo.

 

Quando cheguei a casa ao fim do dia tratei de desbloquear a conta do google da R. como?, disse que era minha... e não deixa de ser verdade, porque fui eu que a criei, e sou eu quem  a desbloqueia e coloca novas passwords quando a despassarada as esquece.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Sandra Cunha a 21.09.2011 às 23:26

Parece que estava a ter um dejá-vu . Aqui em casa aconteceu exactamente o mesmo :)

E por acaso hoje a Vanessa lembrou-se que já podia ter Google +. Fez ontem 13 anos :)

Tem Facebook também e já fez uma ou outra asneira (também contrariando tudo o que lhe tínhamos dito), mas é isso. Não vale a pena proibir, até porque da Internet e nomeadamente das redes sociais podem vir coisas más mas também coisas boas.

Nós vamos vigiando e orientando e aconselhando até, provavelmente ela ter uma idade em que já conseguirá fugir ao nosso 'controle'. Esperemos que nessa altura já esteja munida de armas suficientes, capacidade de discernimento e sensatez que a permitam defender-se sozinha dos perigos da net .

Mais não podemos fazer. Não os podemos colocar numa redoma de vidro. Isso seria castrá-los completamente da vida.

Beijos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 26.09.2011 às 22:50

Olá Sandra, nem mais, temos que os deixar viver por eles.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Nuno Costa a 27.02.2012 às 21:20

Caro Sr,

Infelizmente e com muita insatisfacao que oico adultos a indicar que nao tem problema uma crianca usar plataformas de adultos.

Lembre-se que mesmo supervisionados, o conteudo de publicidade indicado no facebook e dirigido a comunidades adultas, agora veja quantas criancas no mundo, leiem anuncios com conteudo adulto porque mentem a idade.

Uma crianca deve brincar e estudar como uma crianca , nao para usar uma plataforma que contem de tudo um pouco que o mundo tem para oferecer. existem muitos outros exemplos que poderia deixar aqui mas nao vai valer a pena...

lembre-se pelo simples facto de uma crianca estar a ser supervisionada, nao deixa de absorver e interrogar no seu subconsciente o que a rodeia, a internet e uma ferramente desastrosamente perigosa para criancas .

Abracos
Nuno Costa
Sem imagem de perfil

De SJ a 19.01.2013 às 23:58

Fico triste em saber que existem pais que pensam que é normal os filhos terem facebook, enfim... Chocante. Eu não tenho filhos, tenho 22 anos... e digo que o facebook só traz aspectos negativos, principalmente para crianças!
As crianças deveriam apenas ter acesso ao computador para trabalhos de escola porque é importante e para jogos infantis mas sempre com a supervisão dos pais! Mas é claro que existem pais que dizem que supervisionam mas depois acontece o que se vê... basta um descuido... Voces partilham e postam fotos no facebook dos vossos filhos e apartir daí essa foto nunca mais é recuperada! Qualquer pessoa pode guarda-las e captar toda a informação e neste momento existem grandes grupos de pedófilos no facebook que querem é disso... perfis de crianças... o seu filho pode não adicionar ninguém pelo facebook mas pode aderir a uma pagina muito bonita infantil do facebook cm todas as cores e bonekinhos e pertencer a uma rede de pedófilos, só para conseguir entrar no perfil do vosso filho! E isto sao fatos REAIS que ja aconteceram a muitas crianças e é lamentavel! O seu filho tem tempo para essas coisas! deixe ela ser CRIANÇA! SE QUISER vá ate ao google e pesquise AMANDA TODD, veja a historia desta menina que começou a ter acesso ao facebook e ao msn aos 12 anos... e suicidou-se aos 15 em Outubro de 2012.... E VEJA PORQUÊ ELA FEZ ISSO.....

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D