Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E o bullying volta a atacar, morreu o Rafael

por Jorge Soares, em 24.10.11

Bullying infantil

Imagem de aqui

 

A noticia é do Correio da manhã, na versão online não merece mais que umas poucas palavras, as mesmas que são repetidas por um outro jornal online e diz o seguinte:

 

"Um menino de 10 anos era gozado na escola por causa das orelhas grandes e pôs termo à vida." 

 

Ontem a Teresa no Energia a mais esclarecia um pouco mais:

 

"...tinha dez anos, andava no quinto ano

 e para além de todas estas coincidências com o meu filhote, partilhava ainda a patologia - sofria também de PHDA....e dos «inevitáveis» problemas na escola....

 que ninguém soube resolver, que ninguém conseguiu contornar!"

 

Foi há pouco mais de um ano que todos ouvimos falar do Leandro, o menino de Mirandela que farto de ser gozado e agredido pelos colegas, um dia saiu da escola e deitou-se ao rio.

 

Ontem foi o Leandro, hoje foi o Rafael, amanhã pode ser um dos meus filhos, ou os filhos de outra pessoa qualquer e a sensação com que fico é que nada muda, não há responsabilidades, não há culpa, não há culpados.

 

A semana passada o meu filho que anda no quinto ano na Secundária do Bocage, o ciclo de Setúbal, contava que a meio do dia um grupo de adolescentes entrou na escola munido de paus e correntes com o intuito de agredir um dos alunos, passeou-se alegremente até que o encontrou e espancou de tal forma que teve que ser levado para o hospital.

 

Como é que um grupo de estranhos consegue entrar numa escola pública e agredir um aluno?, fácil, pela porta principal, a mesma por onde depois saíram.

 

Nós entregámos os nossos filhos na escola todos os dias, eles passam lá a maior parte do dia, mas na realidade estão entregues a quem? está a escola obrigada a cuidar da sua segurança e bem estar enquanto eles lá estão?, há alguém que seja responsável e a quem pedir contas pelas coisas que lá se passam? É a escola responsável por garantir a segurança dos nossos filhos? Alguém me sabe responder? Quantas crianças tem de morrer para que alguém encontre respostas para todas estas perguntas?

 

Este é o estado actual do nosso sistema educativo, em tempos havia algo chamado escola segura, não sei se efectivamente servia para algo, mas a verdade é que pelo menos víamos os carros parados na porta da escola. Há dois anos que vou buscar os meus filhos à porta da Bocage, não me lembro de por lá ter visto um policia.

 

Toda esta situação é deveras preocupante, porque a ideia que fica é que existe uma total impunidade por parte dos agressores e uma total desresponsabilização  por parte dos conselhos directivos das escolas e associações de pais..... desculpem lá, mas isto é assustador.

 

Update: Depois do comentário da DH investiguei melhor, o espancamento com paus e correias em Setúbal não foi dentro da escola, foi na porta da escola... não é muito diferente, porque se existisse vigilância nessa porta isto não acontecia...

 

Jorge Soares

publicado às 22:40


1 comentário

Sem imagem de perfil

De DH a 25.10.2011 às 15:26

Olá Jorge.
O que se passou com um aluno da escola do N., que por acaso também é onde anda a M., foi no exterior da escola, pelo menos é essa versão que eu conheço por parte da associação de pais da escola.
Nessa mesma semana outro aluno de uma escola de Setúbal (a Sebastião da Gama) foi parar ao hospital muito mal tratado, creio que foi notícia na TVI (mas eu não vi).
Sim, é no mínimo assustador.
Beijinhos
Dulce

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D