Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quanto vale a vida de uma criança?

por Jorge Soares, em 29.11.11

Quanto vale a vida de uma criança?Imagem do Público 

 

"....para fazer transplantes de fígados em crianças, algo que não se faz em Portugal desde Julho. Desde aí, que os mais pequenos são encaminhados para Madrid. O Governo anúnciou que o país voltará a ter uma solução para estes casos em breve." 

 

O Governo anúnciou?... anúnciou para quando?, quantas crianças terão de morrer para que o anúncio se torne realidade, ou para que seja disponibilizado o dinheiro para tal seja possivel?

 

Infelizmente o anúncio não vai servir de muito à família do Tiago, a criança de dois anos que morreu em Madrid enquanto estava na lista de espera do hospital espanhol para onde foi encaminhado, o que vai dizer o governo à família desta criança?, que era para breve?

 

Desde Julho quem não se fazem transplantes hepáticos pediátricos em Portugal, na altura o assunto foi notícia, e ninguém ouviu nenhum anúncio do governo, foi preciso que morresse uma criança para que alguém pensasse no assunto e para que se façam promessas? Quantas vidas de crianças serão necessárias para que o anúncio se torne realidade? Desde Julho até agora não foi tempo suficiente para se pensar e implementar a solução? e que tal arranjar dinheiro para que em Coimbra as coisas voltem a funcionar e se voltem a salvar vidas?

 

O centro de transplantes de Coimbra encerrou porque não estavam asseguradas as condições para que funcionasse como deve ser, quanto vale a vida de uma criança? Quanto vale a vida do Tiago, quanto valem para o estado a saúde e as vidas dos nossos filhos?

 

Noticia da RTP sobre a morte do Tiago:

 

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris a 29.11.2011 às 23:28

Pelos vistos menos do que um Audi A7... Acho que isto resume a coisa.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:42

Ora, pelos vistos agora a vida resume-se a números, ao número de milhões disponíveis.... sendo que para algumas coisas á sempre, para outras, entre as quais salvar vidas, parece que não há.

Jorge
Imagem de perfil

De energia-a-mais a 30.11.2011 às 11:16

é uma notícia revoltante. Inconcebível que apenas exista um cirurgião pediátrico habilitado a fazer estas intervenções...como se pode estar dependente de um único médico?! isto, depois de ouvir um governante dizer que o estado social é um sucesso e que é para manter?! é a isto que o tal Gaspar chama «estado social» de sucesso?
Nada disto vale à família do Tiago é verdade...mas para que a história não se repita, é urgente mudar de atitude neste país

Teresa
Imagem de perfil

De golimix a 30.11.2011 às 13:01

Eu não conheço nenhum estado social de sucesso, aqui em Portugal, e quem conhecer que me diga e me mostre como funciona esse tal sucesso!
Infelizmente a "coisa" não é como o Sr. Ministro a pinta! Só funciona para um lado, os lados da banda de S.Bento e mesmo aí é muito selectivo, esse tal sucesso!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.12.2011 às 13:09

Infelizmente os nossos governantes são especialistas em pintar um país fantástico que só eles conhecem ... nós é que temos que viver com a realidade.

Jorge
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:44

Muito mais inconcebível é que esse único cirurgião deixe de trabalhar porque não há dinheiro para salvar vidas .

Sucesso, para os nossos políticos sucesso é terem poder... o que fazem depois com esse poder não interessa a ninguém.

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 30.11.2011 às 13:06

Jorge, esse assunto é algo que mexe cá dentro, nas entranhas! Porque brincar com a vida de crianças é cruel demais para existir num local que se diz civilizado!
Às vezes tenho a sensação que quando os Senhores ministros e demais demagogos, deitam faladura não vivem no mesmo País que eu e algumas pessoas vivem! Acho que eles, os tais distintos Senhores, vivem numa realidade paralela, porque a do lado de cá está difícil de suportar!!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:44

Mexe contigo e mexe comigo.. este é o tipo de coisas que me tira do sério .. porque é da vida dos nossos filhos que se fala.

Jorge
Imagem de perfil

De Sofia a 30.11.2011 às 14:18

É mau demais...mau demais para deixar que brinquem com a saúde e a vida das pessoas.
Será que os "Senhores Grandes" do nosso país não têm coração para permitir que algo assim aconteça?! Tenho a certeza de que se fosse na família deles mudavam de atitude...ou talvez não, como têm os bolsos recheados nunca ficariam numa lista de espera...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:49

Olá Sofia.. é mesmo mau demais.. e o pior é que mal se apaguem os ecos desta morte, ninguém se volta a lembrar disto nem a fazer nada.. até à próxima morte.

Jorge
Imagem de perfil

De Rosinda a 30.11.2011 às 14:20

Demasiado triste... revoltante.
Rosinda
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:49

Olá Rosinda, é mesmo
Sem imagem de perfil

De Maria a 30.11.2011 às 14:22

Para haver dinheiro para tapar o buraco do BPN e permitir que muitos senhores continuem a levar as suas vidas de luxo, o estado corta no acessório. A vida de uma criança do povo é acessório. Não tem valor. Chocante? Sim. Revoltante? Ainda mais. Mas é a realidade que temos. Foram os políticos que elegemos ao longo de anos que levaram a este tipo de poíticas e de respeito para com os cidadãos... Como eu digo, isto só lá vai com uma revolução...

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:50

Há sempre dinheiro para tudo.. o que não interessa.. pelos vistos neste país tudo é mais importante que salvar vidas.. é triste mesmo-

Jorge
Imagem de perfil

De Kok a 01.12.2011 às 15:52

Há situações em que me faltam as palavras mesmo sabendo que tenho imensas coisas para dizer.
Diz-se que um país conhece-se pela forma como trata os seus velhos, as suas crianças, os seus animais...
Com esta perspectiva então Portugal é uma lástima!

1 abraço!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.12.2011 às 00:50

Põe lástima nisso.

Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D