Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aborto, o meu sim serviu para quê?

por Jorge Soares, em 21.03.08

Sexta é dia de vídeo cá no blog, dia que foi instituído em parte porque à sexta costumo estar cansado demais para pensar num post , como estou de férias, até tinha alguns temas, estive quase a pegar na dica da Dona Aranha e escrever  um tratado sobre o orgasmo... mas ia ter que colocar uma bolinha vermelha no blog, também tenho uma receita de frango adiada desde há bastante tempo... enfim, hoje não faltavam temas. Por fim, decidi-me por uma coisa muito mais séria...e que até tem a ver com tudo isto.

 

Passou um ano sobre a adopção da nova lei do aborto, aquela que foi aprovada como consequência dos nossos "Sim". Hoje no Radio Clube havia um fórum sobre esse tema, e uma convidada (lamento, vinha a conduzir e não tomei nota do nome) que dizia que um ano depois, continua a haver aborto clandestino no nosso pais, e que um ano depois, continuam a haver mulheres neste pais que não sabem que existe uma lei que lhes permite abortar legalmente , e que há mulheres neste pais que quando querem abortar, continuam a dirigir-se aos vãos de escada, porque não sabem que se podem dirigir a um hospital e abortar em segurança.... COMO É POSSÍVEL ?

 

Dizia a senhora que diariamente há mulheres que ligam para a linha de apoio à mulher e que não sabem absolutamente nada sobre a nova lei do aborto nem donde se devem dirigir.... COMO É POSSÍVEL ?

 

Eu sempre fui pelo sim ao aborto porque entendia que a situação que vivíamos em Portugal era de uma hipocrisia extrema, porque todos os dias se faziam abortos em condições degradantes para as mulheres, porque morriam muitas mulheres em vãos de escada, porque independentemente da lei, todos os dias se faziam abortos neste pais e eu entendia que o facto de o aborto ser legal ia melhorar a situação.

 

Por favor, passou um ano, como é possível que existam mulheres que continuam a abortar clandestinamente?, como é possível que existam mulheres que não saibam que a lei entrou em vigor?, COMO É POSSÍVEL ?

 

É claro que é possível , é possível porque o verdadeiro problema deste pais está na desinformação, na deseducação , está em que os jovens chegam à idade adulta sem que ninguém lhes tenha falado seriamente sobre o assunto, porque sexo e tudo o que está à volta, neste pais é tabu. Eu lembro-me de estar no 3 ano do liceu na Venezuela e ter feito um trabalho sobre anticoncepcionais, de ter que investigar e fazer uma apresentação na aula. Depois cheguei a Portugal e era sempre o mais informado...porque ninguém, tinha ouvido falar do assunto seriamente... e continuamos assim.

 

Vamos ao Vídeo , há um blog que costumo frequentar que tem esta musica, que eu adoro, é fantástica e esta versão também

 

 

 Jorge

 

 

publicado às 21:32


14 comentários

Imagem de perfil

De Estupefacta a 21.03.2008 às 22:31

Porque as mentalidades são as mesmas e, infelizmente, não é uma lei que as vai mudar. Por isso, haverá sempre quem recorra à clandestinidade. Há ainda receio de se ser reconhecido...

Quanto à música, esta versão é linda. Amy Grant canta maravilhosamente bem e El Sahddai é simplesmente belo.
Um feliz Páscoa e que o que Jesus fez tenha frutos na tua vida.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.03.2008 às 23:20

Sim, o problema são as mentalidades, mas também se faz pouco para fazer passar a informação, e é pena.

Sim, imaginei que ias gostar da musica. :-)

Obrigado pela visita e por tão simpático comentário.

Uma muito feliz Páscoa para ti e para a Maria.

Jorge
Imagem de perfil

De Teia d´Aranha a 21.03.2008 às 22:37

Decidiste-te "por uma coisa mais séria"... Estarás a insinuar que o meu post sobre o orgasmo não é sério?! Vê lá a tua vida!!! :-)

Sobre a questão do aborto, não vou adiantar mais. Já disseste tudo.

Beijinho e boa Páscoa!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.03.2008 às 23:40

É claro que a pascoa e os orgasmos são assuntos sérios... e longe de mim querer dizer que o teu post não é sério. não era bem isso que queria dizer... bom, tu entendes.

Beijinho
Jorge
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.03.2008 às 23:45

Mas é claro que a Páscoa e os orgasmos são assuntos sérios.... principalmente os orgasmos..... longe de mim dizer que tu não escreves coisas sérias... bom, tu percebeste!

Beijinho
Jorge
Imagem de perfil

De Anjos a 22.03.2008 às 09:37

E aquela notícia sobre uma "mãe" que decapitou o filho à nascença?? Como é possível que coisas destas aconteçam, como é possível que existam estes monstros??
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 22.03.2008 às 21:08

Olá Patricia

Quando li o teu comentario não tinha ouvido essa noticia, li hoje no jornal, e de facto é impressionante. Como diz a estupefacta noutro comentario, mudar mentalidades e depois criam-se estes monstros... .

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De xana a 23.03.2008 às 02:43

Bem, sobre este assunto tenho uma opinião muito peculiar. Acho que o problema doa portugueses é o deixa andar que depois logo se vê... e depois o que se vê, são filhos indesejados e subsidios do estado para quem se multiplica como os ratos. O problema da desinformação não é só culpa do sistema, são as próprias pessoas que naõ procuram informar-se. Conseguem informar-se sobre as parteiras de vão de escada, conseguem descobrir isso, e não procuram informação correcta porquê. Só veem novelas na televisão? Só leem as parvoíces da maria, e os assuntos sérios? Ou só compram a maria e as revistas para verem os bonecos?
Eu vivo no campo desde sempre, sexo para a minha mãe é assunto tabu, no entanto nos idos de 1984, com 10 anos eu sabia que sexo engravida, desde a primeira vez, que existem pilulas e como se dizia na época as camisas de vénus também existem. Ora o problema das pessoa é que sexo é muito bom, e que se lixe querem é gozar o momento, os jovens a mesma coisa, querem é sexo com fartura, e responsabilidade nenhuma. Porque os pais não os ensinam a serem responsáveis, porque muitas vezes nem eles foram. Enfim se eu continuasse a escrever, ainda me arriscava a ferir suscesptibilidades, e eu não quero fazer fugir os leitores.
bjks
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 24.03.2008 às 15:18

Olá Xana

Como dizia a estupefacta, mentalidades, o problema são as mentalidades.

Estou de acordo contigo, a culpa é dos pais, que não falam com os filhos, e dos professores que não falam com os alunos, e do estado que não promove a educação sexual nas escolas.... ou seja, a culpa é e todos,... mas está nas nossas mãos mudar tudo isto, mais não seja, falando.

Xana, aqui podes dizer o que quiseres.... os leitores já fugiram mesmo......

Beijinho
Jorge
PS:Gosto de te ver por cá!
Imagem de perfil

De Miss Pepper a 24.03.2008 às 23:50

É como tu dizes, isto acaba por ser um caso de desinformação ou deseducação. Ou até mesmo de mexerem o rabinho à procura de ajuda. É preferível cometer arbitrariedades como ter os filhos, matá-los e congelá-los? Opá deixem-nos à porta de alguém1 Há tanta gente que queria ter filhos e não pode. Podem deixar à minha porta pois apesar de ainda não ter filhos ia acolher um bebe e amá-lo como se fosse meu.
Enfim.

Xinhus!
Sem imagem de perfil

De carochinha a 02.06.2008 às 00:12

olha jorge, sou sincera: não concordo de todo com o aborto, e acho que se semelhante coisa me acontecesse, preferiria assumir a criança. mas sei que há casos de violações e crianças malformadas que, se nascessem, seriam terrivelmente infelizes. por isso, votaria sim. apenas e só porque as 10 semanas da lei anterior eram absolutamente ridiculas. além disso, nao tenho o direito de mandar na vida de ninguém. de resto acho inadmissivel que mulheres casadas, com dois e tres filhos, abortem, pura e simplesmente porque nao se deram ao trabalho de usar contraceptivos. dói saber que há tantas mulheres neste pais que querem ser maes e nao conseguem, e outras que abortam clandestinamente de tal forma. é a minha maneira de ver o problema: votaria sim, mas nao concordo. e lá está, não adiantou grande coisa, porque as mulheres continuam a abortar em situações deploráveis.
bem, vou mas é dormir! beijinhos
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.06.2008 às 00:30

Olha..... não sei que idade tens,... mas deixa-me dizer-te que sabes olhar para a vida e perceber... acabas de dizer exactamente o que eu penso....

Parabéns por essa clareza de ideias e esclarecimento

beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De carochinha a 03.06.2008 às 00:33

17. obrigada! bjs
Sem imagem de perfil

De Fulano a 23.01.2009 às 09:16

...e eu lembro de ter visto, na Holanda no horário da manhã e num programa infantil, jovens de ambos sexos nos 11/12 anos aprendendo a colocar um preservativo. Usava-se um dildo (1) para o efeito. Corria o ano de 1974.

(1) prótese?

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D