Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Aborto, o meu sim serviu para quê?

por Jorge Soares, em 21.03.08

Sexta é dia de vídeo cá no blog, dia que foi instituído em parte porque à sexta costumo estar cansado demais para pensar num post , como estou de férias, até tinha alguns temas, estive quase a pegar na dica da Dona Aranha e escrever  um tratado sobre o orgasmo... mas ia ter que colocar uma bolinha vermelha no blog, também tenho uma receita de frango adiada desde há bastante tempo... enfim, hoje não faltavam temas. Por fim, decidi-me por uma coisa muito mais séria...e que até tem a ver com tudo isto.

 

Passou um ano sobre a adopção da nova lei do aborto, aquela que foi aprovada como consequência dos nossos "Sim". Hoje no Radio Clube havia um fórum sobre esse tema, e uma convidada (lamento, vinha a conduzir e não tomei nota do nome) que dizia que um ano depois, continua a haver aborto clandestino no nosso pais, e que um ano depois, continuam a haver mulheres neste pais que não sabem que existe uma lei que lhes permite abortar legalmente , e que há mulheres neste pais que quando querem abortar, continuam a dirigir-se aos vãos de escada, porque não sabem que se podem dirigir a um hospital e abortar em segurança.... COMO É POSSÍVEL ?

 

Dizia a senhora que diariamente há mulheres que ligam para a linha de apoio à mulher e que não sabem absolutamente nada sobre a nova lei do aborto nem donde se devem dirigir.... COMO É POSSÍVEL ?

 

Eu sempre fui pelo sim ao aborto porque entendia que a situação que vivíamos em Portugal era de uma hipocrisia extrema, porque todos os dias se faziam abortos em condições degradantes para as mulheres, porque morriam muitas mulheres em vãos de escada, porque independentemente da lei, todos os dias se faziam abortos neste pais e eu entendia que o facto de o aborto ser legal ia melhorar a situação.

 

Por favor, passou um ano, como é possível que existam mulheres que continuam a abortar clandestinamente?, como é possível que existam mulheres que não saibam que a lei entrou em vigor?, COMO É POSSÍVEL ?

 

É claro que é possível , é possível porque o verdadeiro problema deste pais está na desinformação, na deseducação , está em que os jovens chegam à idade adulta sem que ninguém lhes tenha falado seriamente sobre o assunto, porque sexo e tudo o que está à volta, neste pais é tabu. Eu lembro-me de estar no 3 ano do liceu na Venezuela e ter feito um trabalho sobre anticoncepcionais, de ter que investigar e fazer uma apresentação na aula. Depois cheguei a Portugal e era sempre o mais informado...porque ninguém, tinha ouvido falar do assunto seriamente... e continuamos assim.

 

Vamos ao Vídeo , há um blog que costumo frequentar que tem esta musica, que eu adoro, é fantástica e esta versão também

 

 

 Jorge

 

 

publicado às 21:32


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D