Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A igreja católica e a utilidade das mulheres

por Jorge Soares, em 17.02.12

Mulher em casa

Imagem de aqui

 

O trabalho da mulher a tempo completo, creio que não é útil ao país. Trabalhar em casa sim,... 

 

Manuel Monteiro de Castro tem 73 anos e acaba de ser nomeado cardeal da igreja católica de Roma, o colégio de cardeais é o órgão máximo de governo da igreja, para além de votar para a nomeação do papa, são estes senhores que ditam as leis no Vaticano, leis que servem para governar a igreja católica em todo o mundo.

 

Não faço ideia sobre qual será a média de idades dos cardeais, mas imagino que não andará longe dos 70 anos... e tal vez isso explique algumas coisas. Que em pleno século XXI alguém diga que o lugar das mulheres é em casa a tratar dos filhos e dos tachos é até difícil de acreditar, mas pelos vistos há pessoas que apesar dos tempos continuam a viver noutro século, noutro tempo e noutra realidade. O mundo evoluiu, as mulheres ocuparam com toda a justiça o seu lugar na sociedade, há muito fazem parte do tecido produtivo e dirigente do país, mas para estes senhores, nada disso deveria existir.

 

É evidente que com pessoas como estas a igreja nunca poderá evoluir. há muito que o papel do homem e da mulher, já seja no seio da família ou da sociedade, deixou de ser diferente, a época em que o homem ia trabalhar e chegava a casa e se sentava à espera de ter o jantar pronto , felizmente já acabou há muito. Vivemos numa época em que as tarefas são partilhadas, todas as tarefas e em que ao contrario do que diz este senhor, agora as pessoas tem mais tempo para conversar, porque enquanto tratamos da cozinha e dos filhos, ambos tratamos, podemos conversar, partilhar experiências e vivências....

 

É mais que evidente que a igreja precisa urgentemente de uma renovação, de ideias, de pessoas, de métodos... ou se renova ou daqui a muito pouco tempo, só restarão as paredes dos templos.... porque o mundo evolui e muito apesar deles, as pessoas também.

 

Jorge Soares

publicado às 21:44


23 comentários

Sem imagem de perfil

De José Correia a 11.05.2013 às 18:37

Penso que independentemente do trabalho ser feito por mulheres ou por homens, o que tem de ser mudado é a quantidade de horas de trabalho que cada um faz e é retirado do convívio familiar.

A Igreja católica devia pugnar para que as pessoas tivessem mais tempo livre até para ir à igreja.

De uma vez por todas convençam-se que só a redução da jornada de trabalho poderá melhorar as coisas. Depois da revolução industrial em que as máquinas começaram a fazer o trabalho de muitas pessoas e o desemprego subiu imenso, só com a diminuição da jornada de trabalho (depois de muita luta) se entrou num período de prosperidade. Desde então, apesar de todas as evoluções tecnológicas (muito maiores do que as da revolução industrial) nunca mais houve uma efetiva redução do tempo de trabalho. As políticas atuais de mais horas de trabalho, menos feriados, reforma em idade mais avançada tem piorado imenso este efeito normal. Se não se fizer nada o desemprego continuará a aumentar ao ritmo do desenvolvimento tecnológico. Só uma redução do tempo de trabalho e consequentemente de um aumento do tempo de lazer e para dedicar à família é que se pode reverter este ciclo vicioso atual e converte-lo num ciclo virtuoso que inclusivamente pode fazer crescer a produtividade, a economia ao contrário do que nos dizem. Faço um desafio a todos os sociólogos e economistas para fazerem um estudo sério sobre o impacto da redução da jornada de trabalho na economia e no bem estar das pessoas.

Comentar post


Pág. 2/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D