Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Terror na Aula de Inglês

Imagem da internet

 

A minha mais velha tem definitivamente uns professores muito originais no Liceu, depois do professor de Educação física que decide fazer aulas de recuperação, agora foi a professora de inglês que decidiu inovar.

 

Não sei bem a propósito de quê, talvez não tivesse nenhuma aula preparada ou simplesmente naquele dia não lhe apetecia dar aula, combinou com os alunos que em lugar da aula, veriam um filme, que filme?... bom, um que os alunos escolhessem. Há filmes disponíveis na biblioteca da escola, alguém estaria encarregado de ir lá buscar um que todos gostassem. Ora, deixar a escolha do filme aos alunos não é lá muito inteligente, podiam por exemplo ter escolhido O crime do Padre Amaro, ou um do Almodôvar.. convenhamos que para a aula de inglês não daria muito jeito... na indecisão alguém foi a casa buscar este: SAW - Enigma Mortal.

 

Podia ser pior, em lugar de um filme de terror podiam ter escolhido um pornográfico, se calhar tinha passado, se passou um de terror para maiores de 16 anos, porque não poderia passar algo mais picante?

 

Convém dizer que estamos a falar de uma turma do sétimo ano, com crianças que andam entre os 12 e os 13 anos, a professora não só deixou a escolha do filme aos alunos, como não se deu ao trabalho de verificar se o escolhido seria apropriado ou não para a idade das crianças.

 

Eu não me lembro quando consegui ver o primeiro filme de terror, mas tenho a certeza que já andava na universidade e ainda hoje se puder evitar não vejo, ora a minha filha entre outras coisas também herdou isso de mim, mal se apercebeu o que ia passar, simplesmente saiu da sala e não voltou... a professora ou não se apercebeu... estaria atenta ao filme, ou não se deu ao trabalho de questionar, ou simplesmente não se importou com a saída da aluna.

 

Há coisas que me custam a entender, não me lembro de ir para a escola ver filmes, não consigo entender como é que se troca uma aula pelo visionamento de  um filme comercial, não entendo porque é que a professora deixa aos alunos a escolha do filme e muito menos posso entender como é que esta não verifica o tipo de filme que vai passar e se este é apropriado para a idade dos seus alunos.

 

Já fizemos seguir por escrito a reclamação para a directora de turma... vamos ver no que isto vai dar, mas uma coisa é certa, garanto que esta não vou deixar passar em claro, é que se não fazemos nada, a seguir pode vir o Garganta Funda.

 

Jorge Soares 

publicado às 22:19


41 comentários

Imagem de perfil

De C.M. a 16.03.2012 às 08:30

LOL
Antes de mais, acho que essa professora deve estar louca. E não há mais a dizer porque ja dizes tudo. Acho que um filme (inteiro)dá para ser muito explorado numa aula, mas não de 7º , nível 3, nem sequer esse tipo de filmes. Lá onde trabalho temos muito cuidado com isso. Ou porque o filme até é adequado mas há uma cena menos politicamente correta , ou vê-se o que não se deve, ou sai uma ou outra asneira lá pelo meio. Agora, um filme de terror!!!! (Já agora gostava de saber por que há esse filme lá disponível na escola...)
Numa hora que tenho de lazer com os miudos costumo passar musicas do youtube com letras para cantarmos, mas os vídeos é um terror porque na canção mais simples aparece o que não deve. No outro dia eles queriam por "Lazy song" do Bruno Mars e então eu fui ver se era adequado, achando que não teria nada de mal. Ora o tipo e os macacos a meterem indecentemente a mão nas calças não me apreceu lá mt bem.... Ficaram indignados por eu não o passar: Ó stora, estamos fartos de ver isso em casa................
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 19.03.2012 às 23:55

Olá

Eu acredito que há muitos alunos que já terão visto o filme e piores... mas tal como a minha filha, haverá muitos outros que não viram e não querem ver..e não tem que ser obrigados a ver...

Mas olha que a julgar pelos comentários... há problema qualquer com as tuas colegas ... ´que pelos vistos é comum que isto aconteça..e sempre com filmes de terror.

Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D