Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A taxa alimentar que todos vamos pagar...

por Jorge Soares, em 26.04.12

Évora

Imagem minha do Momentos e Olhares 

 

Governo vai arrecadar não sei quantos milhões com a nova taxa alimentar.... aposto que o senhor ali da fotografia não se importa nada com isso.

 

Quando alguém perguntou à senhora ministra se não éramos todos nós quem ia terminar por pagar a bendita taxa, ela respondeu:

 

-Espero sinceramente que não!.

 

Senhora ministra, arranje uma cadeira.

 

Eu não tenho opinião formada sobre a nova taxa, sou dos que acham que a ASAE e outras autoridades alimentares fazem mesmo falta neste país, mas não tenho a menor duvida, não é o Belmiro, os franceses da Auchan, ou os restantes donos do hipermercados quem vai pagar a porra do imposto, somos todos nós.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40


41 comentários

Imagem de perfil

De poetazarolho a 26.04.2012 às 23:12

“Batem leve levemente”

Vamos a taxa alimentar
É só uma entre as demais
Se o estômago não aguentar
Toma-se uma colher de sais

Já temos a do combustíveis
E também a do tabaquinho
Pagas a dos bens comestíveis
E comes menos um bocadinho

É tudo a bem da nação
Por isso merece o esforço
No cinto faz mais um furinho

A ministra espera que não
Que não recaia no nosso dorso
Mas se cair, cai de mansinho.
Sem imagem de perfil

De PRETOgues a 27.04.2012 às 08:17

ONDE ANDA O POVO DO 25 DE ABRIL? PRECISAMOS DE UM NOVO E MUITO RAPIDAMENTE!
Sem imagem de perfil

De António a 26.04.2012 às 23:27

O mais caricato nisto tudo é que ninguém manifesta, devo deduzir que estão contentes que lhes vá ao bolso!
Sem imagem de perfil

De Miguel a 26.04.2012 às 23:28

Sr Jorge, olhe que a Auchan é francesa...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 26.04.2012 às 23:33

Oups...tem toda a razão, já corrigi o post, obrigado pelo aviso

Jorge Soares
Sem imagem de perfil

De anti-morcas a 26.04.2012 às 23:29

Mas alguém tem duvidas de que estes anjolas vão nos pôr de rastos??
Sem imagem de perfil

De ll a 26.04.2012 às 23:36

Será que estes Senhores não percebem que não é possível apertar o cinto e baixar as calças ao mesmo tempo…
Sem imagem de perfil

De JIFL a 27.04.2012 às 00:22

É desta que vou tentar ficar um mês sem meter os pés (e as mãos) num restaurante........

Sou daqueles "nabos" que pelo menos uma vez por semana lá vou jantar a qualquer sítio........E por vezes com os miúdos........Mas agora acho que vou fazer greve.....!!!
Sem imagem de perfil

De Marão a 27.04.2012 às 00:41

DE MESTRE ALDRABÃO

Por muito menos
Honestos palhaços de profissão
Foram corridos a ovos podres e á tomatada
E esta cambada!.......
De gaita nos beiços
Como estragaram
Fujam logo daqui
Se nos trouxerem
O FMI
E esta cambada!......
Eles cortam tudo
Eles comem tudo
Vão a direito
A velhos e novos
Da cova ao peito
E esta cambada!............
Troca de beiços e gaita
Já não é nada
Tudo a preceito
É do melhor
Sou eu que vos digo
De mestre aldrabão
Velha gaita sempre á mão
Cambada dum palavrão
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.04.2012 às 08:08

Não se trata da manutenção da "ASAE e outras autoridades alimentares". Esses são pagos pelos nossos impostos (uma carga fiscal das mais elevadas da Europa). Ou vamos em seguida extorquir dinheiro a todas as lojas sob a forma de uma "taxa de segurança", para sustentar a nossa PSP?
A verdade é simples. O aumento de IVA imposto aos restaurantes só conseguiu privar os portugueses desse prazer. Não indo ao restaurante, onde vão adquirir a comida? Logo...
Sem imagem de perfil

De Ivo Oliveira a 27.04.2012 às 08:47

A solução parte por voltar a comprar no comercio tradicional... mercados, praças...
Sem imagem de perfil

De Maria Moreira a 27.04.2012 às 10:43

E por que não ? Somos mais bem atendidos e os produtos de melhor qualidade e mais baratos. (Atenção não tenho nenhuma mercearia)
Sem imagem de perfil

De António a 27.04.2012 às 18:21

Pois é, a intenção é boa... mas logo a seguir vai surgir uma taxa para as pequenas superfícies. é a "chico esoertice" dos nossos governantes. Aqui governa-se assim.
Sem imagem de perfil

De NCP a 27.04.2012 às 09:41

Bem, eu também não tenho nenhuma opinião formada, mas acho que depois de ver os grandes espaços comerciais, aniquilarem o pequeno comércio de bairro, esmagando implacavelmente toda e qualquer concorrência (ainda me lembro da fruta que comprava na esquina do meu bairro em pequeno que o comerciante ia buscar a pequenos produtores nacionais, muito mais saborosa que aquela impingida nestes espaços ) e que agora pressionam os produtores nacionais ao seu limite, explorando-os e querendo que lhe vendam os produtos ao mesmo preço que os adquiridos no mercado externo, em condições que desconhecemos, acho que é tempo de também eles comparticiparem um pouco, depois se vão reflectir ou não nos preços essa famosa taxa, isso já é outra coisa, mas aí, sempre podemos escolher outro estabelecimento, isto se não houver concertação entre eles, dado que a concorrência, já a liquidaram nos "anos dourados" pré crise, e ninguém quis saber...
Sem imagem de perfil

De xarape a 27.04.2012 às 16:37

"isto se não houver concertação entre êles".AhAh!
Claro que haverá concertação entre êles.Não sejamos ingénuos.
Mas falta acrescentar O MAIS IMPORTANTE.
Cada Hiper ou Super paga aos produtores a meses(vários conforme o que conseguem sacar).Mas todos os seus clientes(nós todos...) pagam a pronto.O negócio não é a comida,nem a fruta,nem tudo o que lá se vende.É uma coisa muito parecida com um Banco.
Pagam a 6 meses, recebem a pronto.Melhor que um Banco.Poderiam vender tudo sem qualquer lucro-- o lucro vem do dinheiro.Fui claro ?
Imagem de perfil

De ruibarreiro a 27.04.2012 às 19:23

Nem mais meu caro...grande jogada dos hiper...pagam ao preço que querem nos prazos que entenderem...os desgraçados dos produtores não tem saída....todas as 6 feiras vou buscar o cabaz aos produtores...de muita qualidade e a um preço muito razoável...informem-se ..
Sem imagem de perfil

De lysten a 27.04.2012 às 20:32

por exemplo...

prove.pt

Para a margem sul.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Cris a 28.04.2012 às 09:49

É www.prove.com.pt. É uma excelente ideia! Mas se não existir esse projecto na sua zona, ou cada um pode iniciar, ou vai directamente à procura dos pequenos produtores da zona. Eu prefiro comprar a fruta nas pequenas mercearias que é muito mais saborosa e, na maior parte dos casos, mais barata.

Comentar post


Pág. 1/3



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D