Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que significa acção cívica?

por Jorge Soares, em 15.05.12

Moradores ocupam com relva lugar roubado à praça

Imagem do Público 

 

cívico 

adj.
1. De cidadão ou dos cidadãos.
2. Patriótico.
3. Em que só entra o elemento civil.

 

 

Por vezes temos dificuldades em perceber o verdadeiro significado das palavras, civismo é uma daquelas que de tão pouco ser utilizada, para além de que parece ser completamente desconhecida para muita gente, corre sérios riscos de entrar em extinção.

 

Felizmente ainda restam alguns exemplos dos que nos podemos socorrer para explicar do que se trata, a história conta-se aqui e trata disso, de civismo, de uma acção civil que partindo de um cidadão, conseguiu arrastar outros em defesa de um objectivo que no fim trará algo de positivo para o resto da comunidade.

 

É claro que não é um pouco de relva em lugar de mais um carro estacionado que irá mudar o mundo, mas o mundo é feito de muitas destas pequenas coisas, se cada um de nós ao ver algo errado em vez do acostumado encolher de ombros que nada resolve reagisse da mesma forma em que reagiu o Ricardo Sobral, de certeza que teríamos um mundo muito melhor.

 

Civismo é isso, é pensar também nos outros em lugar de unicamente no nosso umbigo, é olhar para o mundo que nos rodeia e ser capaz de deixarmos a nossa marca pela positiva.

 

Jorge Soares

PS:E não, o facto de ser difícil arranjar onde estacionar em Lisboa não é desculpa para não estar lá a relva.

publicado às 14:38


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Andre a 15.05.2012 às 15:18

Muito bom.

Contesto apenas a definição de cívico como sinónimo de patriótico. Para mim o civismo é ultra nacional e não limitado a umas quaisquer fronteiras administrativas.

Podemos e devemos ser civís na terra dos outros.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 15.05.2012 às 15:22

Concordo André... a definição foi retirada do Priberam.. e está claramente errada nesse ponto.
Sem imagem de perfil

De devolvam a praça das flores às pessoas a 15.05.2012 às 15:25

Bom post. Obrigado pelo apoio!

Juntem-se à causa apoiando-nos na página do facebook:
http://www.facebook.com/pracadaspessoas
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 17.05.2012 às 21:58

Obrigado a vocês pelo que fizeram.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Cris a 15.05.2012 às 16:41

No artigo, aquilo que mais me surpreendeu positivamente foi o facto de os indivíduos que foram arranjar os buracos não terem deitado a relva fora. Há evolução...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 17.05.2012 às 22:00

É verdade, é bom sinal, é sinal que algo vai mudando, lentamente, mas vai mudando

Jorge
Sem imagem de perfil

De Portuga Sofredor a 16.05.2012 às 15:43

Há civismo quando um homem quiser.

Um dia destes, telefonei para a esquadra de polícia da minha área a comunicar que um cidadão (?) tinha estacionado o carro em pleno jardim cá do bairro e bem em cima da relva que até estava bem viçosa.
Resposta do agente de serviço:

A polícia está cá para coisa mais importantes !

Palavras para quê ?

E gastámos não sei quantos milhões para educar os da Guiné (Bissau)

CHIÇA !!

Imagem de perfil

De Jorge Soares a 17.05.2012 às 22:00

O maior problema é que por cá já resta muito pouco quem eduque.

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 16.05.2012 às 18:45

A falta de civismo vê-se em pequenas coisas, tais como fumar em espaços públicos fechados, agora proibido porque existia a tal falta de civismo, estacionar no passeio e onde calha dificultando a vida as peões e a quem quer estacionar o carrito na garagem, tenho este problema quase diariamente e desisti há muito da policia, (a minha ideia é que eu avisava a policia e eles avisavam os condutores, mas se calhar é imaginação minha...). E muito mais coisitas que abundam no nosso dia....
Exemplos como este fazem crer que há sempre esperança! Há sempre alguém com sentido cívico e capacidade de liderança para motivar os que o circundam. Muito bem!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 17.05.2012 às 22:01

Felizmente ainda há quem se empenhe em fazer a diferença... quem sabe e ainda resta algo de esperança para esta sociedade.

Jorge
Imagem de perfil

De Kok a 17.05.2012 às 18:04

É de aplaudir e apoiar.
Conheço a Praça das Flores e sei da dificuldade de estacionamento que por ali existe.
Mas também sei que é um local agradável numa área do interior de Lisboa, com muita população já "entradota" e que aprecia o estar à sombra das árvores quando vai chegando o calor!

1 abraço!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 17.05.2012 às 22:05

Há muito tempo que não vou por aqueles lados... mas é sem dúvida um lugar bonito e aprazível.

Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D