Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Precários inflexiveis

 

Imagem do Público 

 

Aconteceu com os Precários Inflexiveis, mas podia acontecer comigo, porque também eu já aqui deixei patente a minha insatisfação com algumas empresas e serviços deste país.

 

Alguém enviou um mail a contar uma situação real com uma empresa (Axes Market), o mail é publicado num blog e na sequência há largas dezenas de pessoas que decidem dizer que já passaram pelo mesmo e que relatam um conjunto de situações no mínimo duvidosas. O que faz empresa em questão?, emite um comunicado a desmentir o que foi relatado?, processa as pessoas que estão a denegrir o seu nome? 

 

Não, a empresa que entretanto em poucos dias mudou de nome (Ambição Internacional Marketing) coloca uma providência cautelar para que os comentários sejam retirados do blog... note-se, a empresa em questão nunca exerceu qualquer direito de resposta,  nunca desmentiu o que ali era contado, nem no post nem nos comentários, não processou quem colocou o post ou os comentários, eles simplesmente optaram pelo mais fácil, se não podes contrariar a mensagem, mata o mensageiro.

 

O tribunal invocou o direito a manter o bom nome da empresa, decidiu que os donos do blog deveriam apagar todos os mais de 350 comentários que entretanto foram aparecendo. Apesar de reconhecer o “direito fundamental de liberdade de expressão e informação, cujo exercício não pode ser impedido ou limitado por qualquer tipo ou forma de censura”, o tribunal sustenta que “tal direito de informação e crítica não é ilimitado”, na medida em que colide com o direito que os visados têm “a ver respeitada a sua honra” 

 

Ou seja, o tribunal decidiu que vale mais o direito da empresa a manter a sua honra que o direito que temos todos a relatar factos e acções praticados por esta, mesmo que estas acções violem leis e direitos. 

 

Então e no meio disto tudo, quem defende os direitos de quem se sente enganado e até burlado pela empresa? 

 

Como eu não acho que a liberdade de expressão é uma treta, aqui vão alguns dos comentários que foram deixados no post:

 

"Eu fui lá ontem,e achei que a empresa era séria,agora chama-se International Marketing Lda e encontra-se na Rua dos Fanqueiros Nº277 2ºesq,chamaram-me para ir lá hoje passar o dia e não sei o que fazer, sei que disseram-me o mesmo que vós disseram, mas não parece que estejam a enganar. mas hoje vou tirar isso a limpo com a Ana Santos"


"Boa tarde,

Fui a primeira entrevista ontem na rua dos fanqueiros e confirmo tudo o que está aqui, uma espanhola a falar a mil, fui "selecionado" para passar um dia com eles na segunda-feira, podem me explicar em que consiste o trabalho??"


"É para vendas porta-a-porta ou "peditórios", conforme a campanha com que estejam actualmente. É 100% à comissão, logo não tens direito a nenhum subsídio, ou seja, pagas a tua alimentação, roupa (que tem que ser formal!) e deslocações para o "escritório", e daí para o local para onde te enviem. Espera-se que trabalhes 12h/dia, de segunda a sábado.

Ah, e quando te vais embora não te pagam sequer as comissões das vendas que fizeste, que foi o que me aconteceu a mim."


"Olá a todos. Obrigada pelos vosso comentários. Recebi um mail de resposta à candidatura para o INTERNATIONAL MARKETING LDA, mas achei estranho a forma como estava redigido, centrando-se muito na "sorte" que se teve ao ser-se um dos escolhidos entre muitos. Também achei estranho o facto de termos de ser nós a telefonar-lhes e não oposto. Fui procurar na net informação sobre a empresa e não encontrei nada, deparei-me apenas com os vossos testemunhos.

Isto assusta-me muito. na realidade já existem empregos em que o patrão se aproveita do trabalhador perante a garantia do seu desespero em manter-se empregado. Questiono-me se não nos fizermos respeitar onde é que as injustiças laborais vão parar. O esquema dessa empresa parece-me um futuro negro que se pode multiplicar e tornar a realidade. Obrigada a todos."


"Só queria dizer, que fui a essa BF Group, e também passei o dia das 10h as 19h, com eles porta-a-porta, e rejeitei o que eles me pediam. Tou desempregado, mas hj vi um anuncio de emprego para essa international markting portugal, e obrigado pelos vossos testemunhos, mas assim ja n vou la fazer nada....."

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:23


3 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 23.05.2012 às 18:11

Ando numa de preguiça para assuntos mais sérios e achei que provavelmente isto te iria mexer com os nervos e que farias, sem dúvida, um artigo merecedor de atenção.
Pois é Jorge, liberdade... a tal liberdade de expressão, a borboleta está presa e agora?
Não faço a mínima ideia de que empresa se trata mas com isto parece-me que ganhou mais publicidade negativa que positiva.

A verdade é que também não podemos sair a dizer por aí o que nos dá na real gana, lá está, poderemos interferir com a liberdade do outro, mas não sei se foi realmente isso que aconteceu aqui.
Imagem de perfil

De sentaqui a 23.05.2012 às 22:06

Estamos no reino do "vale tudo", basta ver os maus exemplos que vêm de cima e voltar um pouco atrás no teu blog e ver o que se passou com o Miguel Relvas.
Apesar de não gostar da maioria das coisas que o Mário Soares anda por aí a dizer, numa coisa ele está certo quando disse há dias que um dos grandes problemas deste país é que os tribunais não funcionam e eu acrescentaria, quando funcionam fazem-no mal. Desde quando se mandam apagar comentários de um blog? Querem ver que estamos a voltar ao antigamente?
Sem imagem de perfil

De Graza a 23.05.2012 às 22:58

Um cumprimento especial por ter sido um dos blogues que atribuiu importância ao processo dos Precários Inflexíveis. Fiz um resumo de alguns que encontrei por achar que a união faz a força:
http://rendarroios.blogspot.pt/2012/05/toque-rebate-na-blogosfera.html
Saudações.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D