Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Palavras que me tocam......

por Jorge Soares, em 02.04.08
Flores

Cada pessoa que conheço, cada palavra que troco, cada sorriso bonito, cada amizade sincera, cada suspiro profundo, cada silêncio, cada olhar, cada letra escrita, cada palavra perdida, cada um de vocês, faz de mim o que sou........

E Hoje temos Neruda!

Y UNO APRENDE...

Después de un tiempo, Uno aprende la sutil diferencia
Entre sostener una mano Y encadenar un alma,
Y uno aprende

Que el amor no significa recostarse
Y una compañía no significa seguridad
Y uno empieza a aprender...

Que los besos no son contratos
Y los regalos no son promesas
Y uno empieza a aceptar sus derrotas
Con la cabeza alta y los ojos abiertos

Y uno aprende a construir
Todos sus caminos en el hoy,
Porque el terreno de mañana
Es demasiado inseguro para planes...

Y los futuros tienen una forma de caerse en la mitad.
Y después de un tiempo
Uno aprende que si es demasiado
Hasta el calorcito del sol quema.

Así que uno planta su propio jardín
Y decora su propia alma,
En lugar de esperar a que alguien
Le traiga flores.

Y uno aprende que realmente puede Aguantar,
Que uno realmente es fuerte,
Que uno realmente vale,
Y uno aprende y aprende...

Y con cada adiós uno aprende.

E uma tradução que encontrei algures Internet

Após um tempo,
Aprendemos a diferença subtil
Entre segurar uma mão
E acorrentar uma alma,
E aprendemos

Que o amor não significa deitar-se
E uma companhia não significa segurança
E começamos a aprender...

Que os beijos não são contratos
E os presentes não são promessas
E começamos a aceitar as derrotas
De cabeça levantada e os olhos abertos

Aprendemos a construir
Todos os  caminhos de hoje,
Porque a terra amanhã
É demasiado incerta para planos...

E os futuros têm uma forma de ficarem
Pela metade.
E depois de um tempo
Aprendemos que se for demasiado,
Até um calorzinho do sol queima.

Assim plantamos o nosso próprio jardim
E decoramos a nossa própria alma,
Em vez de esperarmos que alguém nos traga flores.

E aprendemos que realmente podemos aguentar,
Que somos realmente fortes,
Que valemos realmente a pena,
E aprendemos e aprendemos...

E em cada adeus aprendemos.

Jorge
PS:Fotografia original de João Palmela

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38


14 comentários

Imagem de perfil

De Teia d´Aranha a 02.04.2008 às 22:59

Tu andas a dar com força na poesia e no sentimento! Primavera?

Beijinho
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.04.2008 às 23:06

Olá

Por acaso estava com a ideia fixa de escrever um post de resposta à Estupefacta sobre o tu e você... mas o treino do karaté deixou-me de tal modo... que até para fazer o copy paste do poema tive dificuldades.....

E sim, acho que a primavera me está a afectar..... além de que o Neruda......... :-)

Beijinho dona Teia.
Jorge
Sem imagem de perfil

De xana a 02.04.2008 às 23:34

Estranhamente este poema é tão verdadeiro!
Diz tanto e tão pouco ao mesmo tempo. E revejo-me nele inteiramente.

"E aprendemos que realmente podemos aguentar,
Que somos realmente fortes,
Que valemos realmente a pena,
E aprendemos e aprendemos"

Sim, mas não sem ajuda de amigos, sem dias de sol!
Viver e aprender.
beijinho
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.04.2008 às 23:40

Bom, nesse caso, somos dois.....

"E em cada adeus, aprendemos."

Os amigos fazem ainda mais brilhantes os dias de sol.

Obrigado Xana.

Beijinho
Jorge

Sem imagem de perfil

De S@rit@ a 03.04.2008 às 11:32

Lindo!! Adorei este poema! Com Primavera ou sem ela, acho que as palavras descrevem na perfeição o que é a vida! :)
Bjs
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.04.2008 às 13:07

Olá :-)

Isso é Neruda, a descrição exacta da vida, em cada palavra e em cada verso....

Y UNO APRENDE...

Gosto muito de te ter por cá, e divirto-me imenso nas visitas que faço lá ao teu canto.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Crisálida a 03.04.2008 às 12:36

Neruda é sempre perfeito...
Esse é fantástico e diz muito, com a sabedoria de quem amou intensamente e sofreu...

Beijnhos, amigo. :-)
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.04.2008 às 13:13

Olá Lu :-)))))))))))))))))

Tens toda a razão, Neruda tem toda a experiência de uma vida fantástica, que se reflecte em cada palavara e em cada verso....

"Aprendemos a diferença subtil
Entre segurar uma mão
E acorrentar uma alma"

Beijinho amiga, ainda bem que as coisas melhoram e estás de volta.

Jorge
Imagem de perfil

De Sofia a 03.04.2008 às 20:39

O poema é maravilhoso!

São palavras tão sentidas e verdadeiras que têm o poder nos tocar!

"Y uno aprende a construir
Todos sus caminos en el hoy,
Porque el terreno de mañana
Es demasiado inseguro para planes..."

Estas são uma das minhas filosofias de vida! Vive cada dia por si e vai construindo os caminhos que te levem a alcançar os teus objectivos!

Beijinho*
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.04.2008 às 21:56

Olá

É isso mesmo, um dia de cada vez, vamos construindo o caminho....

Definitivamente, este poema é fantástico.

Um enorme beijinho
Jorge

Sem imagem de perfil

De Shakti a 03.04.2008 às 21:21

Já conhecia esse poema de Neruda ...Lindo ...(parece que temos gostos poéticos idênticos

"Me gustas cuando callas porque estás como ausente,

y me oyes desde lejos , y mi voz no te toca.

Parece que los ojos se te hubieran volado

y parece que un beso te cerrara la boca."
...
Adoro este...

Bjs
Shakti
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.04.2008 às 21:59

Olá

Bem vinda ao meu humilde cantinho

Sabes uma coisa.... esteve quase para ser esse, mas tinha encontrado este ... e como é menos conhecido...

Sim, parece que temos gostos poéticos parecidos
Obrigado pela visita.. e por favor, volta!

Beijinho
Jorge
Imagem de perfil

De Teresa a 03.04.2008 às 21:35

Em posts como estes não gosto de fazer grandes comentários, resta-me deixar a minha opinião...

Simplesmente lindo :) a vida é maravilhosa e há Senhores que souberam descrevê-la na perfeição!

Besito***
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.04.2008 às 22:01

Hola :-)

"a vida é maravilhosa e há Senhores que souberam descrevê-la na perfeição!"

Palavras para quê?... tu dizes tudo!

Beso
Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D