Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Palavras que me tocam......

por Jorge Soares, em 02.04.08
Flores

Cada pessoa que conheço, cada palavra que troco, cada sorriso bonito, cada amizade sincera, cada suspiro profundo, cada silêncio, cada olhar, cada letra escrita, cada palavra perdida, cada um de vocês, faz de mim o que sou........

E Hoje temos Neruda!

Y UNO APRENDE...

Después de un tiempo, Uno aprende la sutil diferencia
Entre sostener una mano Y encadenar un alma,
Y uno aprende

Que el amor no significa recostarse
Y una compañía no significa seguridad
Y uno empieza a aprender...

Que los besos no son contratos
Y los regalos no son promesas
Y uno empieza a aceptar sus derrotas
Con la cabeza alta y los ojos abiertos

Y uno aprende a construir
Todos sus caminos en el hoy,
Porque el terreno de mañana
Es demasiado inseguro para planes...

Y los futuros tienen una forma de caerse en la mitad.
Y después de un tiempo
Uno aprende que si es demasiado
Hasta el calorcito del sol quema.

Así que uno planta su propio jardín
Y decora su propia alma,
En lugar de esperar a que alguien
Le traiga flores.

Y uno aprende que realmente puede Aguantar,
Que uno realmente es fuerte,
Que uno realmente vale,
Y uno aprende y aprende...

Y con cada adiós uno aprende.

E uma tradução que encontrei algures Internet

Após um tempo,
Aprendemos a diferença subtil
Entre segurar uma mão
E acorrentar uma alma,
E aprendemos

Que o amor não significa deitar-se
E uma companhia não significa segurança
E começamos a aprender...

Que os beijos não são contratos
E os presentes não são promessas
E começamos a aceitar as derrotas
De cabeça levantada e os olhos abertos

Aprendemos a construir
Todos os  caminhos de hoje,
Porque a terra amanhã
É demasiado incerta para planos...

E os futuros têm uma forma de ficarem
Pela metade.
E depois de um tempo
Aprendemos que se for demasiado,
Até um calorzinho do sol queima.

Assim plantamos o nosso próprio jardim
E decoramos a nossa própria alma,
Em vez de esperarmos que alguém nos traga flores.

E aprendemos que realmente podemos aguentar,
Que somos realmente fortes,
Que valemos realmente a pena,
E aprendemos e aprendemos...

E em cada adeus aprendemos.

Jorge
PS:Fotografia original de João Palmela

publicado às 22:38


14 comentários

Imagem de perfil

De Teia d´Aranha a 02.04.2008 às 22:59

Tu andas a dar com força na poesia e no sentimento! Primavera?

Beijinho
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.04.2008 às 23:06

Olá

Por acaso estava com a ideia fixa de escrever um post de resposta à Estupefacta sobre o tu e você... mas o treino do karaté deixou-me de tal modo... que até para fazer o copy paste do poema tive dificuldades.....

E sim, acho que a primavera me está a afectar..... além de que o Neruda......... :-)

Beijinho dona Teia.
Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D