Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Que educação queremos para os nossos filhos?

por Jorge Soares, em 31.05.12

Livro da primeira classe

Imagem de aqui

 

Aposto que um destes dias vamos ser surpreendidos com a noticia que vai voltar o livro laranja  e que todas as crianças vão ter que aprender de cor, porque vai sair de certeza no exame da quarta classe, os rios de norte a sul do país, os cabos e respectivos faróis, as linhas de caminhos de ferro, sorte a deles que já sobram poucas e claro, as serras, de Portugal e das ex colónias, porque esses também lá estavam antigamente e queremos tudo como antigamente.

 

A última novidade do ministério da educação é que: "Os planos individuais de trabalho destinado aos alunos faltosos vão ser substituídos por tarefas a favor da comunidade" ... ou seja, os alunos que faltaram às aulas, em lugar de serem encaminhados para o estudo e para a recuperação do tempo perdido, vão faltar a mais aulas... há aqui qualquer coisa de estranho ... então mas se  os alunos em vez de estar a assistir às aulas vão estar a fazer trabalho comunitário... como é que vão recuperar?

 

As últimas medidas deste ministério da educação parece que têm como objectivo afastar do sucesso escolar e até da escola, os alunos com problemas e com dificuldades, todas estas medidas em lugar de incentivar o estudo e a recuperação dos casos complicados, parece que tem como objectivo afastar quem não está formatado. É claro que depois temos aquele detalhe de a escolaridade ser obrigatória até aos 16 anos... mas aposto que o senhor ministro também já pensou nisso... como vão as coisas não tardará muito a que volte a ser obrigatório até à quarta classe.. com 10 anos já se está perfeitamente em idade de se ir trabalhar......

 

Eu sei que quanto menos crianças estiverem na escola, menos professores são necessários, menos salas, menos material, em suma, menos dinheiro... mas há limites... não? estas medidas mostram que ministério está simplesmente a desistir de quem tem problemas e dificuldades, com estas medidas não há recuperações ou segundas oportunidades, é isso que queremos para os nossos filhos?

 

Jorge Soares 

publicado às 22:21


3 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 01.06.2012 às 19:35

Se o trabalho comunitário se aplicar fora do horário escolar, até em tempos livres, não vejo porque não. Claro que bem orientado, porque não irem visitar idosos e ajudar a apanhar lixo ou até a ajudarem na limpeza da escola? Claro que isto teria que contar com o apoio de alguém que até os orientasse num certo sentido cívico, mas eu já me estou a por com muitas ideias lindas, que não sei se serão a intenção da notícia que é dada de uma forma resumida e não me esclarece completamente.
No entanto, acho que estes alunos deveriam ser muito bem acompanhados a nível escolar, pois me parece que por qualquer motivo não são em casa, e ao contrário do que muitos pensam, eu acho que temos que apostar na formação dos jovens, sejam eles quem forem, afinal são o futuro do nosso país, são o nosso investimento, mas eu tenho a mania de olhar um pouco para o todo, e um todo mais coeso. Criar a ideia de um tutor na escola talvez fosse interessante, alguém que se tivesse algum interesse e uma certa responsabilidade (claro que com limite) por algum aluno mais problemático, mas para isso teriam de existir mais professores e turmas com menos alunos, mas lá está, lá estou eu com ideias...

Bom fim de semana Jorge
E para quem aqui vier também
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 02.06.2012 às 23:44

Concordo contigo, mas acreditas mesmo que alguém consegue colocar crianças e adolescentes a fazer trabalho comunitário?.. ou que os pais alguma vez vão concordar com tal coisa?

Quanto à segunda parte, também concordo, infelizmente acho que o ministério de educação não concorda, as últimas medidas vão precisamente em sentido contrário

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 03.06.2012 às 20:10

O trabalho comunitário seria interessante com esta prespectiva. O lamentável e que alguns pais talvez achassem que se estariuam a aproveitar dos seus rebentos.
As medidas de agora estão a ir no sentido diametralmente oposto. Então aqui para o Norte fica-se com a sensação que querem acabar com a instrução para todos aos poucos... só alguns terão direito a alguma coisita.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D