Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




cão vivo que aguarda ser queimado juntamente com os restantes cadáveres de animais mortos

Imagem retirada do Suspeitas

 

 

Aquilo que nos separa dos animais é a racionalidade, a mesma racionalidade que nos converte em selvagens quando decidimos enfrentar um touro com cavalos, ferros e espadas numa tourada, ou utilizar um chicote para domar um animal selvagem e colocá-lo ao nosso serviço num circo, ou para utilizar uma arma e caçar um animal no seu habitat natural pelo único prazer de matar.. ou simplesmente achar que podemos dispor da vida de qualquer animal para primeiro o acolhermos e depois o abandonarmos só porque ele cresceu, ou porque nos cansamos de brincar com ele.

 

Os animais não são coisas, são seres vivos e é como seres vivos que os devemos tratar, não como obejctos ou coisas das que podemos dispor ao nosso prazer.

 

Por uma nova lei de protecção dos animais, pelo fim das touradas, pelo fim dos animais nos circos, pelo fim da caça por prazer, pelo fim do abandono dos animais vamos dar "Um Passo em Frente" - Campanha ANIMAL "Nova Lei de Protecção dos Animais".

 

Vídeo de Lançamento da 2.ª Fase da Campanha "Por uma Nova Lei de Protecção dos Animais em Portugal"

"Um Passo em Frente".

 

 

Eu apoio esta campanha por uma nova lei de protecção dos animais em Portugal

 

Jorge Soares

publicado às 22:13


1 comentário

Imagem de perfil

De Kok a 13.06.2012 às 11:23

Evidentemente que apoio!

1 abraço!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D