Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Monstro das bolachas vira vegetariano

 

 

É das poucas coisas que me lembro da minha infância, todos os dias por volta das 18 horas eu sentava-me no chão da sala a olhar para a mira técnica (aposto que muita gente nem sabe o que é) da RTP à espera que o primeiro canal abrisse.  Logo a seguir vinham os 10 ou 15 minutos de horário infantil e invariavelmente o Egas, o Becas e o monstro das bolachas. Quem tem filhos sabe que a serie é formada por muitos mais personagens, incluindo um enorme pássaro amarelo de que nem após o terceiro filho eu sei o nome, mas eu só me lembro destes três.

 

Esta semana foi noticia que pelo menos na versão espanhola o popular monstro das bolachas vai deixar de comer bolachas e passar a comer frutas e vegetais, pelo vistos há quem ache que um boneco azul que se alimenta de bolachas é uma má influência para as crianças, logo, em nome do bom exemplo e da boa alimentação, toca de corrigir os maus hábitos ao simpático boneco.

 

Há muito que o politicamente correcto está implantado na nossa sociedade e desde que alguém decidiu trocar as armas dos policias de ET por telemóveis, já nada me surpreende, mas há coisas que só fazem sentido como são...  Há series infantis que só existem porque há uma componente de violência incluída, alguém consegue imaginar coisa mais violenta que Tom E jerry?, quantas vezes foi o pobre gato, esmagado, queimado, rebentado, trucidado, martelado? E o Bip Bip? uma serie em que o único objectivo das personagens é a violência física e constante?

 

Todos nós crescemos com o monstro das bolachas, Tom e Jerry, o Bip Bip e muitas outras séries que à luz dos padrões actuais seriam consideradas ou violentas, descriminativas, deseducativas ou tudo isto em conjunto, não me parece que fossemos nem mais violentos, nem menos educados que as crianças actuais... e muito menos que fossemos menos felizes e saudáveis.

 

Será que alguém acredita mesmo que a troca do monstro das bolachas pelo monstro dos espinafres vai contribuir em algo para a mudança dos hábitos alimentares das crianças?

 

De que serve ter na televisão um boneco azul a comer fruta se as crianças estão sentadas em frente ao televisor com um pacote de batatas fritas na mão?

 

Jorge Soares

publicado às 21:45


12 comentários

Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.07.2012 às 18:12

Pensar, pensei o mesmo que tu.
Reciclar é preciso. Mas será necessário destruir as nossas recordações?

Porque não criam um outro boneco?
Um primo do Becas...
Um vizinho do Becas...?
Educar é preciso. Mas não nos deitem areia para os olhos (invadindo com publicidade para "criancinhas" enganar).

Quanto ao passarão tenho ideia que se chamava POUPAS. Não tenho certeza.

Beijinho Jorge.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D