Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mas o álcool não é todo igual e nocivo?

por Jorge Soares, em 21.02.13

Cerveja

Imagem do Público

 

Somos definitivamente um país singular, o governo acaba de promulgar a nova lei do álcool, uma lei que há muito era esperada principalmente devido ao enorme aumento do consumo por parte de jovens e adolescentes. Havia a perspectiva de que tal como acontece em muitos outros países, a idade mínima para se poder comprar bebidas alcoólicas passasse para os 18 anos, o próprio governo tinha feito esse anuncio.

 

Com a promulgação da lei ficamos a perceber que afinal fica mais ou menos tudo na mesma, por algum motivo que não será difícil de perceber, para o nosso governo existe álcool de primeira e álcool de segunda, ou se preferirem álcool bom e álcool mau.

 

A idade legal para se consumir o  bom mantém-se como até agora nos 16 anos, se estivermos a falar do mau, então passa para os 18 anos... mas afinal o álcool não é todo igual?

 

O álcool será, o que parece que não é igual é a força que os diferentes lobbies tem, pelos vistos os da cerveja e do vinho tem muito mais força que os das restantes bebidas. Já lá vai o tempo em que beber um copo de vinho dava de comer a um milhão de portugueses, mas pelos vistos há hábitos e ideias que não se podem perder.

 

Alguém percebe a diferença de ser ir cambaleando pela rua porque se bebeu meia dúzia de shots ou uns litros de cerveja? Há alguma diferença entre estar embriagado porque se abusou no vinho ou noutra bebida qualquer? E as consequências para os hábitos de longo prazo não são as mesmas?

 

Se alguém tinha esperança de deixar de ver os jovens a sair das escolas e a entrarem nos cafés a pedirem cerveja, ou a passearem pelas ruas de garrafa na mão, desengane-se, pelos vistos para o nosso governo são muito mais importantes as industrias cervejeiras e do vinho que a saúde pública, é muito mais importante a economia que a prevenção da saúde pública.

 

Também é verdade que nada disto serve para nada se tal como até agora não se investir na fiscalização e na penalização de quem não cumpre... mas quanto a isso já sabemos o que a casa gasta.

 

Jorge Soares

publicado às 21:07


2 comentários

Imagem de perfil

De sentaqui a 21.02.2013 às 21:33

Isto é tudo uma treta e todos sabemos que sejam os de 16 , ou 18 , vão continuar a beber, mais uma estratégia para ficarem bem vistos e darem a ideia que se preocupam. Se investissem na prevenção ao invés da proibição seria bem melhor.
Imagem de perfil

De golimix a 22.02.2013 às 19:27

Ainda acalento a esperança de que venha a existir alguém que pense um bocadinho. Apostar numa prevenção séria, fiscalizar os estabelecimentos que continuam a vender bebidas alcoolicas, e não lobies, a menores, que para mim no que respeita ao consumo de álcool será ao 18 anos.

Mas enfim....

Achas que cante a "Grândola" num café sempre que venderem álcool a menores?

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D