Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Morreu Hugo Chavez, Viva a Venezuela

por Jorge Soares, em 05.03.13

Morreu Hugo Chavez

 

Imagem do Público 

 

Morreu o homem que mudou a face da Venezuela e de uma parte da América Latina, para muitos um ditador, para muitos outros o único governante que chegou ao poder e olhou para os pobres e esquecidos de um país em que praticamente só havia duas classes sociais, os ricos e os outros.

 

Conseguiu fazer-se eleger numas eleições livres e democráticas em 1999 e manter-se no poder até hoje num país em que os mandatos presidenciais estavam limitados a um máximo de dois precisamente para evitar o aparecimento de figuras como ele. O seu governo socialista e dirigido principalmente aos mais pobres, não conseguiu evitar que a situação social da população piorasse sendo que hoje em dia Caracas é umas das cidades mais perigosas do mundo onde em cada fim de semana são assassinadas mais de cem pessoas.

 

A Venezuela é o terceiro produtor de Petróleo do mundo e um dos que tem maiores reservas, entram no país todos os dias muitos milhões de dólares, dinheiro que raramente chega à economia e à população porque nem Chavez nem ninguém conseguiram combater o maior flagelo do país, a corrupção.

 

Eu vivi 10 anos em Caracas na era pré Hugo Chavez, eu vivi na Venezuela quando por cada litro de leite que se comprava, o estado pagava três à empresa produtora, por cada bilhete de autocarro o estado pagava três à empresa de transportes, era uma economia subsidiada em que não havia inflação e era tudo baratíssimo.

 

Por outro lado, era um estado em que a corrupção era lei, não se pagavam multas, não se pagavam impostos e não se fazia absolutamente nada, desde tirar o bilhete de identidade a fazer qualquer negócio, sem untar as mãos a alguém.

 

Esta situação manteve-se assim durante muitos anos até que um dia o baixo preço de petróleo, a corrupção generalizada e a situação mundial fizeram com que as reservas do estado não fossem suficientes para continuar a manter uma economia artificial e então foi o caos. Sem os subsídios do estado o povo teve que passar a pagar os verdadeiros preços pelas coisas e a inflação galopante levou o pouco que restava da economia.

 

Ito durou 15 anos até que o povo se fartou, decidiu deixar de apostar nos mesmos de sempre e optou por mudar, foi aí que apareceu alguém que soube falar ao povo, aos pobres que são a maioria da população. Nessa altura eu já não vivia lá, mas se vivesse, de certeza que votaria nele, porque simplesmente o país não podia continuar a ser governado pelos mesmos de sempre, os que o tinham levado  até aquela situação.

 

Hugo Chavez era um demagogo, um homem sem qualquer sentido de estado, e não foi capaz de tirar o país do enorme buraco donde ele se encontra, mas a verdade é que ele foi eleito em 5 ou 6 eleições, ganhou dois referendos e sempre com percentagens acima de 70% dos votos.

 

Neste momento a Venezuela é um autêntico saco de gatos e deve haver muita gente a afiar as facas, avizinham-se tempos tempestuosos para o país e para quem por lá sobrevive, que terão de certeza absoluta reflexos na vida do mundo inteiro, afinal é de lá que vem uma boa parte do petróleo que alimenta a economia americana e até a nossa.

 

Jorge Soares

Related Posts with Thumbnails

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Susana Carvalho a 06.03.2013 às 15:54

Estava interessada em saber da sua opinião em relação a este assunto, Jorge... Pelo facto de ter morado na Venezuela. Tenho um amigo que também lá viveu e não tem quase nada de bom a falar do período em que lá viveu...
Sempre me abstive de ter opinião sobre o estado de saúde do Hugo Chavez. Uma pessoa sabe lá o que é verdade ou mentira, no que sai nas notícias. Pelos vistos, estava mesmo mal.
Não gostava deste homem, nem um bocadinho. Dou-lhe o mérito de madar o Bush às urtigas, coisa que os outros, por cortesia e diplomacia e cobardia, não o fazem, mas dificilmente isso faz de alguém bom governante. E para mim, este senhor não foi bom governante.
Não me regozijo com a sua morte. Nem com a dele, nem com a de ninguém. Apesar de o detestar, não fiquei contente, até fiquei triste. Sempre se trata de uma morte, certo?
Vai ser um período turbulento (ainda mais?) para a Venezuela, isso acredito que sim. Aguardo para ver o que o futuro reserva.

P.S. - Sei que não tenho andado a comentar ultimamente, mas tenho tido menos tempo (não deixo, no entanto, de aqui ver os seus posts).
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.03.2013 às 23:43

Susana, para mim é um lugar onde fui muito feliz... adorei o tempo que lá passei e sei que muito do que sou, vem das minhas vivências por lá.

Infelizmente com a situação actual seria incapaz sequer de lá ir passar uns dias de férias.. e é pena porque é um daqueles lugares que tem tudo para dar certo.. mesmo.

Jorge
Sem imagem de perfil

De Susana Carvalho a 07.03.2013 às 12:29

Pois, apesar de todo o mal, você esteve lá numa altura bem menos turbulenta que actualmente. Hoje parece impossível como alguém possa lá viver, dada a violência que ninguém trava - é que mete medo as coisas que se ouvem. Eu nem de visita lá punha os pés, estou consigo.
Já estou a viver no Uruguai há 4 meses (praticamente) e sempre ouço dizer que aqui é mais calmo e é um dos países mais seguros da América Latina - no entanto, todos os dias ouço as pessoas falarem que é perigoso andar na rua de noite e os carros não se podem deixar na rua de noite, porque podem bem ser roubados - então aqui quem tem uma garagem safa-se ou então tem que pagar estacionamento (nos dias que correm é uma mina de ouro ter um parque de estacionamento em Montevideo). E eu ponho-me a pensar: "caraças, se com os problemas que aqui há de segurança, que nem a polícia faz nada e consideram um país seguro, o que será dos restantes países da América Latina.
Dá que pensar.
Voltando ao caso da Venezuela, em relação ao meu amigo, ele viveu lá ainda no período pré-Chavez, mas ele não guarda assim muitas memórias felizes. Os seus pais, por exemplo, têm deixaram lá uma casa que pelos vistos o Estado decidiu que uns pobrezinhos para lá podiam ir viver. Eles trabalharam lá muitos anos, amealharam uns dinheiros e quando se quiseram ir embora e vender a casa, não os deixaram - não podem sair com o dinheiro da casa do país, se a venderem. Então lá ficou a casa, ocupada por sabe~se lá quem, sem autorização dos donos. Mas como raios é que isso é possível? Não percebo muitas coisas que se passam por lá - esta é uma delas.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.03.2013 às 22:43

Há coisas que não são mesmo fáceis de explicar, e não há mudanças nem revoluções sem casos de injustiça.

Eu tenho muita família lá, e apesar de toda a violência eles continuam lá e não se fala em voltarem, já houve uns que tentaram, mas rapidamente perceberam que por muito dinheiro que invistam, cá nunca conseguirão ganhar o dinheiro que ganham lá e manter o nível de vida que tem lá... porque apesar de tudo o que aconteceu, na Venezuela quem trabalha ganha muito dinheiro.

Depois é uma questão de prioridades, eu dou prioridade à minha segurança, e não seria capaz de voltar a viver lá.. mas há quem dê prioridade a outras coisas e prefira viver lá.

De resto, apesar do Chavez e do muito que fez pelos pobres, as assimetrias continuam a ser gigantescas..

Jorge
Sem imagem de perfil

De Fátima a 07.03.2013 às 12:00

Também eu venho aqui "espreitar" e raramente comento mas curiosamente tal como a Susana, lembrei-me de si por causa da de ter vivido da Venezuela.
De facto esta morte vai trazer ainda mais turbulência à Venezuela. A ganância dos homens todos os dias estraga o mundo um bocadinho mais!
Fátima
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.03.2013 às 22:46

Apesar do muito de bom e mau que ele fez principalmente pelos mais pobres, a Venezuela continua a ser um país de assimetrias, e não vai ser fácil que a sociedade esqueça , houve milhões a chorar a morte do homem, mas houve também milhões a festejar... esperemos que toda a desigualdade e os fosso que separa ricos e pobres não convertam num campo de batalha pela política.

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 07.03.2013 às 12:01

Como muitos locais deste mundinho a Venuzuela tería tudo para dar certo, mas é esse tudo que fomenta a ganância e sede de poder, a sede de pisar, de se fazer maior por aquilo que se tem e não pelo que se é. E assim, aqueles países que mais têm também têm sempre algum abutre de olho pronto a atacar. E não me parece que surja alguém com força suficiente para destruir os abutres que ali sobrevoam e as raposas que ali vivem....
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 07.03.2013 às 22:49

A Venezuela é de certeza um dos países do mundo com mais recurso naturais e riqueza por explorar, é pena que não tenha um povo com a lucidez suficiente para saber aproveitar... infelizmente a corrupção já faz parte da cultura e não há como dar a volta a isso.... é pena, porque eu não tenho duvida que é um país onde se podia facilmente viver e ser feliz... talvez noutra vida.

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 08.03.2013 às 18:43

Noutra vida?
Ai... não me venhas com as reencarnações....

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D