Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Adopção:Respondendo a um comentário!

por Jorge Soares, em 05.05.08
Adopção

Segundo o  Analitycs do google , o que traz mais pessoas a este blog são os posts sobre adopção e famílias de acolhimento. Costumo falar do tema porque é algo com que lido no meu dia a dia, sou pai biológico e adoptivo, sei que é um tema complicado, que as pessoas se sentem sozinhas, que não tem informação e que muitas vezes precisam de falar, de ouvir, e de ser ouvidas...eu sei, passei por isso e portanto sei como é.

Quanto às famílias de acolhimento, é um tema que não me agrada muito... porque para ser sincero não me agrada o conceito..apesar de achar que muitas vezes faz sentido....e que se calhar em muitos casos é o melhor para crianças sem perspectivas de irem para adopção.

Esta semana recebi um comentário a este post que é de 18 de Fevereiro, na realidade foi uma resposta a um comentário de uma amiga...  e diz assim:

"Desculpe mas não concordo consigo a pais biologicos k amao os seus filhos nao teem a culpa de nascerem pobres por isso e k a seguranca social os tira aos pais biologicos para os levarem para as instituicoes para serem adoptados.isto e a nossa justica em portugal k é bom so para as pessoas k teem dinheiro.E estao a sofrer por estarem longe dos seus filhos."

Vamos lá ver:

1- Em Portugal não se retiram filhos a famílias por estas serem pobres, retiram-se filhos por negligência e maus tratos, e isso não tem nada a ver com pobreza, apesar de irem muitas vezes de mão dada.

2-Quem retira os filhos aos pais biológicos não é a Segurança Social, são os tribunais, a segurança social sinaliza as crianças,... muitas vezes tarde e a más horas... como sabemos por vários casos com fim muito triste.

3-Mesmo que uma criança seja retirada a uma família , basta alguém aparecer uma vez cada 3 meses, mesmo que seja um simples telefonema, para que essa criança  NUNCA, vá para adopção.... e isso muitas vezes significa que a criança esteja institucionalizada até aos 18 anos.... infelizmente... porque qualquer criança está melhor com uma familia que tenha amor para lhe dar que num centro de acolhimento.

Agora, retirem as vossas conclusões!


Jorge
PS:Imagem retirada da Internet

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:45


9 comentários

Sem imagem de perfil

De S a 06.05.2008 às 09:38

Olá Jorge,
Como sabes este é um tema que me toca muito.
Claro que não se retiram crianças a familias por estas serem pobres, mas como referes e muito bem, a pobreza está intimamente ligada aos casos de negligência e maus tratos, infantis e não só.
Adoptar é para mim um acto de grande amor... Mas ter a coragem de dar o seu próprio filho para adopção também o é.
Faz-me doer muito o coração pensar em todas essas crianças que passam anos e anos institucionalizadas por causa desse tal telefonema que contece esporadicamente... e olha que acompanhei bem de perto alguns casos desses. Cheguei a ter um rapaz de 14 anos a perguntar-me directamente "O que é que esta mulher que diz que é minha mãe afinal quer de mim?"
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.05.2008 às 21:53

Olá

É preciso muita coragem para entregar um filho para adopção, não consigo imaginar o sofrimento que vai acompanhar uma mãe para o resto da vida...

A todos os que adoptamos ou pensamos adoptar nos faz impressão a situação dos centros de acolhimento, a situação daqueles milhares de crianças que estão ali depositadas... sem esperança... é um dos motivos porque falo de adopção no blog... tentar que se abram algumas mentalidades.

Sabes que os teus comentários me tocam?...sempre.

Obrigado..pela visita e pelo comentario
Jorge

Imagem de perfil

De Mafalda a 06.05.2008 às 10:06

Respondeste bem. A maioria das pessoas tem opinião sobre assuntos que desconhece.
Beijinhos,
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.05.2008 às 21:54

Pois... é mesmo isso, opiniões formatadas, sem fundamentos.

Gosto de te ver por cá. :-)

Beijinho
Jorge

Imagem de perfil

De duas ideias a 06.05.2008 às 16:50

Jorge, não era para comentar este post , porque a pobreza da ignorância às vezes é maior que a material..., mas lembrei-me de um caso que aconteceu comigo à uns meses..Ligou-me uma mãe muito aflita porque queria ver o filho e não sabia onde ele estava e que gostava muito dele..., pus a senhora em contacto com o responsável e depois soube que afinal a senhora já tinha dado a criança para adopção À QUATRO ANOS, assinado os papéis e que a criança já tinha sido adoptada. Apenas acrescento que a criança em causa era deixada sozinha dias a fio desde bebé, mas a mãe gostava muito dela.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.05.2008 às 21:58

Olá

Não eras para comentar porquê?

Ainda bem que comentaste, porque tocaste num ponto muito importante, essa senhora apareceu 4 anos depois, é legitimo que uma mãe se lembre do seu filho... mas 4 anos depois?...e lembra-se agora de um filho que neglegenciava quando ele mais precisava do seu carinho? ... palavras para quê?

Ainda bem que comentaste :-)

Jorge
Imagem de perfil

De Miss Pepper a 06.05.2008 às 21:09

Parece-me que muita gente fala destes assuntos levianamente e com falta de informação~. Concordo com tudo aquilo que dizes e pergunto também: até que ponto não era melhor para essas crianças que recebem um telefonema de três em três meses, serem adoptados e amados por uma família. São esses telefonemas ou contactos esporádicos indicadores do amor que se tem a essa ceiança e a que ela tem direito?

xinhus
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 06.05.2008 às 22:00

Olá amiga.

Justamente esse é uma das coisas que mais me revolta, tantas crianças largadas nos centros de acolhimento, sem esperança de terem uma familia, ou carinho, simplesmente porque há alguém egoista que se nega a que elas sejam felizes... alguém que muitas vezes nem aparece, limita-se a telefonar... cada 3 meses...... é revoltante.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De paula parente a 01.07.2008 às 18:24

o senhor concorda porque tem um filho adoptivo.nem todos podemos concordar o k eu disse no meu primeiro comentario continuo a disser cada um e livre para pensar o k quer k seja.Ja agora quanto e k ganha uma familia de acolhimento?e os centros de acolhimento ?Nem todas as criancas sao mal tratadas a pais biologicos k adoram os seus filhos sao capazes de dar as suas vidas por eles.Tambem acredito k a pais adoptivos k amam estas criancas como sendo deles a outros k nao.E a minha opiniao.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D