Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




letta

Imagem do Público 

 

Daqui a 18 meses, verificarei se as reformas chegam a bom porto. Se, pelo contrário, vir que são travadas, tirarei as consequências”, convenhamos que ouvir um politico dar um prazo às suas políticas não é mesmo o habitual. Na Itália, como por cá, como em todo lado, as promessas não costumam passar de palavras, coisas que se esquecem a seguir às eleições.

 

Num país em que os partidos políticos há muito que passaram à historia e onde as  maiorias costumam ser feitas de frágeis equilíbrios formados ao sabor dos interesses, Enrico Letta veio atirar uma pedrada no charco, as suas promessas não vem de antes das eleições, são promessas feitas após a eleição como primeiro ministro e são palavras fortes.

 

A Itália morre só com austeridade. As políticas de crescimento não podem esperar mais”, alguém devia gravar e enviar o discurso a Passos Coelho e a Gaspar.


É preciso tê-los no sitio e ter muito valor para se dar um prazo às politicas económicas, sobretudo porque 18 meses é muito pouco tempo, e a situação económica não depende só de um país... era bom que no resto da Europa ouvissem estas palavras e seguissem os exemplos...


Enquanto por cá se insiste nos cortes e na austeridade ou por outro lado se pedem maiorias com palavras vagas, há quem trace metas verdadeiramente ambiciosas e prometa luta à austeridade.


Jorge Soares

publicado às 22:25


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D