Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que se festeja a 1 de Maio dia do trabalhador?

por Jorge Soares, em 01.05.13

dia do trabalhador

 

Imagem do Público 

 

O dia do trabalhador começou a festejar-se em 1889, foi decidido pela internacional socialista reunida em Paris que no dia 1 de Maio de cada ano seria realizada uma grande manifestação de trabalhadores para reclamar horários de trabalho de 8 horas diárias e em honra dos trabalhadores em 1886 em Chicago, Estados Unidos, tinham morrido em confrontos com a policia quando se manifestavam a favor da redução dos horários de trabalho.

 

Em 1891 numa dessas manifestações no norte de França, de novo em confrontos com a policia, morrem 10 outros trabalhadores. Este facto serve para reforçar este dia como o dia da luta dos trabalhadores. 

 

Em 1919 em França é adoptado o horário de trabalho de 8 horas e é declarado o dia um de Maio como feriado nacional em honra dos trabalhadores. Exemplo que será seguido por muitos outros países.

 

Curiosamente nos Estados Unidos, onde tudo começou, o dia não é feriado nacional.

 

Em Portugal o feriado só foi adoptado depois do 25 de Abril, durante a ditadura do estado novo as manifestações eram reprimidas pela polícia.

 

O horário de trabalho das 8 horas foi adoptado em Portugal em 1962, até aí na maior parte dos casos e principalmente na agricultura,  vigorava o horário feudal que remetia para a idade média, de sol a sol. 

 

Curiosamente quando passam 125 anos do inicio da luta pelas 8 horas diárias de trabalho, e quando temos uma das maiores taxas de desemprego da nossa história, há pouco tivemos no nosso país uma tentativa de fazer retroceder esse direito que foi conquistado com a vida de muitos em proveito de todos nós.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


3 comentários

Imagem de perfil

De poetazarolho a 02.05.2013 às 07:07

“Maio”

Maio sonha trabalhador
Alavanca da sociedade
Sente toda a sua dor
Não pensa em fatalidade

Constrói com seu labor
Espelhos da humanidade
De alma trajada a rigor
É forte nessa vontade

Gasta toneladas de suor
A esculpir obra ignorada
Que lhe pagam a tostão

Inicia com todo o fulgor
Passo duma nova jornada
Que há-de ser sua missão.
Imagem de perfil

De golimix a 02.05.2013 às 18:42

Acho que as tartarugas e os caranguejos são capazes de nos passar a perna não tarda nada!

Retrocedemos nas conquistas, retrocedemos nos ideais e na forma de ver a realidade.... estamos tramados.
Sem imagem de perfil

De José Correia a 11.05.2013 às 18:21

De uma vez por todas convençam-se que só a redução da jornada de trabalho poderá melhorar as coisas. Depois da revolução industrial em que as máquinas começaram a fazer o trabalho de muitas pessoas e o desemprego subiu imenso, só com a diminuição da jornada de trabalho (depois de muita luta) se entrou num período de prosperidade. Desde então, apesar de todas as evoluções tecnológicas (muito maiores do que as da revolução industrial) nunca mais houve uma efetiva redução do tempo de trabalho. As políticas atuais de mais horas de trabalho, menos feriados, reforma em idade mais avançada tem piorado imenso este efeito normal. Se não se fizer nada o desemprego continuará a aumentar ao ritmo do desenvolvimento tecnológico. Só uma redução do tempo de trabalho e consequentemente de um aumento do tempo de lazer e para dedicar à família é que se pode reverter este ciclo vicioso atual e converte-lo num ciclo virtuoso que inclusivamente pode fazer crescer a produtividade, a economia ao contrário do que nos dizem. Faço um desafio a todos os sociólogos e economistas para fazerem um estudo sério sobre o impacto da redução da jornada de trabalho na economia e no bem estar das pessoas.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D