Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Transportes de mercadoria

Imagem do Público 

 

Para quem não sabe, a 1 de Julho entra em vigor uma portaria da Autoridade Tributária (AT) que diz que para se transportar o que quer que seja do ponto A para o ponto B dentro do país, antes do camião sair tem que se emitir uma guia de remessa que tem que ser enviada via internet para o portal das finanças, este recebe a guia emite um número que deve ser colocado e impresso no documento de transporte. Mais, diz que a hora certa de saída do camião deve estar no documento antes de este ser enviado para o portal das finanças.

 

Depois de enviado o documento para a AT, este não se pode alterar, pelo que qualquer atraso na saída do camião implica cancelar o documento e repetir todo o processo.

 

Felizmente na empresa em que eu trabalho a movimentação de mercadorias é relativamente pequena, mesmo assim, tudo isto implicou a completa alteração dos processos internos de emissão de documentos de transporte. Evidentemente o programa de emissão de facturas teve que ser alterado de cima abaixo, o que no fim vai custar uns milhares de Euros. 

 

Além disso a confusão sobre a forma como se interpretam as diversas normas da lei é completa, basicamente todo o mundo tem dúvidas e perguntas para as quais ninguém, nem nas empresas nem na AT, tem respostas.

 

Unido a tudo isto, o software de gestão que nós e uma grande parte das grandes empresas deste país utiliza, é alemão, as alterações foram disponibilizadas há oito dias, foram  feitas na Índia ou no Brasil e evidentemente tem mais buracos que um queijo Suíço, mal se começou a testar começaram a aparecer os problemas.

 

Hoje estive numa reunião em que o responsável da logística nos disse que os transportadores já avisaram que a partir de segunda feira não carregam nada que não tenha o famoso número da AT.. 

 

Ora, imaginem que na segunda feira por algum motivo, por excesso de utilização por exemplo, o portal das finanças, como tantas vezes acontece, está em baixo. Imaginem o que seria os camiões que abastecem os hipermercados não poderem circular porque os documentos não tem o bendito número? Quem diz os dos hipermercados diz os dos combustíveis... ou...

 

Isto tudo é porquê?, porque alguém se lembrou de criar uma série de regras que para além de não fazerem sentido, são quase impossíveis de implementar... imaginem só o que é conseguir planear os envios dos milhares de camiões que passam diariamente por uma plataforma logística e acertar com as horas de partida de todos os camiões? ou ter que voltar a emitir e reenviar para a AT todos os que por algum motivo se atrasem.

 

Depois há coisas engraçadas, segundo a AT, um dos objectivos da lei é simplificar e acabar com o papel, mas depois algures está escrito que duas cópias dos documentos em que tem que estar o número escrito, devem ir com a mercadoria.

 

Hoje parece que alguém na AT acordou para o problema, a lei entra mesmo em vigor no dia 1, mas as multas só começam a 15 de Outubro... como se mais tempo ajudasse a resolver uma coisa que não tem ponta por onde se lhe pegue.

 

Jorge Soares

publicado às 22:35


11 comentários

Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 01.07.2013 às 00:07

Cá para mim "alguém" recebe e não é pouco das entidades que fornecem e atualizam programas.

Todos os anos e para cada novo envio via à AT o que resumindo são: todos os modelos e obrigações fiscais. O lema é: FORMAÇÃO/ACTUALIZAÇÃO.
Não sei onde isto vai parar?!
A mim já mete fastio, para não dizer a palavra nojo (e não sou a única, pois escuto os queixumes). Tanta lei, tanta burocracia, tanta (desin)formação que nos enfiam hoje e que passado poucos dias é para formatar e voltar a receber nova (in)formação.
Poucos são os que conseguem manter-se "em forma", por falta de tempo, de dinheiro - são pagas a pronto (as finanças não pagam formação, apenas obrigam a cumprir regras que altera a seu belo prazer)...
Este país deixou de ser produtivo. A preocupação do dia é legislar, em lugar de, deixar produzir, para ser competitivo.
Andamos sempre em testes (bestas) de aprendizagem.
Até agora eram as estatísticas do INE...agora do BP...
Ficheiros para aqui, ficheiros para ali...
É pá organizem-se de vez. Façam chegar a porra de um único ficheiro aos vários locais que dele precisem.
Porque carga de água temos nós de remeter mensalmente a mesma informação vezes sem conta para entidades diferentes (às vezes penso que só muda mesmo o nº do gabinete)

Juro-te. ESTOU FARTA=CANSADA!

O meu discurso é igual ao dos meus colegas. O que para um país, não parece algo de muito saudável ou aconselhável.


Esta nova "treta" das G. de Transporte é mais uma ideia de um iluminado para complicar a vida a quem trabalha e já cumpria.
Quem eles deviam fiscalizar, aqueles que não levam mercadoria nos carros de trabalho...
Esses, vão continuar a encher os bolsos a rirem dos pacóvios informatizados.

Perdoa o desabafo.
Imagem de perfil

De Equipa SAPO a 01.07.2013 às 09:29

Bom dia,

este post está em destaque na área de Opinião do SAPO.

Cumprimentos,
Ana Barrela - Portal SAPO
Sem imagem de perfil

De Antonio cunha a 01.07.2013 às 10:08

Comentarios ? Para que !
Sem imagem de perfil

De Maria João a 01.07.2013 às 10:56

Às vezes penso se todas as alterações declarativas que entraram em vigor em 2013 não têm a mão do ministério da economia. Vejamos: só para conseguir entregar as onze ou doze declarações mensais por empresa, é preciso contratar um administrativo = criação de emprego.
Para obedecer às alterações informáticas dos programas, somos obrigados a actualizar os mesmos = estímulo à economia!
Sem imagem de perfil

De Sandra Marques a 01.07.2013 às 11:30

Não cria postos de trabalho, cria é mais trabalho para os contabilistas...que não ganham mais por isso.
Sem imagem de perfil

De Sandra Marques a 01.07.2013 às 11:28

Não sei se posso relacionar com esta parvoíce de norma a escassez de alguns bens nas prateleiras dos supermercados ( pelo menos de dois onde entrei hoje de manhã ), mas que não me lembro de uma Segunda feira assim, não lembro...
Sem imagem de perfil

De Carlos a 01.07.2013 às 11:56

Eles fazem trinta por uma linha e quem se lixa é quem trabalha.
Tenho um part-time numa papelaria, não movimenta milhares mas mesmo assim tenho que perder tempo a emitir guias de transporte por causa desta nova lei...
Como não facturo acima dos 100 000€\ano não tenho que fazer comunicados à AT...por agora!
Este país é uma vergonha...
Abraço
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.07.2013 às 14:33

Pois! Portugal não é um país, é um lugar mal frequentado
Sem imagem de perfil

De A.Santos a 01.07.2013 às 13:18

O que é estranho é não haver uma "nega" geral, porque ninguém tem tomates para dizer ao pentiadinho secretário de estado que ele inventa, inventa mas o que ele está a fazer é a maior contribuição para a fuga ao fisco, porque leva as pessoas a ficarem tão irritadas que depois facilmente ariscam a não serem cumpridores. Como o Simplex foi das melhores coisas que o Sócrates desenvolveu, estes artistas tinham que criar o COMPLEX.
Só um exemplo cá de casa. A minha TOC tratava cerca de 15 empresas sozinha. Com a crise tem 4 e falta-lhe tempo para tratar de todas as obrigações entretanto criadas. E o mais engraçado é que os clientes que saíram, foram à procura de mais barato. Como é possível então fazer um bom trabalho e ainda baixarem os preços?
Conclusão: andam a criar esquemas e mais esquema para controlar os mexurucas das PMEs e é evidente que a somar a saída de funcionários, a uma menor atenção às grandes empresas. Só uma pergunta. Alguma vez vos aconteceu prescrever algum imposto? Mas quantos não prescrevem às grandes empresas e que até são notícia na CS?
Sem imagem de perfil

De ASCouto a 01.07.2013 às 13:27

Excelente análise a um aborto legislativo que não tem pés nem cabeça e que deve ter sido elaborado por alguém que não conhece minimamente como funciona a economia. Aliás, há neste decreto-lei aspectos bem mais caricatos e incompreensíveis, aos quais fiz referência em 6/5/2013 no meu Blog... que me escuso de identificar para não ser acusado de fazer propaganda encapotada!
Imagem de perfil

De golimix a 02.07.2013 às 16:31

Esta é a malta dos papeis. Quantos mais melhor! Gostam é de complicar e fazer pacer mais complicado ainda. Assim dá ideia de que estão a fezer muito....

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D