Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Daqui não saio daqui ninguém me tira

por Jorge Soares, em 02.07.13

Desocupa

Imagem do Artigo 21 

 

Há pouco no Facebook circulava um convite para a festa de saída do governo que iria ocorrer no Marquês, não sei se haverá assim tantos motivos para festejar, se calhar haveria, todos nós sentimos a austeridade na pele, a generalidade dos funcionários públicos viu o seu salário diminuir em um quarto e já se fala em diminuir ainda mais os salários e pensões dado o enorme buraco nas contas dos impostos.

 

Afinal, (ainda) não há motivos para grande alívio, Passos Coelho fazendo jus à sua teimosia, insiste em que não se demite e não aceita a demissão de Portas. Não consigo perceber como é que mesmo depois de uma tomada de posse em que não esteve nenhum ministro do CDS, depois de Paulo Portas  ter dito ao mundo que se demite porque não concorda com esta nomeação e com a continuação das políticas económicas do governo, Passos Coelho acha que vai dar a volta a este assunto.

 

Acho que deve ser evidente para todo o mundo que Passos Coelho teve uma oportunidade de resolver esta crise, era nomeando para o lugar de Vitor Gaspar alguém que significasse não digo uma ruptura com o passado, mas pelo menos alguma expectativa de que as coisas poderiam tomar um rumo diferente.

 

Ao nomear alguém que para além de estar no centro das atenções pelas piores razões, tem a oposição de um dos partidos da coligação, Passos Coelho ou é muito teimoso, ou então estava mesmo a tentar criar uma crise política.

 

Não sei que argumentos irá agora apresentar a Portas e ao CDS, mas não estou a ver como é que pode sair desta embrulhada sem perder a face, vai dar o que em troca da paz? A cabeça de Maria Luís Albuquerque que poderá passar à história como a Ministra das finanças mais rápida de sempre? Vai ceder na parte económica e mudar o rumo da Austeridade? Nesse caso será que esta ministra das finanças está talhada para inverter o rumo?

 

O que vimos hoje foi um tentar de sacudir a água do capote, tanto da parte de portas como de um Passos Coelho que dá a imagem de estar agarrado ao poder, um espectáculo ridículo que não faz o menor sentido e que mostra como é frágil o equilíbrio político desta coligação.

 

Com isto tudo evidentemente quem perde é o país e todos nós, se tivessem vergonha demitiam-se, convocavam eleições e que o povo passasse factura do que aconteceu nos últimos anos e que nos levou a esta situação.

 

Quanto ao silêncio e à posição autista do Presidente da República, acho que estamos conversados, por ele este governo só cai no dia a seguir às eleições de 2015.

 

Jorge Soares

 

publicado às 20:59


8 comentários

Imagem de perfil

De energia-a-mais a 02.07.2013 às 22:50

Eu já tinha ouvido falar de pessoas que se recusam a admitir o fim...mas isto é ridículo!

Teresa
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.07.2013 às 23:18

estes senhores estão agarrados ao poder, a eles não lhes importa nada o povo ou as condições económicas, só lhes importa continuar no poder

Jorge
Imagem de perfil

De Kok a 02.07.2013 às 23:07

Se tudo ISTO não fosse trágico seguramente que seria caso para nos rirmos por dias seguidos pois não creio que uma revista à portuguesa apresentasse melhor enredo.
O menino Coelho não quer perder o brinquedo e por isso agarra-se a ele desesperadamente.
E o desespero é tanto que querer ir pedir ao outro menino para regressar e voltarem a brincar juntos.
O Sócrates perguntava ao espelho:
-espelho meu há 1º ministro melhor do que eu?
e o espelho respondia (para manter o emprego):
-não. és tu, és tu, és tu.
O Coelho deve pensar que o país é uma loja do ToyRus.

A Manuela Ferreira Leite em tempos não aceitou colocar o Coelho numa lista para a eleição numas legislativas; à 2 anos afirmou em campanha para as últimas legislativas, que não lhe importava se seria ou não o Coelho a ser eleito pois o que mais lhe importava era correr com o Sócrates.
Reconheço-lhe razão em duas das situações mas não ao não ter tido a clarividência de acrescentar que o Coelho também não era opção capaz.

Um abraço pah!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.07.2013 às 23:19

Pois é, e achávamos nós que estávamos mal com o Sócrates... entre um e outro, venha o diabo e escolha.

Jorge
Imagem de perfil

De Kok a 04.07.2013 às 14:06

Se ele escolhece nem que fosse só um, já ajudava.
Mas achas que o diado "cairia" numa dessas? Nã, nã!
Não acredito que o diabo queira no inferno gente desta.
Aliás, o inferno não persistiria tanto tempo se tivesse sido frequentado por gajos medíocres!
Certamente que foram para onde aceitam "de tudo", com receio de ficarem despovoados!

1 abraço pah!
Imagem de perfil

De poetazarolho a 03.07.2013 às 03:31

O Gaspar se demitiu
E o Portas assistiu
No dia seguinte saiu
O governo não caiu

Aguenta de pedra e cal
A comandar Portugal
Alta missão estatal
Por mandato eleitoral

Demitido pelo povo
No Marquês de Pombal
Gritou em manifestação

Mas nada trouxe de novo
Ao nosso país real
Pois era tudo ficção.
Imagem de perfil

De Equipa SAPO a 03.07.2013 às 20:48

Boa noite,

O seu post está em destaque na área de Opinião da homepage do SAPO.

Atenciosamente,

Catarina Osório,
Gestão de Conteúdos e Redes Sociais - Portal SAPO
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 03.07.2013 às 23:20

Boa noite

Obrigado Catarina

Jorge Soares

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D