Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Palmas ... Fado, Fátima.. faltou o futebol

por Jorge Soares, em 07.07.13

Palmas para a vergonha

 

Imagem do Público 

 

É engraçado como são as coisas, depois da semana mais triste, ridícula e insólita da história da política portuguesa, num momento em que o país ainda não sabe quando terá governo e quem tomará conta do seu destinos, eis que os protagonistas de toda esta palhaçada se reúnem para ir à missa... e é velos todos sorridentes a cumprimentar-se. 

 

Tal como podemos ver na fotografia, Cavaco Silva, Paulo Portas, Passos Coelho e Assunção Cristas juntaram-se não para discutir o futuro do país, que isso não deve interessar muito nesta altura, juntaram-se para prestar vassalagem ao novo cardeal. E é claro que este tinha recados para dar a tão ilustres convidados, não sobre o que se passou na última semana, o senhor tinha recados sim, sobre a família e sobre a forma como esta deve ser gerida... como se fosse altura para falar de coisas destas.. mas pelo menos já ficamos avisado que também na igreja portuguesa só mudaram as moscas.

 

Mas o mais interessante de tudo isto é que pelos vistos, há quem ache que o que se passou esta semana em Portugal foi um espectáculo digno de se ver, é que rezam as crónicas que tanto Passos Coelho como Cavaco Silva foram aplaudidos à entrada para a missa nos Jerónimos... o que só pode significar que a malta do Fado Fátima e Futebol... continua a ir à missa... o resto do país com o calor que estava.. deve ter ido para a praia, que não há pachorra para aturar esta gente.

 

Gostava de perceber como é que convocar eleições era tão mau para o país e deixar esta situação arrastar-se por uma semana sem dar cavaco ao país, à Troika ou aos mercados pode ser bom, e como é que o Presidente da República tem tempo para ir à missa mas só durante a semana que vem tem tempo para ouvir os partidos sobre uma situação que pode decidir se o país vai ou não precisar de um segundo resgate... ou será que antes de decidir tem que se confessar e perguntar ao novo cardeal a sua opinião?

 

Também gostava de perceber como é que na Antena 1 há uma jornalista que diz que o candidato ao trono esteve presente... Candidato ao trono?, Mas nós temos candidatos ao trono? Viramos monarquia e ninguém me contou?

 

Jorge Soares

 

publicado às 22:33


11 comentários

Imagem de perfil

De poetazarolho a 08.07.2013 às 10:04

“Aeroporto”

Um governo de salvação
Já não conseguirá salvar
Esta tristíssima nação
Que se está a afundar

Ingovernável por definição
Sempre soube achincalhar
Desde longínqua fundação
Quem a esteve a governar

Resignados os portugueses
Só terão uma única saída
Alguns já fizeram uso dela

Por cá ficarão os malteses
Os outros fazem-se à vida
Usando o aeroporto da Portela.
Imagem de perfil

De Ssssstress a 08.07.2013 às 14:36

Recados de um cardeal que, ostensivamente, ignora uma percentagem de portugueses que vivem e trabalham no sul do país. É verdade que a sul do sistema montanhoso montejunto/estrela -onde até o clima é diferente- a percentagem de católicos/cristãos é menor do que acima do tal sistema montanhoso; mas, Sr. Cardeal, isso não faz a quem cá vive e trabalha gente menor.
Sou de opinião que vossa reverência deveria reler os ensinamentos de Cristo. Segundo consta foi ele que correu com os vendilhões do templo...
Mas a minha opinião vale o que vale. É importante, seguramente, mas só para mim!
É uma amostra do que será o seu "cardealismo", mais interessado em apoiar quem mais (poder) tem do que lutar por quem menos (condições de vida) tem.

Cumprimentos!
Imagem de perfil

De Equipa SAPO a 08.07.2013 às 16:59

Boa tarde,

O seu post está em destaque na área de Opinião da homepage do SAPO.

Atenciosamente,

Catarina Osório
Gestão de Conteúdos e Redes Sociais - Portal SAPO


Sem imagem de perfil

De Joao a 08.07.2013 às 17:58

O chato na democracia, é que é tao valido uma multidao bater palmas a alguem, como outra multidao a insultar essa mesma pessoa...
É a vida.
Imagem de perfil

De golimix a 08.07.2013 às 19:00

Respira homem! Deixa lá os tipos irem à missa. Para o efeito...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.07.2013 às 19:48

29,100 mil milhões de euros
Refer 9,0 mil milhões de euros.
Metro de Lisboa 5,5 mil milhões de euros.
Parque Escolar 4,5 mil milhões de euros.
Comboios de Portugal - CP 3,8 mil milhões de euros.
Metro do Porto 2,5 mil milhões de euros.
Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva - EDIA 1,2 mil milhões de euros.
Estradas de Portugal 1.0 mil milhões de euros.
RTP 1.0 mil milhões de euros.
Carris 600 milhões de euros.

Sem imagem de perfil

De Marrocos de baixo e de cima a 08.07.2013 às 19:52

Portugal é um país pequeno em que o governo não sabe do povo nem o povo sabe do governo. A economia não sabe das finanças nem a política sabe do país. Um país de sociedades secretas e de grupos empertigados e fortes, a viverem nos guetos das importâncias, que não conhecem cidadania mas apenas clientelas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.07.2013 às 19:54

Como refere o livro, a dívida externa bruta portuguesa (pública + privada) atingiu em 2009 os 223% do PIB. O Estado assumiu em 2009 contratos dos PPP (empresas contratadas pelo sector público) no domínio das infra-estruturas de transportes e de saúde em cerca de 50 mil milhões de euros a pagar pelas gerações futuras.

Imagem de perfil

De CarlosMedeiros a 09.07.2013 às 02:38

O Jorge ainda não percebeu onde já vamos?
A Sra. de Fátima valeu-nos na 7ª avaliação, agora o Presidente cumpriu a promessa e levou os meninos à missa.
Mais a sério. A verdade é que para o bem ou para o mal, Paulo Portas conseguiu uma remodelação mais ou menos profunda que pode ser um passo positivo para uma alteração séria na forma como as questões do País têm sido abordadas.
O que eu não percebo mesmo, é este horror/medo à democracia. Portas limitou-se a jogar o jogo politico, legitimo em Democracia, no espaço que lhe deixaram. Entalaram-no entre a espada e a parede. Escolheu a espada e ganhou.
Pelos vistos para muitos democratas que andam por aí, a negociação para uma coligação governamental, resume-se ao partido mais votado, perguntar ao parceiro de coligação, quantos ministérios e secretárias de estado quer para dizer que sim a tudo.
Sem imagem de perfil

De Colmar a 09.07.2013 às 11:06

O Passos Coelho entalou o Portas com trabalho, ou seja, dado que Portas não concorda com algumas medidas para cobrir os 4,6MM, então entrega-me o guião da reformulação do estado. O homem ficou sem fala, principalmente depois da saída de Vítor Gaspar. Como reagiu? Com politiquice barata e amuo. Cenas`que nem o CDS percebeu. Sinceramente não espero nada de Portas e já nem de Seguro, a não ser que se juntem para fazer disparates.
Sem imagem de perfil

De Colmar a 09.07.2013 às 10:56

Não lhe ficava nada mal também ter ido à missa! esses maus "figados" passavam-lhe! Não vi fado, fátima nem futebol, apenas um acto social como qualquer outro. Dê-me pistas para resolver o assunto, e deixe de escrever, por favor! Já há demasiados comentadores!

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D