Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Alguém arranje um advogado ao galo!

por Jorge Soares, em 10.09.13

Galo Canta

 

Imagem de aqui

 

Nem sei como pegar no assunto, a noticia do dia é que em Resende há um galo que ou compra um despertador para saber a hora em que deve cantar, ou se continua a levantar cedo e a acordar a vizinhança, ainda vai parar ao tribunal... ou pior, à panela.

 

Segundo a noticia da SIC, em Resende há muitos galos, mas há um que pelos vistos incomoda mais que os outros e vai de aí, há quem tenha ido falar com o seu advogado e com a GNR para que se cale o bico ao bicho.

 

 

 

 

Segundo o Jornal de noticias, os supostos queixosos vivem a 200 metros do galinheiro, ou o galo tem mesmo um grande bico e muito  bons pulmões, ou há pessoas com as casas muito mal insonorizadas e o sono mesmo muito leve....

 

Imagino que por trás de tudo isto estarão (más) relações de vizinhança, segundo a dona do galo ainda falta um tempo para este ir parar à panela, pelo que imagino que haverá mais um caso parvo a entupir os tribunais deste país... gostava de ver a cara do juiz quando o processo lhe aparecer à frente... 

 

Aposto que há milhares de sinos pelo país fora que fazem muito mais barulho que qualquer galo... e na maior parte dos casos estes cantam a noite toda de quarto em quarto de hora... era giro que mandassem a GNR a cada uma das igrejas... {#emotions_dlg.lol}.. ou uma carta de aviso.. ao papa {#emotions_dlg.viseu}.

 

Eu tenho uma sugestão para poupar uns cobres ao estado, alguém ponha um preço ao galo e quem se queixa que o compre... depois pode sempre oferecer uma canja aos pobres.... 

 

Alguém arranje um advogado ao galo... um com sentido de humor.

 

Jorge Soares

publicado às 21:33


34 comentários

Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 10.09.2013 às 23:03

Levantar da panela e cantar já não é notícia e já temos um com lenda por Barcelos.

Não tarda, pedem-me também para colocar silenciador na minha cadela ou que a ensine em lugar de ladrar fa(ladrar) quando os gatos passam por cá durante a noite.

Já ouve uma tentativa. Dei-lhe um desconto ( à queixa). E por via das dúvidas está registada, para que alguém se vá queixar (ao diabo que os carregue, até porque até agora aturei os deles que ladram todo o dia e desde as primeiras horas da manhã, enquanto a minha dorme sossegada).

Há tanta idiotice, que estas notícias nem chegam a ser anedotas. São no mínimo aberrações de gente mesquinha.
Metam algodão nos ouvidos, que o som atenua.
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 08:07

Se tivesse um familiar doente perto do ladruzir da sua cadela se calhar era capaz de lhe calar o bico. No caso o que faz falta é ensinar a dona da cadela que não tem o direito de incomodar os outros com a sua bicharada. O diabo que a carregue.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.09.2013 às 10:10

Ah… Ah… Ah… às vezes dava jeito ser carregada pelo diabo. Uma boleia, quando não há transporte, vinha a calhar, e pouco me importava a cara do "condutor".

É óbvio que chateia. Especialmente se, estamos fragilizados.

Mas não menos que a caturra que bate o bico num objeto metálico durante todo o dia, o papagaio que chama repetidamente o nome dos donos, os dois cães que ladram sempre que passa um carro ou ouvem pés na rua e ainda o periquito, o melro e outras aves que sinceramente desconheço o nome.
Se me queixo? Não! Embora o meu quarto fique virado para a casa do jardim zoológico.

No entanto senhor "Bento Norte" para que conste a minha cadela tem silenciador, não ladra ao vizinho porque a "eduquei" a ter contacto com humanos e a não os atacar. Sempre que ladra de noite tenho o cuidado de a repreender e acalmar. Sou daquelas que se levanta e vem ver o que se passa.

Já agora também afirmo que ouvir o camião com as botijas do gás às cinco e meia da manhã a passar a toda a velocidade não é muito recomendável para sono leve.

E no seguimento ao julgamento e corte de cabeça do galo de Resende...
Meu caro: Em determinadas épocas gostaria de fazer calar as rolas que durante todo o dia "gemem" sobre o meu local de trabalho, e nem por isso, lhes enfio um balázio de modo a que se calem (compreendo que se cantam, é porque a natureza lhes deu voz).
Acha que as devo educar? Ou devo meter um processo judicial contra a natureza?
Na verdade já as mandei silenciar, mas com o cuidado de me desviar para não ser atacada com uma chuva de... uma vez que ficam em posição elevada.

Se fossemos a cortar a cabeça de tudo que nos incomoda, havia por aí humanos a tombar como os tordos em época de caça (Não. Não gosto de caça!). E menos ainda de violência, com animais e humanos.





Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 12:01

Afinal já tem o silenciador instalado ao contrário do que sugeria a sua indignação ao referir que "não tarda lhe pedem que o coloque". Quanto ao carregamento pelo diabo limitei-me a apanhar a sua boleia. Realmente os outros que ladram até incomodam pelo que acabam por ter razão os que reclamam o sossego a que tem direito.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.09.2013 às 12:36

Até um familiar doente que geme dia e noite nos incomoda e cansa e nem por isso lhe colocamos silenciador ou um processo em tribunal.
Haja bom senso.
Se houver, tudo o resto se ultrapassa.
Tenha um dia ... feliz.


Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 15:52

Para quem compara o gemido de um familiar lamentavelmente doente com o ladrar gratuito de um cão por culpa de um dono sem rédea, haja bom senso. As suas melhoras.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.09.2013 às 17:06

Extensivas a si as melhoras se for caso disso.

Rédea?
Há por aí gente à solta com muito mais necessidade que o meu animal.
Já agora, o que o incomodou no meu comentário?
Não me parece que tenha sido o rosnar do bicho cá de casa.

E eu nem tenho galos, presos ou soltos.

Porque não vai cacarejar para a sua horta?

O dono deste "poleiro", ainda não se manifestou. E até me parece concordar que há exagero em mandar cortar o pescoço ao galo de Resende, então...

Deixe-me ter opinião e continuar a aceitar que o galo cante. E que os animais tenham voz.
O planeta não é só nosso, embora os humanos estejam convencidos do contrário (especialmente alguns como sua santidade - Bento Norte.





Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 18:17

Deixe-me ter opinião e continuar a contestar educadamente aquilo que me apetecer. Aqui neste espaço é isso que continuarei a fazer enquanto o dono do blogue não me der um sinal de que não sou bem-vindo. Até lá continuarei a cacarejar com o meu bico onde não me sinta incomodativo. Habitue-se a conviver com a opinião alheia fora do seu quintal. E tenha maneiras quando pretende sugerir que eu defendi cortar a cabeça ao galináceo.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.09.2013 às 18:38

Claro que o deixo opinar.
Opine as vezes que lhe apetecer.
Não se admire que lhe responda, já que a sua opinião não é mais válida que a minha. É apenas diferente. (Ou então encontrou-me a jeito, sei lá...)

Reportando-me ao assunto do post do Jorge, continuo a defender o som que sai da garganta do galo cantador. E o senhor/a?
Mesmo que me incomode, não quero que fique sem pescoço. E o senhor/a?

Se me tivesse percebido logo no inicio foi isso que tentei transmitir. Respeito os ruídos da casa do vizinho que são uns decibéis acima dos da minha. Nunca o incomodei e vou continuar a tentar não incomodar.

Mas lá está...
Cada cabeça....
Sua sentença.




Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 18:50

Não leve isto como uma bicada, mas prometo que vou rever tudo, afinar a minha enviesada compreensão e tentar percebe-la logo de início.
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.09.2013 às 20:42

Se tentar... tentarei também.
Porque quando dois querem...às vezes - a coisa resulta! (outras nem por isso!)

E porque por hoje já chega de trocadilhos:
Sono sossegado é o que lhe desejo de coração. Juro!

Uma que é o que costumo deixar.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2013 às 21:39

Nada como a sensibilidade e o bom senso.. ainda bem que no fim se entenderam...

Obrigado aos dois pelas vossas opiniões...


Jorge
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 11.09.2013 às 21:54

Foram só algumas penas soltas.
Na verdade, foi uns minutos roubados ao trabalho que terei de compensar agora.
Só espero que o meu teclado não acorde ou incomode ninguém.
Vou tentar teclar de mansinhuuuo.
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 22:36

Sorte minha que para regar a flor não preciso fazer barulho.
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 22:33

Eu é que agradeço poder entrar neste espaço onde concordando ou não com outros pontos de vista é possível manter um debate animado sem ultrapassar as boas regras da educação e do respeito mutuo.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2013 às 21:37

Acho que há alguma diferença entre uma cadela que ladra na porta ao lado a um galo que canta a duzentos metros, até porque os cães educam-se é verdade, mas com os galos a solução terá que ser bem mais radical... mas é evidente que podemos ter sensibilidades diferentes para algumas coisas.

A minha mãe sempre teve galos, e estão a uns 10 metros do quarto onde costumo dormir... tirando aquelas vezes em que há muitos anos chegava a casa à hora em que eles começavam a cantar, não me lembro de alguma vez os ter ouvido... .. acho que há um enorme exagero em tudo isto...

Jorge

Imagem de perfil

De golimix a 11.09.2013 às 08:51

Ora bem. A minha casa deve ter de facto uma porcaria de insonorização, mas isso já sabia desde que ouvia o refostedo da vizinha e do vizinho. Mas quando começas a ouvir galos às 4 da matina?!? Não estás bem a ver!!!

Tenho vidros duplos mas mesmo assim o seu cantar me penetrava pelos ouvidos dentro.
Acredito que possa não ser só má vizinhança mas que o galo para isso tenha contribuído, e muito! Te garanto!

Quanto a cães a ladrar à noite. Como sabes adoro cães, mas triliões de vezes me imaginei a apertar o pescoço do da vizinha. A janela do quarto do meu filhote fica mesmo por baixo de onde o tipinho ladra, e ele acordava o meu filho (ainda pequeno) aterrorizado e meio a dormir porque aquilo até pesadelos lhe dava. A mim também me incomodava. Fomos falar, na boa, com a dita vizinha explicando o que acontecia e a Sr.ª respondeu que o miúdo devia ter algum problema de sono e que não ia colocar o cão para dentro de casa de forma alguma. Pois é... não existia má relação de vizinhança... mas é uma tipinha pela qual passo e tento nem ver. Dou as "boas horas" porque não sou da laia dela. O que se segue é que tive que me colocar à coca e sempre que o pequenez abria a goela para ladrar havia uma jorrada de água que lhe caía em cima seguido de um "NÃO" bem sonoro. Ele parou com a ladroice, a vizinha ficou com a roupa molhada durante uns dias (sem se queixar, obviamente). Agora? Mal começa a ladrar, mesmo de dia, mas me ouve a dizer "não", corre para a porta e cala-se bem caladinho! Ela não o treinou? Treinei-o eu! A isso fui obrigada!

Tenho cão, como sabes, e Deus me livre que ele incomodasse alguém a ladrar. Tanto o outro (que me chegaram a perguntar se era mudo) como este não abrem o pio! Nem dia nem de noite! E não respondem à ladroice dos outros! Mas lá está, é o eterno assunto, nem todos podem, ou devem, ter animais.
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 12:09

Exemplar e civilizado comentário. Deixo apenas o desabafo de que tantas vezes parece que o melhor seria por os cães a educar os donos, e porque não trocar de posições em relação à trela.
Imagem de perfil

De golimix a 11.09.2013 às 18:22


Se calhar não seria má ideia!


Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2013 às 21:42

Pronto... eu devo ter mesmo o sono pesado... é que como já disse antes, só me lembro de ouvir os galos da minha mãe quando chegava a casa à hora em que eles começavam a cantar.. e olha que o galinheiro não fica a mais de 10 metros do quarto onde costumo dormir quando lá vou.

É evidente que para tudo tem que haver o mínimo de civismo, há muita gente que gosta de cães, mas esquece que ter um cão acarreta uma série de coisas..e para além dos cães há muitos donos que precisavam de ser educados ...

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 12.09.2013 às 08:41

O engraçado é que na aldeia não me lembro de me incomodarem tanto.
O problema é que aqui as casas acabam por ser mais juntas. E há ainda aquele problema da refracção do som que se calhar também te esqueces.
Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 11.09.2013 às 13:52

Eu sugeria uma petição online e uma chuva de emails para as entidades responsáveis, não esquecendo todas as bancadas parlamentares. Caso não haja, a criação de uma comissão de trabalho para acabar com o ruído que os animais fazem: galos que cantam, cães que ladram, o raio dos pássaros que insistem em viver nas árvores em frente a minha casa. Formigas não fazem barulho mas incomodam imenso; será que...?
Aproveitando o embalo podemos estudar como processar os pais das criancinhas que choram toda a noite. Não sei o que pensas mas a mim incomoda-me bastante mais o desespero de uma criança com dores de dentes.
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 11.09.2013 às 15:55

A mim também, mas pelo desespero da criança e não pelo inocente barulho.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2013 às 21:43

Se a moda pega vai acho que é melhor criarem tribunais só para estas coisas ....

Jorge
Imagem de perfil

De Universo de Paralelos a 11.09.2013 às 15:54

Desconhecia esta notícia. Caso para colocar um cartaz ao portão a dizer "Cuidado com o galo. Ele não morde, mas não o vai deixar dormir."

Pode haver desavenças entre vizinhos, mas depois faz-se uma canja e fica tudo resolvido.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2013 às 21:44

E o pobre galo é que paga as favas? isso não me parece lá muito justo...
Imagem de perfil

De sentaqui a 11.09.2013 às 18:00

No caso de não haver um consenso mandem o galo para a minha varanda, sempre seria melhor ouvi-lo cantar do que o casal de vizinhos de lado que de janela aberta se insultam proferindo todo o tipo de vernáculos que conheço e como se isso não bastasse, tenho um ginásio debaixo do meu andar que abre às sete meia da manhã e tenho logo música da boa e muita dança, não se vá dar o caso de eu me deixar dormir No campo ao lado há o burro que zurra, os cães que ladram e os gatos que miam. o certo é que já me habituei a conviver com estes barulhos e até o tic tac do velhinho relógio que herdei da minha avó é hipnótico.
Falaste de sinos Jorge e lembrei-me que a primeira vez que fui à Suíça fiquei numa aldeia, onde o sino tocava a cada quarto de hora a avé maria, portanto poupem o galo e nada de canja, porque há que saber valorizar quem tem pulmões tão potentes.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 11.09.2013 às 21:46

Ora amiga... há coisas na vida com as que simplesmente temos que aprender a viver... infelizmente há muita gente que não sabe o que é o civismo e a convivência em sociedade...

Eu que tu mandava a GNR calar o burro e levar os vizinhos presos... ou ao contrário.

Jorge
Imagem de perfil

De golimix a 12.09.2013 às 08:43

Eu dizia o que fazia ao sino a meio da noite!!! Há gente que não gosta de dormir!!!
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 13.09.2013 às 03:36

Eu também sei.
Ouvias e resmungavas.

Sei de alguém que um dia se fartou e deu um tiro no sino da igreja lá da terra.
Não adiantou: Colocaram outro no lugar

Conheces o S. Bento da porta aberta, certo?
Fiquei na estalagem à uns dois ou três anos atrás.
Não sei bem a partir de que horas começa o sino a badalar do outro lado da rua, mas parece-me que é a partir das seis da madrugada e acho que é de meia em meia (pelo menos).
Rico S. Bentinho o quanto eu rezei na pele do badalo... Ainda estava a esquecer a badalada e a embalar de novo e já o inferno me soava nos ouvidos dlam-dlam-dlam...

Sabes o que fiz?
Nada!
Porque nada pude fazer.

Se para mim era uma chatice. Os da terra não conseguem passar sem ele.
Quem disse que acordamos todos à mesma hora?!...



Imagem de perfil

De golimix a 13.09.2013 às 08:33

Acho que ia andar sempre aos tiros a todos os sinos que lá pusessem. Ou mudava de aldeia, ou de vila. Mas eu gosto de dormir pá!!!
Imagem de perfil

De golimix a 13.09.2013 às 08:34

Ah! E só para que saibas tenho excelente pontaria! Quer no tiro ao arco quer com arma.

Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 13.09.2013 às 11:27

Espero que não seja uma ameaça.
Eu já te disse que fui campeã a correr?
Beijinho e BFDS


P.S.: Que "Biolênssia"
Imagem de perfil

De golimix a 13.09.2013 às 18:56

Achas que te ameaçava?
Não! Ameacei foi quem me perturba o sono!!!




Bijos. Isto é só garganta.....

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D