Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Justiça

Imagem do Público

 

"O Tribunal Criminal de Loures condenou nesta quinta-feira a nove anos de prisão um militar da GNR local acusado de ter matado um jovem durante uma perseguição policial após um assalto em Santo Antão do Tojal."


O militar que se chama Hugo Ernano, matou o jovem durante uma perseguição policial que decorreu após um assalto a uma vacaria. O jovem de 13 anos ia na carrinha junto com o seu pai, que tinha fugido da prisão,  e outros dois homens. O militar não sabia da presença do jovem na carrinha e disparou com o único intuíto de deter os assaltantes.


Sandro Lourenço, pai do jovem, foi condenado a dois anos e dez meses de prisão.

 

Conclusão, o verdadeiro culpado do que aconteceu, a pessoa que levou para um assalto um adolescente, foi condenado uma pena ridicula, e em pouco tempo estará de novo na rua pronto para proseguir com a sua vida dedicada ao crime.  O cidadão que estava a cumprir o seu dever de combate ao crime, foi condenado a nove anos de prisão e ficou com a sua vida desfeita.

 

Depois de uma sentença como esta gostava de perceber para que entregam uma arma de serviço a policias e GNR's? Se numa perseguição policial não é licito que estes as utilizem, quando será? Para que servem as armas das forças de segurança?

 

Segundo o tribunal, Hugo Ernano agiu de modo “inadequado e desajustado” e que revelou abuso de autoridade. Gostava de perguntar aos juízes o que considerariam eles adequado num caso como este? Deixar os ladrões fugir?

 

É licito ou não que as forças de segurança utilizem as suas armas para deter criminosos? Se, como parace resultar esta sentença a resposta é não, então para que entregam armas de serviço a polícias e GNR's?

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:59


11 comentários

Imagem de perfil

De sentaqui a 27.10.2013 às 23:33

Isto é chocante. Se eu fosse polícia e depois de saber duma sentença destas nunca mais puxava pela arma, visse o que visse
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.10.2013 às 23:39

E será de certeza isso que vai acontecer, já não é fácil a vida de polícias e Gnr's sem este tipo de coisas...

Jorge
Sem imagem de perfil

De Bento Norte a 28.10.2013 às 08:14

Para este tipo de "justiça" parece que melhor e mais adequado seria se os criminosos atingissem mortalmente o agente da autoridade. Não é por carregar livros que um burro se faz doutor.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.10.2013 às 23:40

Quando leio este tipo de coisas penso sempre que gostava de uns minutos frente aos juízes... talvez algum me conseguisse explicar qual o espírito da lei que os leva a isto.

Jorge
Imagem de perfil

De Kok a 28.10.2013 às 15:00

Jorge, segundo rezam as epístolas (*) não é Deus que escreve direito por linhas tortas?
Um pai que teve a preocupação de indo trabalhar, levar o filho para ele aprender o ofício, deveria ser objecto de perseguição policial?
Evidentemente que não!
O agente da autoridade deveria era estar ocupado com os canteiros dos jardins e multar os malmequeres que não crescessem de acordo com as regras de crescimento dos malmequeres.
Só assim se compreende a pena decretada pelos juízes.

1 abraço pah!
(*)espero não estar a cometer uma imprecisão!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.10.2013 às 23:42

Deus... se existisse tal entidade, estes juízes teriam um encontro de primeiro grau com o assaltante... só para perceberem o que acabam de fazer... nã, a prova de que deus não existe é que estas coisas acontecem.

Jorge
Sem imagem de perfil

De DH a 28.10.2013 às 17:18

Olá Jorge.
Obrigada por escreveres o que eu penso. Com sentenças destas nunca mais nenhum polícia puxa da arma para perseguir alguém.
Toma nota da ocorrência e ponto final.
Ele não praticou nenhum crime, de certeza não tinha intenção de matar ninguém. Cumpriu o seu dever de me defender a mim, a ti, aos proprietários dos bens que estavam a ser roubados,... de pessoas que fazem do roubo a sua vida. E quando o fez arriscou a sua própria vida.

Indignada é o que eu estou.

Beijinho
Dulce
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.10.2013 às 23:43

Tu sabes que eu escrevo o que sinto...e neste momento sinto-me indignado, este tipo de coisas não pode acontecer.

Jorge
Imagem de perfil

De naterradosplatanos a 28.10.2013 às 19:11

Jorge, nunca fui a nenhuma manifestação mas acredita,sem sombra de dúvida que iria manifestar-me contra semelhante e injusta sentença !
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 28.10.2013 às 23:44

Ora aí está um bom motivo para uma manifestação,...

Jorge
Sem imagem de perfil

De xpto a 12.11.2013 às 22:59

Simplesmente a juíza teve medo, medo de acusar uma cambada de ciganos que nada faz e vive na sombra de todos aqueles que trabalham diariamente e fazem os seus devidos descontos para eles receberem o S I S (subsidio Inserção social ou coisa que valha) . Se ela não estivesse a "favor" deles (ciganos) a "perseguida" seria ela ou seja a vida dela estaria em risco .... e VIVA a todos aqueles que menos trabalham e mais roubam e matam e que se lixe o portuga que trabalha feito louco e vê injustiças com estas que faz revoltar as tripas, JUSTIÇA Nojenta QUE TEMOS NESTE PAIS.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D