Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Já tenho idade para deixar de ser inocente

por Jorge Soares, em 29.07.08

Eu Quixote

Imagem retirada da internet

 

Já alguma vez tiveram um momento na vida em que estão a fazer algo ou a tomar uma atitude em que sabem que estão a fazer o correcto, o que deve ser, mas olham à vossa volta e sentem que o resto do mundo olha para vocês como se estivessem a fazer algo de muito errado?
 
De vez em quando dou por mim a sentir isso, é como se de repente o sentido do bem e do mal, do que deve ou não ser, simplesmente se desvanece. Nessas alturas dou por mim a pensar que o mundo não pode estar errado, que de certeza absoluta sou eu que estou errado.... e confesso que fico na duvida.
 
Hoje isso aconteceu de novo, e de novo eu tenho a certeza absoluta que tomei a  atitude certa, sei que fiz o que devia fazer.... mas parece que só eu vejo isso.
 
Parece que o não nos chatearmos, o termos medo das retaliações, o termos medo do que dirão ou farão, são mais fortes que o que deve ser......  e nestas alturas eu sinto que realmente ou sou muito inocente e lírico... ou estou a mais neste mundo... porque realmente eu não consigo ser de outra maneira.
 
Costumo dizer que prefiro ser assim, que prefiro sentir-me bem comigo mesmo que ser hipócrita, mas a realidade é que isto farta. Ser prejudicado no emprego porque chamamos as coisas pelo nome, sentir que as pessoas não me entendem e acham que eu tenho mau feitio quando só estou a ser sincero e digo as coisas que elas não gostam de ouvir, ... com o tempo isto cansa.. e com o tempo, termino a pensar..será que não é mesmo verdade e sou eu que estou errado? Será que ser sempre sincero é o mais certo?, será que fazer sempre o que deve ser, o legal, não entrar  ou não ser conivente com esquemas é o que está certo?...
 
Já tenho idade para deixar de ser inocente, mas será que há uma idade para deixar de acreditar que devemos seguir o caminho recto e para não fazer as coisas só para não nos chatearmos?
 
Não sei, juro que hoje não sei... e sim, tudo isto tem a ver com o ultimo post.
 
Jorge

publicado às 23:21


12 comentários

Imagem de perfil

De Sofia a 29.07.2008 às 23:41

Sabes...de vez em quando também me sinto desenquadrada deste mundo, desta sociedade hipócrita em que vivemos, mas acredito que apesar de tudo devemos lutar por aquilo em que acreditamos e acima de tudo jamais deixar de ser quem somos!!

Nunca deixes de ser quem és e defender aquilo em que acreditas!! Força!!!

Beijinho*
Sem imagem de perfil

De xana a 30.07.2008 às 00:03

A minha postura na vida é igual à tua, se eu acho que estou a agir correctamente, continuo com o meu caminho. Eu não deixo de fazer o que acho correcto só porque outros achem que é errado, ou me olhem de lado. Desde que o faço, que me sinto melhor comigo mesma, afinal quem melhor que eu para saber com que linhas me coso? Se achas que estás a fazer a coisa certa, só tens que continuar, a opinião de terceiros é secundária. E claro que não deves pactuar com esquemas. Porque esse sr está a roubar-te a ti, a mim, e a todos que somos honestos, em prol dele mesmo. Porque os impostos são devidos, e se tu ou eu tantarmos fugir, até a casa nos tiram, portanto esse sr merece que faças o que tens a fazer e até merecia ser denunciado. Multiplicando tudo pelas várias fracções que ele vendeu, estás a imaginar as férias que ele vai ter...??? Essas coisas a mim, conseguem fazer-me sair dos eixos...
E não és nada inocente, és sincero e verdadeiro, os outros é que são hipócritas porque só vêm para o lado deles, mas quando calha para os outros, criticam. E também um pouco de inocência, mesmo em idade adulta não fica mal a ninguém.
beijnho
Sem imagem de perfil

De Sem Nome a 30.07.2008 às 01:27

Bem vamos lá hihihi !!
Neste teu caso estás por tua conta ou seja se te prejudicaram só tens de fazer valer os teus princípios e valores, se ficares estagnado isso sim será de estranhar , lá está vivemos em sociedade e o senhor em questão parece que gosta de andar a "comer" meio mundo ... só merece mesmo mostrar que afinal sociedade não é o conceito que ele tem na cabecinha dele ... jamais ficaria parado numa situação do género sendo ainda para o mais o meu dinheiro em causa ....
Pessoas há que tem que aprender o que é mérito e dignidade e andar a comer dinheiro ao 'vizinho' é no mínimo baixo
Abraço
Imagem de perfil

De Paola a 30.07.2008 às 13:36

Olá, Jorge.
Pois é, cada vez há mais gente impune. Aqueles que nunca são apanhados pelo fisco, nem pela ASAE, nem pela polícia, nem por nada deste mundo. Porque têm as portas abertas! Desgraçado de quem só tem o vencimento do mês... Depois, quando exigimos que se cumpra a "lei", dizem-nos que temos mau feitio!!!!

Vai em frente. Beijinho

Sem imagem de perfil

De carochinha a 30.07.2008 às 14:24

oue mais me irrita é que algumas pessoas cometam crimes atrás de crimes - fraude, burla, branqueamento de capitais, abuso de poder - e que untando as mãos às autoridades se safem, ao passo que um desgraçado quer dar de comer aos filhos e não tem, rouba e é preso imediatamente! e se uma pessoa tenta fazer algo para mudar a situação, caem-lhe logo em cima - se chamas os bois pelos nomes, quem passa a ser o boi és tu. mas se sabemos que a justiça está do nosso lado, não nos podemos conformar e deixar correr o marfim, porque aí os desonestos para nós somos nós próprios... não deixes de lutar pelo que acreditas só porque os outros te tentam calar! beijinhos e FORÇA!!!
Sem imagem de perfil

De Sónia Pessoa a 30.07.2008 às 14:53

eu fui sincera a vida toda e paguei sempre caro por essa opção..., no teu caso ser sincero e honesto no meio da multidão, chica-esperta pode correr mal... mas, apesar de sofrermos, de parecer que vemos o mundo do lado de fora, acabamos por dormir mais descansados ou por ter menos pesadelos!
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 30.07.2008 às 17:02

Claro que tens razão! Claro que sabes que a tens! (Se te referes ao assunto do post anterior! Ou ao facto de dizeres o que pensas em vez de abanar a cabeça a quem te rodeia!)
Tu sabes que se bateres o pé e lutares, outros vão beneficiar com a tua iniciativa. Vão beneficiar do teu mau estar de hoje. Da raiva e do sangue a ferver nas veias e da cabeça a latejar de má disposição.
No entanto, esses...Como eu aqui "sentadinha", vão dizer-te: Não fiques parado, vai à luta! VAI! VAI!
Mas amigo: Luta primeiro e sempre por ti, pelo que acreditas que vale a pena e porque não consegues ser diferente ou ficar de bem contigo.
De resto: Ninguém te vai colocar a mão nas costas e agradecer NADA!
Hoje, como tu, não me apetece ser hipócrita e dizer: DEVES FAZER SEMPRE O MAIS CORRECTO!
Às vezes: Dá jeito ser cego surdo e mudo (não cansa!) Todos temos direito a de vez em quando baixar os braços e sentirmo-nos cansados de gritar a quem não nos quer ouvir.
Um beijo (desculpa se fui chata!)



Imagem de perfil

De C.M. a 30.07.2008 às 21:50

O importante é fazer o que a consciência manda, apesar dos constantes abalos que sentimos. Como te compreendo. é uma luta desigual , é verdade, Às vezes o melhor é encontrar o meio termo , o equilíbrio entre o refilar e o estar calado. e escolher o timing certo também ajuda.
Bj
Sem imagem de perfil

De Mário Gomes a 30.07.2008 às 22:46

O problema é que somos poucos a remar contra a maré. Mas temos de ter força porque se não, como irá ser no tempo dos nossos filhos?

Abraço
Imagem de perfil

De espaço da raquel a 31.07.2008 às 22:07

o mais importante é estarmos bem com a nossa consciência e sermos fieis a nós mesmos, a desmotivação é tramada, bem sei, mas temos de andar sempre para a frente e quase nunca olhar para trás (atrasa o n caminho)
Ânimo, fica melhor
Beijinho

Comentar post


Pág. 1/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D