Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A espera... o silêncio das palavras

por Jorge Soares, em 12.08.08

Mãos

 

Há palavras que pesam mais que o silêncio, se bem se lembram a primeira entrevista foi a 11 de Junho, bom, algures a 16 de Julho finalmente aconteceu o telefonema esperado....  estávamos preocupados que ligassem por esses dias, depois da mudança a casa estava um desastre e havia caixas por todo o lado..... por incrível que pareça em 3 dias arrumamos tudo..... bem.... quase tudo!. À distância não consigo deixar de pensar que havia algo de ansiedade em toda essa pressa por termos tudo arrumado rapidamente....... havia sempre uma remota possibilidade de que quisessem cá vir naquela altura....ideia parva.
 
Vínhamos do Ikea de comprar os moveis quando ligaram, era para marcar a primeira entrevista..... dia  16 de Julho....... quase na altura de férias...... eu ia a conduzir e fiquei na expectativa, ..... talvez ainda antes da férias?... não, nada disso a entrevista foi marcada para.... 9 de Outubro!!!!!!!!!!
 
Não vou comentar, deixo a cada um de voz a oportunidade de pensar no assunto..... marcam uma entrevista a 16 de Julho, para 9 de Outubro..........A verdade é  que  continuam dentro dos 6 meses da lei.
 

Porque
não vens agora, que te quero
E adias esta urgencia?
Prometes-me o futuro e eu desespero
O futuro é o disfarce da impotência....

Hoje, aqui, já, neste momento,
Ou nunca mais.
A sombra do alento é o desalento
O desejo o imite dos mortais.

 

Miguel Torga

 

Jorge

PS:Poema e imagen retirados da internet

 

publicado às 21:09


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Sónia Pessoa a 12.08.2008 às 22:06

è o Portugal, pequeninooooo, que temos...! Ina creditável... mas esta gente tem o quê no lugar dos miolos?????
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:08

Olá Sonia

Eu acho que este é o exemplo tipico da frma como se trabalha....... mal!

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De xana a 12.08.2008 às 23:42

Esperar seja o que for, faz desesperar até os mais pacientes! E quando se espera algo com tanto amor as coisas tornam-se mais sérias. Ninguém deveria esperar para poder amar incondicionalmente um(a) filho(a), salvo no caso de uma garvidez, que aí não há nada a fazer. É cruel, para quem deseja dar um lar e amor a uma criança e é cruel para a criança que vive institucionalizada, e que precisa de uma familia, e de um lar.
E quanto mais se deseja algo, mais custa esperar, imagino, o que será esta espera para a R. e para o N. para quem a noção de tempo, não é igual à de um adulto, e para quem estas coisas de "leis" só servem para complicar ainda mais, algo que parecia tão simples, o desejo de ter uma mana com dois anos.
beijinho
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:12

Olá Xana

Há alturas na vida em que é dificil gerir as expectativas, e é muito mais dificil gerir as expectativas das crianças... por vezes dou por mim a pensar que se as coisas correrem como costumam correr, eles vão ter a mana quando tiverem 13 ou 14 anos..... e quando já nem se lembrarem que ela vem.

nfim, não há muito a fazer....

Beijinho e obrigado pelas tuas palavras.
Jorge
Sem imagem de perfil

De Inês a 12.08.2008 às 23:56

Por mais que tente não consigo perceber essa ineficiência. Tratam-se de crianças, senhores!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:18

Olá Inês.

Se tivermos em conta que a primeira entrevista foi informativa e nem foi com quem vai levar o processo, será que são mesmo necessários 3 meses para marcar a primeira entrevista?

Enfim...

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 13.08.2008 às 00:25

Avisaram-te com bastante antecedência, dando tempo para a tua família se preparar para a(s) entrevista(s). A entrevista marcada continua dentro do prazo legal (seis meses). Portanto, acho que (ainda) não tens razão de queixa...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:23

Olá António.

Sim, marcaram com muita antecedência, mas nem se deram ao trabalho de ir verificar o processo anterior.... a pessoa que telefonou achava que tínhamos adoptado por outro lado..... não sei bem por onde.... ou seja, nem sequer falou com a pessoa que nos fez a primeira entrevista.......

Pode parecer que fala a ansiedade, mas a verdade é que eu acho que o processo só não fica resolvido em dois ou três meses porque se trabalha mal..... sim, eu sei, só iria chegar mais rápido aos anos de espera....

Enfim
Jorge
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 13.08.2008 às 23:57

Bem, pelo conhecimento que tu e eu vamos tendo de outros distritos, diria que a equipa de adopção de Setúbal nem é das piores. No meu caso, os prazos foram cumpridos e, parece-me, não sou o único. Para além disso, não acho que vás ficar anos à espera... mas posso estar enganado.
Imagem de perfil

De Sempre seriamente na boa a 13.08.2008 às 00:47

Olá Jorge
Nós transmitimos, alegria, tristeza, ansiedade,etc a tudo que nos rodeia. Esses três compridos meses, servem exactamente, para controlarem melhor essa ansiedade, que no "tal" devido momento vai sair á flor da pele, mas muito mais controlada. E sente-te, não como "já nem sei", mas como te sentes na realidade, para dar inicio a uma nova ansiedade de alegria e paz.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:26

Olá

Entendo o teu ponto de vista,... mas não acho que os 3 meses de espera sirvam para algo ao nível da ansiedade.... tenho a certeza absoluta que a minha ansiedade será a mesma que teria se a entrevista fosse amanhã.... por outro lado, esta espera só serve para aumentar a minha irritação e a péssima ideia que tenho de tudo o que diga respeito à Segurança Social deste país.... o que no fim..... erá aumentar a minha ansiedade.

Obrigado pela visita...e pelo comentário



Jorge
Sem imagem de perfil

De carochinha a 13.08.2008 às 13:45

adoptar em portugal é missao impossivel! sao crianças!devia ser um dos processos mais rápidos na nossa lei! que incrível, meu deus! beijinhos
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 13.08.2008 às 18:37

Pelo contrário, adoptar em Portugal é um processo bastante simples, não tendo mais que as complexidades inerentes a uma passagem de tutela sobre uma ou mais crianças. Desde que se cumpra a lei e os prazos nela inscritos, adoptar (no ponto de vista dos candidatos) é um processo quase tão rápido como ter um filho biológico. Não é tão simples, nem podia ;), mas também não queremos entregar as crianças a qualquer um, sem fazer pelo menos um esforço para saber se as pessoas têm as condições para criar a(s) criança(s) que pretendem (e não estou, como é óbvio, a falar de dinheiro).

Agora, adoptar não é como ir comprar um electrodoméstico a uma grande superfície -- pode acontecer que não exista o modelo pretendido imediatamente disponível. O que quero dizer é que a rapidez de entrega de uma criança depende das condições que se colocarem. Por exemplo, é sempre difícil adoptar um bebé. Isto pode levar-nos a questionar a razão de haver tão poucas crianças disponíveis para adopção -- e é uma pergunta que a sociedade se devia colocar! -- quando se está sempre a ouvir falar dos milhares institucionalizados. A minha opinião é que provavelmente a lei não é cumprida, tanto pelas instituições como pelos próprios tribunais que decidem os processos das crianças em risco, mas sem dados que o confirmem ou desmintam é difícil estar a apontar o dedo.
Sem imagem de perfil

De carochinha a 13.08.2008 às 19:30

acredito no que diz, é verdade que adoptar é um processo complexo, e que não se há-de entregar uma criança a qualquer um, mas não devia ser tão complexo assim para que pais totalmente capazes de adoptar esperem anos para o poderem fazer. é aí que está a injustiça, e é aí que se deve agir. acho que o senhor tem toda a razão.
Sem imagem de perfil

De António Manuel Dias a 13.08.2008 às 22:56

Bem, carochinha, se as coisas se passarem dentro da legalidade, nenhum pai capaz irá esperar anos por uma criança que esteja disponível para adopção. Era isso que queria dizer. Ou seja, a lei que temos é bastante razoável, nós só temos que assegurar que ela seja cumprida.

E em relação ao Jorge, está impaciente e eu, tendo passado por isso tal como ele, compreendo bem. Mas, para já, como disse num comentário anterior, ainda está tudo dentro dos prazos, pelo que não tem razão para protestar -- é aguentar e ver onde tudo vai dar :)
Sem imagem de perfil

De carochinha a 14.08.2008 às 14:00

pois, tem razão! obrigada
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:35

Olá

Bom, o António já te respondeu... na verdade ele tem razão, o processo de adopção deveria ser algo simples e linear, mas na verdade não é..... também é verdade que por vezes as pessoas colocam condições para a criança que pretendem receber, que fazem com que o processo se arraste ainda mais.... mas isso não explica mais que uma pequena parte do problema. Do meu ponto de vista o problema está na mentalidade dos envolvidos por parte do estado, que tem uma visão do assunto que não contribui em nada para que se cumpra a lei e para que se agilizem os processos. Assistentes sociais que tratam as crianças como se fossem suas, juízes que levam os supostos interesses da familia biológica até ao extremo do absurdo, instituições que não encaminham as crianças para a adopção, etc, etc, etc. Tudo isto faz com que por vezes de seem casos de pessoas que esperam anos para terminarem por adoptar uma criança que está há anos à espera....

Isto para já não falar dos inúmeros esquemas que existem e que por evzes nos levam a casos como o da famosa Esmeralda.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De carochinha a 14.08.2008 às 14:00

essa é a complicação que deve ser tida em conta! quantos entraves se colocam a uma família que quer adoptar? beijinhos
Imagem de perfil

De Teresa a 13.08.2008 às 15:11

Não sei muito bem que dizer...é triste, mas não quero transmitir esse tipo de pensamento, porque isso tu já o sentes na pele e de sobra!

Por isso deixo aqui apenas um beijinho de força para toda a família, dia 9 de outubro chega num instante, por longe que pareça...vai passar muito rápido.

Beijinho
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:39

Olá

Obrigado pelo teu comentário e pelos teus bons desejos.... na verdade não há muito a dizer.....resta esperar....

Beijinho e obrigado pela tua presença constante.
Jorge
Sem imagem de perfil

De Perfume a 13.08.2008 às 16:56

Eu não sei se existe o perfume da espera, mas o da esperança eu sei que sim. Agarra nesse perfume e ele te levará ao objecto desejado. Mas, não te esqueças que o perfume passa por muitos sitios antes de chegar ao destino, só tens de a meio do caminho apanhar o perfume da paciência.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:40

Olá

Tu vais criar um estilo com estes comentários...

Obrigado, pela visita e pelas tuas palavras.

Beijinho
Jorge
Imagem de perfil

De aespumadosdias a 13.08.2008 às 21:10

Que vergonha!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:41

Olá

Nem mais, sobretudo se percebermos que nem se deram ao trabalho de fazer um bocadinho de trabalho de casa..... limitaram-se a ligar a marcar uma entrevista.

Abraço
Jorge
Sem imagem de perfil

De Sem Nome a 13.08.2008 às 22:57

Acho que quem esperou espera mais uns mesitos ... vá força aqui o importante não é o tempo mas o fim a que se preposeram , às vezes demora-se mais a chegar ao fim , mas depois sabe-nos também muito melhor. Acho que isto não se passará em Portugal ...
Portanto pensa realmente naquilo que te faz sorrir ;)
Abraço
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 13.08.2008 às 23:42

Olá

Desde o inicio que eu estou mentalizado para esperar....sei que tenho que esperar... e penar que algum dia, o sorriso de uma criança... me fará esquecer tudo isto.

Abraço
Jorge

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D