Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A espera... o silêncio das palavras

por Jorge Soares, em 12.08.08

Mãos

 

Há palavras que pesam mais que o silêncio, se bem se lembram a primeira entrevista foi a 11 de Junho, bom, algures a 16 de Julho finalmente aconteceu o telefonema esperado....  estávamos preocupados que ligassem por esses dias, depois da mudança a casa estava um desastre e havia caixas por todo o lado..... por incrível que pareça em 3 dias arrumamos tudo..... bem.... quase tudo!. À distância não consigo deixar de pensar que havia algo de ansiedade em toda essa pressa por termos tudo arrumado rapidamente....... havia sempre uma remota possibilidade de que quisessem cá vir naquela altura....ideia parva.
 
Vínhamos do Ikea de comprar os moveis quando ligaram, era para marcar a primeira entrevista..... dia  16 de Julho....... quase na altura de férias...... eu ia a conduzir e fiquei na expectativa, ..... talvez ainda antes da férias?... não, nada disso a entrevista foi marcada para.... 9 de Outubro!!!!!!!!!!
 
Não vou comentar, deixo a cada um de voz a oportunidade de pensar no assunto..... marcam uma entrevista a 16 de Julho, para 9 de Outubro..........A verdade é  que  continuam dentro dos 6 meses da lei.
 

Porque
não vens agora, que te quero
E adias esta urgencia?
Prometes-me o futuro e eu desespero
O futuro é o disfarce da impotência....

Hoje, aqui, já, neste momento,
Ou nunca mais.
A sombra do alento é o desalento
O desejo o imite dos mortais.

 

Miguel Torga

 

Jorge

PS:Poema e imagen retirados da internet

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09


1 comentário

Sem imagem de perfil

De xana a 12.08.2008 às 23:42

Esperar seja o que for, faz desesperar até os mais pacientes! E quando se espera algo com tanto amor as coisas tornam-se mais sérias. Ninguém deveria esperar para poder amar incondicionalmente um(a) filho(a), salvo no caso de uma garvidez, que aí não há nada a fazer. É cruel, para quem deseja dar um lar e amor a uma criança e é cruel para a criança que vive institucionalizada, e que precisa de uma familia, e de um lar.
E quanto mais se deseja algo, mais custa esperar, imagino, o que será esta espera para a R. e para o N. para quem a noção de tempo, não é igual à de um adulto, e para quem estas coisas de "leis" só servem para complicar ainda mais, algo que parecia tão simples, o desejo de ter uma mana com dois anos.
beijinho

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D