Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É que uma vida demora, senhor padre.

por Jorge Soares, em 25.10.08

 

Desculpa, senhor padre, não estou a joelhar direito, é a minha perna, o senhor sabe: ela não encosta bem junto com o corpo, esta perna magrinha que uso na esquerda.


Venho confessar pecados de muito tempo, sangue pisado na minha alma, tenho medo só de lembrar. Faz favor, senhor padre, me escuta devagar, tenha paciência. Esta é uma história comprida. Como eu sempre digo, carreiro de formiga nunca termina perto.


O senhor talvez não conhece mas esta vila já beneficiou de outra vida. Houve os tempos em que chegava gente de muito fora. O mundo está cheio de paises, a maior parte deles estrangeiros. Já encheram os céus de bandeiras, nem eu sei como os anjos podem circular sem chocarem-se nos panos. Como diz? Entrar direito na história? Sim, entro. Mas não esqueça: eu pedi já um muitozito do seu tempo. É que uma vida demora, senhor padre.

 

Mia Couto in Cada homem é uma raça

Jorge

PS:imagem retirada da internet

publicado às 21:39


4 comentários

Imagem de perfil

De C.M. a 25.10.2008 às 23:28

Muito bonito!
Sem imagem de perfil

De Miepeee a 27.10.2008 às 09:01

Quando comecei a ler pensei...passou-se agora esta aqui a contar o que foi confessar ao padre....ahaha
Beijinho.
Sem imagem de perfil

De Maria Eugénia Pinto a 27.10.2008 às 10:30

É, há vidas que demoram... E outras que passam tão depressa que não há tempo para viver e muito menos para contar o que se viveu...
Bjs
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 29.10.2008 às 18:04

Há pessoas (crianças) com um espaço curto de vida e uma vida demasiado longa para a poder resumir e contar...
Pena que normalmente é feita de um LONGO, MUDO e conformado SOFRER pois já se resignaram que os LAMENTOS só chegam a ouvidos de SURDOS.
Bj

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D