Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



há-de flutuar uma cidade no crepúscolo da vida

por Jorge Soares, em 08.08.12

há-de flutuar uma cidade no crepúscolo da vida

Imagem minha do Momentos e Olhares 

 

há-de flutuar uma cidade no crepúscolo da vida
pensava eu... como seriam felizes as mulheres
à beira mar debruçadas para a luz caiada
remendando o pano das velas espiando o mar
e a longitude do amor embarcado

por vezes
uma gaivota pousava nas águas
outras era o sol que cegava
e um dardo de sangue alastrava pelo linho da noite
os dias lentíssimos... sem ninguém

e nunca me disseram o nome daquele oceano
esperei sentada à porta... dantes escrevia cartas
punha-me a olhar a risca de mar ao fundo da rua
assim envelheci... acreditando que algum homem ao passar
se espantasse com a minha solidão

(anos mais tarde, recordo agora, cresceu-me uma pérola no coração. mas estou só, muito só, não tenho a quem a deixar.)

um dia houve
que nunca mais avistei cidades crepusculares
e os barcos deixaram de fazer escala à minha porta
inclino-me de novo para o pano deste século
recomeço a bordar ou a dormir
tanto faz
sempre tive dúvidas que alguma vez me visite a felicidade


Al Berto

 

Cudillero, Astúrias, Espanha

Agosto de 2011

Jorge Soares

publicado às 17:19

Há Palavras que Nos Beijam

por Jorge Soares, em 06.08.12

Há Palavras que Nos Beijam

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

Há Palavras que Nos Beijam

 

Há palavras que nos beijam 

Como se tivessem boca. 
Palavras de amor, de esperança, 
De imenso amor, de esperança louca. 

Palavras nuas que beijas 
Quando a noite perde o rosto; 
Palavras que se recusam 
Aos muros do teu desgosto. 

De repente coloridas 
Entre palavras sem cor, 
Esperadas inesperadas 
Como a poesia ou o amor. 

(O nome de quem se ama 
Letra a letra revelado 
No mármore distraído 
No papel abandonado) 

Palavras que nos transportam 
Aonde a noite é mais forte, 
Ao silêncio dos amantes 
Abraçados contra a morte. 

Alexandre O'Neill, in 'No Reino da Dinamarca'

 

Fonte das seis bocas ou dos canos /Fuente de las seis Bocas o de los caños

Avilês, Astúrias

Agosto de 2011

Jorge Soares

publicado às 17:15

Quando for grande vou ser, quero ser ....

por Jorge Soares, em 04.08.12

Quando eu for grande

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

Quando for grande vou ser, quero ser um realejo
Ter um pedaço de terra, fogo que salta ao braseiro
Dormir no fundo da serra, quero ser um realejo

Carteiro em bicicleta leva recados de amor
Vem o sono com a música ao som do... do realejo

Quando for grande vou ser, quero ser um realejo
Ter um burro viola e cão, chamar a Dança dos Sapos
Correr com a bola na mão, quero ser um realejo

Quando for grande vou ser, quero ser um realejo
Colher amêndoa em telhados, dar banana às andorinhas
Dobrar o cabo do Mundo, quero ser um realejo

Carteiro em bicicleta leva recados de amor
Vem o sono com a música ao som do... realejo
Carteiro em bicicleta leva recados de amor
Vem o sono com a música ao som do... realejo

Quando for grande vou ser, quero ser um realejo
Ter um burro viola e cão, chamar a Dança dos Sapos
Correr com a bola na mão, quero ser um realejo

Carteiro em bicicleta leva recados de amor
Vem o sono com a música ao som do... realejo
Carteiro em bicicleta leva recados de amor
Vem o sono com a música ao som do... realejo

 

José Afonso

 

Ouvir aqui na voz de João Afonso

 

La Isla, Astúrias, Espanha

Agosto de 2011

Jorge Soares

publicado às 17:13

Acampar nas Astúrias: Camping Arenal de Moris

por Jorge Soares, em 14.09.11

Praia do Arenal de Moris

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

No verão, quando a maioria do povo ruma a Sul, ao calor e à confusão, nós colocámos a tenda e os sacos cama no carro e rumámos a norte, rumo ao clima temperado e às paisagens verdes do Norte de Espanha.

 

Já não me lembro quem era a personagem, foi num programa de rádio daqueles onde a conversa se mistura com a boa música e na altura aquela frase fez todo sentido para mim: "As Astúrias são o paraíso, é a Suíça sem os suíços..." eu acrescentaria.. e sem os preços da Suiça... para além de que tem a vantagem que dá para ir de carro e tem dos melhores parques de campismo que já conheci.

 

Entre os muitos em que já estive, o Arenal de Moris será talvez o  mais organizado e profissional em que já estive. Está a 200 metros de uma praia fantástica, tem uma excelente piscina,  um parque infantil,  um óptimo bar e restaurante com uma esplanada enorme, um supermercado com tudo o que é necessário aos campistas... É super organizado, apesar do espaço enorme das parcelas, somos instruídos na forma como devemos colocar a tenda de forma a garantir a nossa privacidade e a dos vizinhos. As casas de banho são amplas e em número mais que suficiente de modo a que nunca existam filas ou confusão. Além disso estão SEMPRE imaculadamente limpas

 

Será talvez dos poucos sítios em que já estive em que no fim de Agosto montamos a tenda na relva em lugar de num terreiro... relva que daria inveja a muitos campos de futebol, tal a forma como é tratada e aparada.

 

Tem o senão de não estar perto de nenhuma grande cidade, mas isso garante que a praia normalmente é só para os campistas e que estamos rodeados de verde e tranquilidade. De resto, Ribadesella fica a uns 15 Kms e os Picos de Europa ali mesmo ao lado.

 

É claro que o clima do Norte de Espanha não é o mais apropriado para quem gosta de muito calor, a temperatura normal anda à volta dos 25 graus ...e claro, chove, mas a chuva faz parte, aquela paisagem verde só é possível com ela. Ao contrário do que as pessoas pensam, a água do mar nas Astúrias não tem nada a ver com a nossa da costa ocidental, este ano e apesar de que o verão foi chuvoso, a água estava normalmente a 23 graus. As praias tem menos ondulação que as nossas e com a maré baixa deixam-se ver areais enormes que convidam ao passeio e ao banho.

 

Em resumo, um parque de campismo excelente para quem não gosta  de muito calor e gosta de paz e tranquilidade.

 

Jorge Soares

publicado às 22:18

Nas Férias não abandobe o seu blog

por Jorge Soares, em 31.07.11

Não abandone o seu blog

 

Encontrei no É possivel ser feliz, gosto da imagem, e da mensagem... as minhas férias começaram oficialmente há umas horas atrás.... este ano vão ser 3 semanas, como de costume vou rumar a Norte.... a Sul está muito calor... e eu gosto de climas temperados... e de férias a acampar.

 

Tal como todos os anos, férias para mim implicam estar longe do computador, do telemóvel, do relógio, a única tecnologia permitida é a do carro que me vai levar a passear pelas Astúrias e pelos Picos da Europa e claro, a da máquina fotográfica, tudo o resto está banido.. férias são férias.

 

Mas eu não abandono os blogs, passei a ultima semana a pre-programar posts .. como costumo dizer, os blogs entram em automático..eu entro em relax....

 

Desejo a todos os que por aqui passarem umas óptimas férias a quem for de férias, bom trabalho a quem já foi ou vai mais tarde. Espero voltar com outro espírito, espero voltar a responder aos vossos comentários..e faço fé de voltar a comentar os muitos blogs que leio no reader e que merecem a minha atenção... espero....

 

E já sabem, nas férias não abandonem os vossos blogs.

 

 

Jorge Soares

publicado às 15:12


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D