Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sporting Falido

Imagem de Henricartoon

 

Não passou muito tempo desde o Verão passado quando três clubes nas meias finais da Liga Europa faziam do futebol Português um exemplo para o país, a final  entre o Porto e o Braga valeram ao futebol nacional um inédito primeiro lugar no ranking europeu. Na altura não faltou quem aproveitasse o momento para mostrar como o futebol podia ensinar o país a ter sucesso em momentos de crise.

 

Passado pouco mais de meio ano eis que a realidade aparece e mostra aquilo que todo o mundo sabe, mas que ninguém quer ver. esta semana o Sporting foi noticia, não só porque teima em não levantar cabeça no campeonato, mas também porque feita a auditoria às contas, a  conclusão a que se chegou foi que a instituição está há muito tempo na falência e  à imagem do país, a viver muito acima daquilo que seria possível.

 

É claro que a situação do Sporting não é única, no dia que façam auditorias ás contas de Porto e Benfica o resultado será o mesmo... aos restantes clubes não é necessário fazer auditorias, basta seguir as noticias da falta de pagamentos de salários para se perceber o que por aí vai....e sinceramente a mim faz-me muita confusão como é que clubes que todos os anos deixam de pagar em Novembro, conseguem ter jogadores e inscrever equipas no ano a seguir.

 

Hoje foi notícia Carlos Pereira, presidente do Marítimo, que reconheceu ter pago uma divida do clube ao fisco com um cheque careca... ora, fosse o senhor Carlos Pereira um cidadão normal e não um presidente de um clube de Futebol, a esta hora já teria a polícia á porta... como é do futebol que se trata, ele vem para os jornais cheio de razão e a reclamar justiça.

 

Quando olhamos para o futebol profissional deste país o primeiro que pensamos é que em algúm lado há um saco sem fundo, clubes que todos os anos dão prejuízo de muitos milhões, funcionam como se algures debaixo do estádio existisse um poço de petróleo, gastam-se milhões em jogadores, pagam-se salário milionários e vive-se como se não existissem contas. De onde sai o dinheiro para manter tudo isto é um enorme mistério, qualquer outra empresa ao fim de dois ou três anos no vermelho encerra as suas portas, os clubes de futebol passam décadas no vermelho e parece que cada vez há mais dinheiro... algo de errado tem que haver em tudo isto.

 

A realidade é que tal como o país, o futebol há muito que está falido, e ao contrário do que se tenta muitas vezes mostrar quando há resultados desportivos de mérito, não é exemplo para ninguém. Há muito que vive acima das suas possibilidades e só sobrevive, quando sobrevive, que há exemplos como o do Boavista, Salgueiros, Farense, ... graças a esquemas mais ou menos obscuros e para os que o resto do país teima em não olhar. É claro que também há os casos mais ou menos escandalosos daqueles que vivem em grande parte dos nossos impostos, graças à generosidade de regiões autónomas e algumas autarquias.

 

Não, o futebol não é exemplo para ninguém... bem pelo contrário.

 

Jorge Soares

publicado às 21:46

Em Portugal o futebol joga-se num túnel

por Jorge Soares, em 06.01.12

O Túnel de alvalade

Imagem da internet

 

Em primeiro lugar um disclaimer, gosto do futebol pelo futebol e sou portista. Talvez pela parte do gostar do futebol pelo futebol, há coisas que me passam ao lado.

 

Por mais que me esforce olho para esta notícia e não consigo discernir nem a lógica do momento em que ela saiu, nem a importância que se lhe está a dar. Quanto ao momento, quero acreditar que o jornalista e o Jornal quiseram aproveitar a proximidade de um jogo importante em Alvalade para vender bytes e papel,  achar que há algo mais para além disto vai contra a minha lógica de ver o futebol pelo futebol. Pensar que uma notícia sobre as paredes de um túnel possa servir de pressão a quem quer que seja ou ter influência em alguém que vá estar no Sábado dentro das 4 linhas do campo de jogo, é chamar estúpidos aos adeptos... eu não me dou por estúpido... mas a julgar pela chinfrineira que se está a fazer deve haver muita gente estúpida.

 

Quanto à importância da coisa, podemos achar de pior ou melhor gosto a forma como o Sporting decidiu decorar as paredes do túnel, pelo que sei no Porto há imagens das vitórias na Europa e das grandes estrelas do clube, em Alvalade há imagens da claque, se o objectivo é intimidar, haveria que perguntar o que pode intimidar mais, se as vitórias de um grande clube ou as fotografias dos arruaceiros da claque....  estamos a falar de futebol profissional, será que algum atleta profissional olha para aquelas paredes e para além de achar a escolha de gosto duvidoso, fica intimidado?

 

Como é costume, já vieram a terreiro todos os comentadores, especialistas e afins, há quem fale em processos da federação e em castigos para o Sporting, porquê?, porque colou umas fotografias na parede de um túnel vedado ao público? a sério?, então e se em lugar dos marmanjos com cara feia fossem umas meninas despidas de preconceitos? também merecia castigo?...  definitivamente o futebol em Portugal joga-se num túnel e com coisas destas é cada vez mais difícil ver onde está a luz lá ao fundo.

 

Volto a dizer que não quero acreditar que tudo isto não seja simplesmente o Jornal a querer vender, e juro que como portista ficava muito triste e até  preocupado se por trás de tudo isto houvesse a menor influência do meu clube do coração, o Porto não precisa destas coisas para ganhar um jogo.

 

Update: Parece que há quem acredite que de algum modo as minhas palavras sejam um apoio à utilização de imagens de violência ou à utilização de símbolos estúpidos ligados a ideologias de estrema direita, longe disso, simplesmente não acho que as fotografias do túnel tenham a importância que se lhes quer dar e muito menos devem constituir um caso que desvie a atenção do que verdadeiramente interessa, o jogo de futebol.

 

Jorge Soares

publicado às 19:03


Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D