Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A vida em azul eléctrico

por Jorge Soares, em 01.11.20

carros_eletricos_video.jpg

Imagem de aqui

Andei durante 24 anos a fazer pelo menos 110 Kms por dia, Setúbal - Lisboa - Setúbal, não vou fazer as contas aos milhares de Euros em Gasóleo que gastei durante todo este tempo, mas devia ser coisa para comprar uma boa casa.... Tenho um eléctrico igualzinho ao da fotografia, Nissan Leaf de 40 Kw, desde o dia 1 de Abril, não é meu, é da empresa, podia ter escolhido um Diesel Mercedes , mas escolhi um eléctrico, já explico porquê.

Desde que saíram os primeiros carros eléctricos eu comecei a fazer  contas, anos a fazer contas. As contas nunca deram, primeiro não tinham autonomia suficiente, depois o preço não compensava, mesmo quando o carregamento na rua  era gratuito.

Hoje em dia para quem tem que comprar o carro, a autonomia, apesar de já dar para ir (devagar) a Lisboa e voltar, não compensa, o preço não compensa e o carregamento na rua, na maior parte dos casos, não compensa.... mas eu não tive que o comprar.

Vou fazer alguns posts sobre carros eléctricos desde o ponto de vista de quem não tem um eléctrico porque é giro e está na moda, mais um gadget, ou porque é verde, não foi nenhum desses motivos que me levou a escolher o eléctrico, acreditem ou não, há quem escolha um eléctrico como quem escolhe o topo de gama dos telemóveis, se não acreditam dêem uma olhadela aos grupos do Facebook onde se juntam os donos dos eléctricos.

Porque é que escolhi o eléctrico? Por vários motivos: 

Em primeiro lugar  porque posso carregar grátis no trabalho, em situação normal de ir a Lisboa e voltar, o carro tem que ser carregado todos os dias. Os Carregadores da empresa são de 22 Kw e em teoria em duas horas deve dar para carregar, em teoria.

Em segundo lugar porque tenho garagem e consigo carregar em casa quando não carrego na empresa, curiosamente entrei em teletrabalho a 13 de Março e recebi o carro a 1 de Abril, até agora só carregou em casa e duas ou três vezes em postos de carregamento rápido na auto estrada. Numa tomada normal em casa a carga desde zero demora perto de 14 horas.... estando a 50% demora entre seis e sete horas, eu tenho tarifa EDP bi-horária  e o carro está programado para carregar entre a meia noite e as sete da manhã, quando é mais barato. 

Convém dizer que em Setúbal não há nenhum posto de carregamento rápido, e todos os que conheço carregam à mesma velocidade que qualquer tomada de casa, logo, não há cá urgências, na rua também demora 14 horas a carregar.

É claro que também escolhi porque (supostamente) é verde e ecológico, na utilização no dia a dia os carros a combustão contaminam muito mais e isso também nos deve preocupar, mas para o comum dos portugueses antes dessa preocupação há várias outras que entendo devem ser ponderadas, como o facto a maioria dos  eléctricos terem preços de carro de luxo e na prática funcionarem como pouco mais que citadinos, ou tendo em conta o funcionamento actual da rede de carregadores em Portugal, ser quase impossível ter um eléctrico sem se ter um segundo carro para quando se quer fazer uma viagem ou ir de férias.

O post já está longo e vou deixar mais para os próximos dias, também não quero confundir ninguém, eu gosto do carro, a minha meia laranja adora-o, a condução é fantástica, é super espaçoso, é confortável, silencioso e carregando em casa ou no trabalho, super económico.

Fiquem bem e cuidem-se do vírus

Jorge Soares

publicado às 21:14


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D