Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Alguém ganhou nestas eleições?

por Jorge Soares, em 04.10.15

Catarina Martins

 

Por norma as eleições em Portugal tem sempre muitos vencedores, para além de quem tem mais votos há sempre quem de uma forma ou outra consegue olhar para os seus (muitos ou poucos votos) de forma a ver o copo meio cheio... porque de uma ou outra forma ganhou algo... nesse sentido somos um país sui generis.

 

Olhando para o resultado destas eleições em que a maioria dos portugueses que foi votar escolheu manter no poder os mesmos e as mesmas políticas contra as que tanto ouvimos falar, não sei se haverá muita gente com razões para sorrir e festejar.

 

Para mim há uma vencedora clara, Catarina Martins, o Bloco de Esquerda teve o melhor resultado de sempre em eleições legislativas, cresceu em votos e em deputados, evidentemente um partido são muitas pessoas e há no bloco muita gente com imenso valor, mas não há duvidas que durante a campanha eleitoral ela teve um papel decisivo. Fez uma campanha em crescendo com uma enorme garra, uma mulher de armas e uma líder enorme.

 

Evidentemente o PS foi o grande derrotado, apesar da crise, da Troika e da austeridade, António Costa não se mostrou à altura e não conseguiu convencer os portugueses que seria capaz de fazer mais e melhor pelo país, uma derrota em toda a linha

 

Há outro derrotado claro, o PCP, ao contrário do que é habitual não havia grande ambiente de festa na sede do partido comunista, foram claramente ultrapassados pelo bloco de esquerda e não conseguiram capitalizar os votos dos descontentes.

 

Quem teve mais votos foi a Coligação PSD/CDS, e quem tem mais votos costuma vencer, só que quanto a mim foi uma vitória insuficiente, já ouvimos Catarina Martins e Jerónimo de Sousa dizer que não irão viabilizar qualquer governo com o PSD/CDS, e António Costa já mandou  o recado "A coligação tem de perceber que há um novo quadro e que não pode continuar a governar como se nada tivesse acontecido".

 

Não vai ser fácil formar o próximo governo em Portugal e não seria nada estranho que as próximas legislativas fossem lá para meados do ano que vem.

 

Quanto ao resto dos partidos, eu pessoalmente tinha algumas expectativas em quanto a um resultado positivo do LIVRE, as primeira projecções da RTP davam a hipótese da eleição de um deputado, mesmo que se cumpram essas previsões, não deixa de ser um resultado curto para um movimento que conseguiu juntar tantos nomes de peso, sobretudo porque ficaram muito atrás, em número de votos, de partidos como o PAN, o PDR de Marinho Pinto e até do PCTP/MRPP.

 

Ia dizer que quem perdeu de certeza fomos todos nós, mas tendo em conta que 40% votou em seguir com a austeridade, o desemprego e as politicas da Troika..... se calhar sou eu que não percebo nada disto.

 

Update: O PAN conseguiu eleger um deputado por Lisboa e assim se converteu no quinto sétimo partido com assento na assembleia, quinto grupo parlamentar.

 

Jorge Soares

publicado às 22:43


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Bruno Ferreira a 05.10.2015 às 18:56

Para aqueles votaram em PSD depois não venham para aqui queimar se que estão a descontar mais nos salários
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.10.2015 às 21:52

Não tenha problemas, caro amigo, porque se hoje ou amanhã fôr perguntar, já ninguém votou neles; eles "subiram a pulso". Mas cada povo tem a merda que merece.
Sem imagem de perfil

De Bruno Ferreira a 05.10.2015 às 18:56

Para aqueles votaram em PSD depois não venham para aqui queixar se que estão a descontar mais nos salários
Sem imagem de perfil

De frar a 05.10.2015 às 21:47

A opinião da maioria poderá ser um tanto ou quanto irrelevante!
.
Explicando melhor:
- É PRECISO DIZER NÃO AO NAZISMO DEMOCRÁTICO!...
Isto é: é preciso dizer não ao nazismo democrático e sim ao separatismo, leia-se: é preciso dizer não àqueles que pretendem determinar/negar democraticamente o Direito à Sobrevivência de outros.
.
Dito de outra maneira:
- Todos diferentes, todos iguais!...
- Isto é: TODAS as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta!...
{nota: Inclusive as de 'baixo rendimento demográfico'!... Inclusive as economicamente pouco rentáveis!...}
.
Uma obs : Devemos estar preparados para a CONVERSA DO COSTUME dos nazis made-in-USA [nota: estes nazis provocaram holocaustos massivos em Identidades Autóctones]: «a sobrevivência de Identidades Autóctones provoca danos à economia…»
.
.
Nota: Nazismo não é o ser 'alto e louro', bla bla bla ,... mas sim... a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros!
.
Os globalization-lovers ' que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa!
Existem globalization-lovers '... e existem globalization-lovers ' nazis (estes buscam pretextos para negar o Direito à Sobrevivência das Identidades Autóctones).
.
.
.
P.S.
- Uma NAÇÃO é uma comunidade duma mesma matriz racial onde existe partilha laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
- Uma PÁTRIA é a realização de uma Nação num espaço.
.
P.S.2.
Pelo Direito à Sobrevivência:
- http :/ separatismo--50--50.blogspot.com /
(antes que seja tarde demais)
.
P.S.3.
Outros Direitos que aqui o je vem divulgando já há alguns anos (comecei nos fóruns clix e sapo):
- O Direito à Monoparentalidade em Sociedades Tradicionalmente Monogâmicas: ver blog http :/ tabusexo.blogspot.com /".
- O Direito ao Veto de quem Paga: ver blog http :/ fimcidadaniainfantil.blogspot.pt /".

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.10.2015 às 21:56

Totalmente de acordo e felicitações pela clareza da exposição.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.10.2015 às 23:50

O que e que tu terias andado a tomar, esse cerebro delira.mas ja agora pelo direito a cada um tomar do que gosta.
Sem imagem de perfil

De s o s a 05.10.2015 às 23:54

essa é que é essa, justamente o que senti na hora : quem perdeu fomos todos nós, e nem sou votante ps, nem o ps conseguiu convencer uma parte dos votantes ps-cds. Mas, sempre e também agora, só o ps podia disputar o poder ao psd-cds, só o ps nos podia libertar desses maiores ladroes psd-cds.
Utilizei o termo disputar, e é mesmo disso que se trata, a alternancia, como no campeonato de futebol. No dia seguinte o pais continua ativo e a funcionar igual á vespera.
È pois estranhissimo a nao oposiçao do ps ao governo. Tres exemplos . 1 ) ainda antes da campanha eleitoral o psd fez tempos de antena a mostrar o crescimento. O PS nao contestou. 2) ficou claro para todos que o governo quer cortar 600 milhoes, como ficou escuro que o ps quer cortar 1 600 milhoes. Assim, do mal o menos ... 3) basta ver os tempos de antena, no caso do ps. salvaguardando que eles, grandes partidos contam com maquinas e especialistas, mas para nos comuns o tempo de antena era nada, infantil, nao mobilizador.
Finalmente. Repito o obvio : só o ps podia expulsar os ladroes (governo ). E no entanto prefiro ser governado por estes ladroes, porque sem vergonha, e porque uma parte do ps os combate, enquanto que se for o ps a governar conta sempre com o apoio do psd-cds.
Sem imagem de perfil

De s o s a 06.10.2015 às 00:00

acrescento. Mesmo sem ter os numeros á frente, o ps só é derrotado porque nao atingiu objectivos, expectativas. Mas teve mais votos e mais deputados. Já agora e de igual modo, o psd-cds é o grande vencedor, apesar da enormissima perda que teve face a 2011. "enormissima " nao é o meu sentimento, pois queria-os reduzidos a cinzas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2015 às 00:10

ate pode ter razao que o ps tenha tido mais votos e deputados que o psd e cds isoladamente nao sei nem me interessa, a questao nao e essa, o ps concorreu sozinho contra uma coligaçao, consegue ver uma coligaçao viavel de esquerda a concorrer a eleiçoes?esqueça a cdu e antes a apu. com politicas tao antagonicas uns europeistas outros anti europeistas, como conciliar tudo isso.
Sem imagem de perfil

De queima beatas a 06.10.2015 às 09:21

CONTO ESTAFADO NO LIXO DE TV'S E JORNAIS
Numa maratona há um vencedor destacado mas o grupo dos coxos de várias origens com múltiplas fraturas expostas salpicados pelos lugares de cauda ao sabor de gritaria ululante a compasso são todos juntos mais numerosos. Mesmo assim e desde logo coxos ao pódio. O corte e costura do ganha sempre nem nos saldos martelados por gritaria já passa.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 06.10.2015 às 09:46

A coligação PàF foi a única força política que perdeu votos, % de votos e mandatos em relação à eleição de 2011. A percentagem conseguida pela coligação PàF é idêntica à conseguida pelo PSD sozinho em 2011! Todas as outras forças políticas subiram. Se se analisar partido a partido, em matéria de deputados, o PSD tem apenas mais 1 deputado que o PS.
Para o PS ganhar as eleições contra uma coligação de dois partidos à direita teria de estar perfeitamente em forma, e não ter cometido erros de palmatória na campanha eleitoral. É evidente que António Costa não conseguiu o objectivo de vencer, mas teve um resultado melhor que em 2011. Demorará um pouco mais até que PSD/CDS sejam apeados.

Comentar post


Pág. 2/2



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D