Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ela

 

 

Estava previsto que hoje ia falar do assunto, nem de propósito, a meio do jantar o N. saiu-se com o seguinte:

 

-Estivemos a combinar, eu e os meus amigos vamo-nos reunir lá em baixo para nos molharmos com baldes de agua?

-Desculpa?, a propósito de quê?

-Alguém disse no Facebook que era giro fazer-mos isso porque há muita gente a fazer....

 

É nestas alturas que percebemos que a mensagem não está a passar ou está a passar de forma errada. É claro que depois de garantir que ele percebe que há um motivo por trás dos banhos, o proibi de fazer tal coisa, a água não é para se desperdiçar por nada, se ele quer participar que vá ao mealheiro e pegue em dinheiro para doar, mas nada de água vertida.

 

Um destes dias um artigo do El país tratava o assunto, na Espanha onde não há famoso que não tenha despejado água pela cabeça abaixo, até agora a campanha rendeu uns míseros (SIC) 30.000 Euros, é que há muita gente a despejar água porque é giro, mas muito poucos a puxar os cordões à bolsa.

 

O objectivo original da coisa era ao mesmo tempo que se chamava  a atenção para uma doença terrível, recolher fundos para ajudar os doentes que dela sofrem e para a investigação que leve à sua cura.

 

Há países como o Brasil onde fica bem juntar lado a lado a fotografia do banho e a do comprovativo da transferência bancária do donativo à associação dos doentes. Em Portugal, tirando um ou outro caso raro, ninguém faz menção aos donativos e apesar de haver quem fale na doença, ninguém fala da associação que por cá representa os doentes.

 

Há até quem, como o presidente do Sporting, se aproveite do assunto para mandar bicadas numa clara falta de respeito pela campanha, pelos seus objectivos e pelos doentes. Segundo percebi o senhor não queria participar e foi obrigado, mas perdeu uma excelente oportunidade para estar calado.

 

Já agora alguns esclarecimentos:

 

O que é a ELA? 

 

- A ela é a esclerose lateral amiotrófica, um doença rara e até agora incurável que sofrem pessoas de todo o mundo,  é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração dos neurónios motores, as células do sistema nervoso central que controlam os movimentos voluntários dos músculos, e com a sensibilidade preservada. Os doentes vão perdendo a capacidade de controlar os músculos mas não perdem as suas capacidades mentais. Entre os doentes estão pessoas brilhantes como  o Zeca Afonso ou Stephen Hawkins.

 

Há uma associação em Portugal que represente os que sofrem esta doença?

 

- Sim, chama-se APELA, e tem um site

 

Como podemos ajudar?

 

- Fazendo-se sócios  da APELA. A quota mínima anual é de 30 euros;
- Fazendo um donativo através do NIB/IBA da APELA ou enviado um cheque ou vale à ordem da Associação;
- Cedendo 0,5% do vosso IRS liquidado (sem qualquer custo para vocês). Basta indicar o NIF da APELA no anexo H, quadro 9, campo 901. O NIF é o 504 064 592;

- Doando ajudas técnicas de que já não necessitem (cadeiras de rodas, andarilhos, camas eléctricas, colchões ou almofadas anti-escaras, cadeiras de banho, equipamentos para comunicação aumentativa, etc.)

 

 

NIB para donativo: 0007.0369.00030460006.16

IBAN: PT50 0007 0369 0003 0460 0061 6

SWIFT/BIC: BESCPTPL 

 

Morada: Rua Al Berto lote 18, loja A e B, 1900-918 Lisboa

 

 

E por favor, se querem continuar a fazer figuras tristes e a gastar água, pelo menos garantam que se passa a mensagem certa e mão se esqueçam que o desafio não é só tomar banho, é também fazer um donativo.

 

Jorge Soares

publicado às 22:15


1 comentário

Imagem de perfil

De golimix a 31.08.2014 às 10:25

Regressaste em grande com um assunto pertinente. Essa coisa dos banhos está a deixar-me espantada. Parece uma loucura generalizada com pouco juízo.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D