Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




“Um casebre podre e fedorento”, foi assim que Tony e Jan Jenkinson descreveram o Broadway Hotel

 

Imagem do Sol

 

Um casebre podre e fedorento”, foi assim que Tony e Jan Jenkinson descreveram o Broadway Hotel em em Blackpool, no noroeste de Inglaterra. Estiveram lá, não gostaram e vai de aí decidiram partilhar a (má) experiência no Trip Advisor, um dos mais conhecidos portais da internet para escolha e marcação de hotéis.

 

Passado um tempo chegou-lhes a conta, para além do custo da estadia, havia um extra de 100 libras de multa pela critica negativa.

 

Há muito que a marcação de hotéis pela internet cá em casa se tornou um hábito, já seja a nível nacional ou internacional, usamos quase sempre o Trip Advisor para escolher os hotéis e claro, um dos principais factores a ter em conta são as criticas e comentários de quem já por lá passou e gostou... ou não.

 

Para nós, e imagino que para muita gente as criticas são muito importantes, quando os preços são parecidos estas servem muitas vezes como fiel da balança e  são factor de decisão. Percebe-se que os hotéis tenham muita atenção ao que por lá se escreve, mas esta de taxar os comentários negativos como um extra do consumo não lembra ao diabo. 

 

Se calhar alguém devia explicar aos senhores que a maneira correcta de ter clientes satisfeitos é melhorando a qualidade do hotel e do serviço, não extorquindo o clientes desta forma... que nem me parece que seja muito legal...

 

Se a moda pega, como o meu mau feitio e a minha mania de reclamar, estou feito ao bife .

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:28


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris a 20.11.2014 às 23:11

Isso já são perguntas muito específicas que não vêm na notícia. Não faço ideia como funcionam os pagamentos dos hotéis no Reino Unido. Mas eu também acho que, se foi pago com o cartão de crédito e o Hotel tem os dados, é bem possível terem feito essa cobrança posteriormente.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D