Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E quando o racismo nos calha a nós?

por Jorge Soares, em 14.12.15

morteaosportugueses.jpg

 

Imagem da RR

 

A sede do Clube Português de Brie-Comte-Robert, a sudeste de Paris, foi vandalizada. Foram escritas na fachada do edifício frases como "morte aos portugueses"

 

Há uns dias, numa resposta a um comentário num dos posts sobre os refugiados, eu perguntava o que sentiríamos se num dos muitos países para onde vão os nossos emigrantes, alguém os tratasse como alguns portugueses querem tratar os refugiados da Síria e do médio oriente... bom, não foi preciso esperar muito, a fotografia é da semana passada e acho que não precisa de tradução ou explicação.

 

É verdade que por cá ainda não se foi tão longe, mas isso é só porque como era de esperar, os refugiados não querem vir para Portugal e dos cinco mil que eram esperados, nem uma centena cá chegou. Mas não tenho dúvidas que há por aí muita gente que os trataria da mesma forma que alguns (espera-se que poucos) franceses querem tratar os portugueses.

 

A seguir aos atentados de Paris eu ouvi num dos canais de televisão uma senhora portuguesa imigrante em França há pouco tempo, que dizia que o país nunca deveria ter permitido a entrada de imigrantes, pelos vistos ela ou não se considerava imigrante ou se achava melhor pessoa que quem chegou a França vindo do Magrebe e do médio oriente e que, tal como ela, chegaram ao país à procura de uma vida melhor.

 

Alguém devia ir tentar encontrar essa senhora e perguntar-lhe se ela gostou de ser tratada desta forma e se agora percebe o que sentem os refugiados quando lhes queremos fechar as portas da Europa.

 

Jorge Soares

publicado às 21:25


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.12.2015 às 10:59

"Há uns dias, numa resposta a um comentário num dos posts sobre os refugiados, eu perguntava o que sentiríamos se num dos muitos países para onde vão os nossos emigrantes,"

Tem razao mas o senhor confunde tudo,eu tinha escrito uns comentarios nuns seus posts a dizer que se a extrema direita chegasse ao poder a perseguiçao aos estrangeiros era geral, independentemente de os estrangeiros cometerem crimes ou praticarem atentados, essa e a genese do extremismo de direita nacionalista e racista e xenofoba tudo que e estrangeiro e mau., como fazia o nosso PNR que metia os emigrantes em avioes, nao misturar isto com individuos sempre de uma mesma etnia que vem para ca ou que nasceram ca mas devido a sua cultura religiosa e fanatismo se dedicam a atentados terroristas, isto nao tem nada a ver com portugueses nem com emigrantes, tem a ver com uma criminalidade que nao pode ser tolerada, independentemente dos partidos que estejam no poder, se ha portugueses que se dedicassem ao terrorismo tambem achava correcto que a frança os expatriasse independentemente de quem esta no poder. o que e engraçado e contraditorio,e que muitos dos portugueses votaram nas fileiras da marine le pen sem saberem parece o amor que este partido tem por tudo que e estrangeiro. Ja agora o senhor insiste em chamar emigrantes a uma vaga de refugiados, emigrantes tem quotas mais apertadas e sao os paises que os querem que determinam essas quotas depois vem quem quer.
Sem imagem de perfil

De Já agora... a 14.12.2015 às 19:49

Prontos!!
Já acordou.
Mas ó “Anónimo”:

ipsis verbis,
“Como eu disse vozes de burro nao chegam ao céu”
E
“podes zurrar que nao chegas la.”
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.12.2015 às 20:51

E, de facto deus errou, limitou a inteligencia e não limitou a tua burrice
Sem imagem de perfil

De já agora... a 14.12.2015 às 21:23

“tem calma que eu ja te sirvo a raçao de aveia, nao zurres mais que nao chegas la”

Duas doses.
Nhac,nhac, Oops! Pardon!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.12.2015 às 21:29

Es o ser inteligente mais burro que existe, mas lembra-te quando o espirito tem vontade o corpo come por dez, bom apetite.
Sem imagem de perfil

De Já agora... a 15.12.2015 às 08:41

Ic! Oops! Je buvais beaucoup. Excusez-moi encore une fois, je suis un grand animal, armé pour la "fine".

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.12.2015 às 09:44


Vous etes pardonne, parce que.

Algumas vezes as pessoas burras sao forçadas a ficar bebadas para passar algum tempo com as pessoas inteligentes, continue assim evite a ressaca.
Sem imagem de perfil

De Já agora... a 15.12.2015 às 10:07

Pas plus, olarilas!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.12.2015 às 10:26

Nao tem de que,ora essa, uma pessoa bebada divertida sempre disfarça a burrice congenita, um animador(a), mantenha-se assim boba(o) da corte evite a ressaca.
Sem imagem de perfil

De Já agora... a 15.12.2015 às 10:51

Oh là là.
Armé en agent provocateur? Au revoir et bonne chance.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.12.2015 às 11:07

eh eh eh,ja me divertiste bastante, mas como estamos em epoca de natal, circos espectaculos, nao deve faltar trabalho. bonne chance.
Sem imagem de perfil

De Zé a 15.12.2015 às 14:53

Então, mas então... a Marine tinha a celebração agendada para um restaurante português.
Será que pretendia atacar o pessoal do restaurante armada com bacalhaus?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.12.2015 às 16:17

Além da senhora aqui referida, ha imensos portugueses em França a defender e votar pela FN. Coitados, por muito que desejem, não conseguem camuflar a origem pobre (em todos os aspectos) de onde saíram.


Sem imagem de perfil

De Susana M. a 15.12.2015 às 17:47

Só uma questão...é a mesma coisa falar de emigrantes e falar de refugiados? Eles saem do país pelas mesmas razões? Mas pronto...alguns (muitos) emigrantes tugas esquecem-se de onde vieram e pelo que já passaram!
Sem imagem de perfil

De fr a 15.12.2015 às 18:31

nazismo começou na alemanha, viaja pelos usa e pelos vistos termina em frança.
Sem imagem de perfil

De s o s a 16.12.2015 às 00:46

Persistem muitos equivocos e confusoes, e ate se fala abertamente entre os que sao refugiados e os que sao migrantes.
Por outro lado, e no concreto dos refugiados, pessoas que fogem dos seus paises em guerra, fazem o que todos fazem e fariam, mas á distancia surge a interrogaçao porque nao lutam no que é o seu pais ?
Tambem sabemos que os paises vizinhos acolhem milhoes de refugiados, e tradicionalmente essa é a soluçao, pois a guerra terminará , seguir-se-.á a "devoluçao ", o regresso á origem.
Aparentemente, entre outras curiosidades, estes refugiados também sao determinados a migrantes.
Entre as coisas obvias : outro mundo nao cabe na europa, nem os europeus querem ser minoritarios dentro da propria casa comum.
Outra coisa é o racismo, a estupidez e ...os vistos gold.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.12.2015 às 09:24

Não ver este acto como uma acção anti-Frente Nacional, elaborado por oponentes da Frente Nacional, é ser politicamente ingénuo no mínimo...

Logo a comunidade mais bem integrada na sociedade francesa, tão bem, que há militantes luso-descendentes na Frente Nacional, mas lendo o artigo, de facto, as cores políticas tudo toldam!

Frente Nacional nunca foi hostil à comunidade portuguesa/europeia, mas sim às hordas não-europeias que impõem o seu modo de vida.

Comparar a emigração portuguesa com as hordas do Médio Oriente? Pior cego é aquele que não quer ver!

Racismo? Quanto muito seria xenofobia, verdadeiros portugueses são europeus.
Sem imagem de perfil

De Luis Sintra a 16.12.2015 às 09:26

É pena é que não morreram só franceses , porque se não dizia, "é morte aos portugueses" mas de vez em quando há umas limpezas e não é a portugueses , mas sim a nações que promovem o Odio, e nós não somos uma delas.
Os franceses na sua Génese mais profunda , não prestam, tem mais mania que onde cair. e depois dão-se mal. Ficamos por aqui

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D