Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eu e o tele-trabalho

por Jorge Soares, em 23.09.20

teletrabalho.jpg

Imagem de aqui

Estou em teletrabalho desde o dia 13 de Março, mesmo antes de ser decretado o estado de emergência já na empresa em que trabalho tinham mandado o pessoal para casa. Foi relativamente pacifico, a infra-estrutura informática há muito que estava preparada, a maioria dos empregados já tinha computadores portáteis e ligação remota configurada, quem não tinha levou os computadores de secretária com que trabalhava.

Confesso que eu era dos que achava que não seria capaz de trabalhar desde casa, não me via longe do telefone e do contacto próximo com os meus colegas. Muitas vezes a forma de ajudar a resolver o problema passava por levantar-me, chegar até ao colega e tentar ver exactamente o que ele estava a fazer. Por outro lado não me achava capaz de em casa me disciplinar e abstrair da televisão, da família  e concentrar-me no trabalho. Estava completamente errado.

Desde o primeiro dia que as coisas funcionaram perfeitamente, pelo meio tive que ir buscar um monitor, um teclado e de renegociar o contrato de ligação à internet cá de casa (passei a ter o dobro da velocidade por um pouco mais que metade do preço). Com 2 pais em teletrabalho e duas estudantes com aulas à distancia, no inicio não era fácil.

Do meu ponto de vista as chaves do sucesso para o teletrabalho passam pelos seguintes pontos:

- Escolher áreas de trabalho separadas, eu fiquei com a mesa da sala, a minha meia laranja ficou com o escritório e as miúdas ficaram cada uma em seu quarto.

-Cumprir horários, continuei a levantar-me praticamente à  mesma hora que antes, como se fosse para ir para o escritório em Lisboa. Depois do banho e do pequeno almoço, vou andar 5 kms a pé, fiz isso todos os dias mesmo durante o  confinamento (vantagens de se viver no campo).  Os 50 minutos que eu antes passava todas as manhãs dentro do carro, agora passo-os a fazer exercício e a descomprimir. Por volta das 8:30 entro ao serviço e por volta das 17:30 desligo a ligação.. o teletrabalho deu-me quase duas horas diárias de vida extra, o tempo que antes passava nas viagens de ida e regresso.

-Estratégias de comunicação com o resto da equipa Apesar de a empresa não o exigir, fazemos uma reunião diária em que cada um fala dos assuntos que tem em mão, trocamos ideias e opiniões e muitas vezes discutimos soluções e estratégias. Apesar de cada um estar em sua casa, estas reuniões mantiveram-nos unidos e fizeram com que todos estejamos por dentro de todos os assuntos, sabemos sempre o que se está a passar e muitas vezes damos uma mão a alguém que precisa. É claro que também conversamos sobre o mundo.

-Estratégias de comunicação com os "clientes" - Como não há telefone fixo, a comunicação faz-se principalmente por mail e pelo skype, quando temos dezenas de mails a chegar e 5 ou 6 janelas de skype abertas a comunicação não flui,  a solução é sempre optar por passar da escrita para a voz, e o skype e o teams resolvem... e funcionou... menos quando os colegas tentam falar comigo às dez ou onze da noite... há pessoal que tem horários estranhos... lamento, a essa hora não atendo.

É claro que há coisas que se perdem, já lá vão seis meses e por vezes sinto a falta da proximidade com as pessoas, das conversas na cantina ao almoço ou à volta da máquina do café com os colegas das outras áreas... mas quanto a mim ganha-se muito em tempo,  em qualidade de vida, em dinheiro, em benefícios para o ambiente ....

É claro que o mundo não é perfeito. Ontem estava numa reunião com o meu chefe a preparar outra reunião que ia acontecer a seguir e de repente  ele ficou a falar sozinho... faltou a electricidade cá no bairro .. e lá se tiveram que adiar duas reuniões Quando isto acabar, sim, porque isto vai acabar alguma vez, talvez eu não queira ficar em casa todos os dias, mas vou querer de certeza ficar pelo menos 3 dias por semana, por mim, pela empresa, pela minha família e pelo mundo.

Jorge Soares

publicado às 22:10


3 comentários

Imagem de perfil

De Francisco Carita Mata a 23.09.2020 às 23:53

Gostei muito de saber sobre a sua adaptação ao teletrabalho.
Gostava de lhe fazer uma pergunta. Em termos de despesas, ganhou ou poupou?
Também concordo que se continue a conciliar trabalho com teletrabalho, mesmo no futuro quando terminar esta coisa de Covid. Muita saúde!
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 24.09.2020 às 00:11

Vamos lá ver, 200 Euros por mês em combustível mais uns 200 em portagens, mais o desgaste do carro, eu fazia 110 kms por dia.

Poupo muito dinheiro, foi um aumento de salário e peras.... é claro que gasto mais em supermercado porque passei a almoçar todos os dias em casa..... mas não tem comparação com o que poupo

Obrigado pelo comentário
Imagem de perfil

De Francisco Carita Mata a 24.09.2020 às 00:18

Obrigado eu, pela informação.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor


Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D