Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Jovens para sempre custe o que custar?

por Jorge Soares, em 10.02.15

umaThurman.jpg

 

 

Imagem do El País

 

Duvido que exista muita gente que não olhe para a fotografia acima e não ache que a senhora da direita é mais bonita e até mais jovem que a da esquerda. É difícil de acreditar mas ambas as fotografias são da actriz Uma Thurman, não consegui perceber quanto tempo terá passado entre ambas as imagens, mas a senhora é noticia precisamente porque as mudanças, mais que evidentes, aconteceram em muito pouco tempo e presume-se que terão sido o resultado de cirurgias estéticas.

 

Curiosamente a actriz tinha declarado mais que uma vez ser contra este tipo de retoques estéticos, pelos vistos não foi capaz de resistir às marcas da passagem do tempo.

 

Vivemos numa época em que para a maioria só as aparências contam, principalmente para quem (também) faz do seu palminho de cara o seu modo de vida, mas não deixa de ser difícil de entender como é que alguém se sujeita a uma alteração de tal modo significativa que em lugar de parecer mais jovem aconteça precisamente o contrário, como na minha opinião aconteceu neste caso. 

 

Será que a senhora tem espelhos em casa? E será capaz de olhar para eles e reconhecer-se naqueles estranhos olhos rasgados que não tem nada a ver com a essência da mulher lindíssima que todos nos habituamos a ver nos ecrãs do cinema e da televisão?

 

De resto Uma Thurman não é caso único, há muito mais gente a querer fintar a passagem do tempo recorrendo ao bisturi, infelizmente também cada vez são mais os casos em que o resultado está longe de ser abonador e são cada vez mais os casos em que deixamos de reconhecer as formas familiares para passar a ver rostos que estão algures entre um balão cheio demais e um extraterrestre.

 

Eu percebo que seja difícil aceitar que já não somos jovens, mas valerá mesmo a pena tentar ir contra a natureza custe o que custar?

 

A juventude devia ser algo que levamos por dentro, não algo que se vê ao espelho.

 

Jorge Soares

publicado às 22:56


1 comentário

Imagem de perfil

De Kok a 12.02.2015 às 10:44

O exterior passa a ser mais importante que o interior? Aparentemente sim.
Será por isso que os papéis de embrulho para prendas/brindes/presentes (agora parece ser importante diferenciar o que se recebe) tendem a ser coloridos para que a quem são dados não fiquem desiludidos com o interior.
Enfim, cada um/uma que trate de si.
Por acaso ontem também fiz um texto a propósito do mesmo assunto: plásticas!
1 abraço pah!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D