Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Impostos

 

Imagem de aqui

 

Há uns dias Passos Coelho ficou muito indignado porque Catarina Martins afirmou em pleno debate parlamentar que a palavra de Passos Coelho não vale nada, e apontou uma serie de exemplos de afirmações que depois se viriam a mostrar precisamente ao contrário... hoje foi-nos dado mais um argumento para partilharmos a opinião da Deputado do Bloco de esquerda. Ainda a semana passada Passos Coelho dizia que o caminho para a redução do défice seria pela redução da despesa e não pelo aumento da carga Fiscal. Quantas vezes ouvimos o primeiro ministro e os seus ministros repetir a ideia de que não haveria mais aumentos de impostos?

 

A ministra das finanças Maria Luís Albuquerque e o ministro O ministro do Emprego e da Segurança Social, Pedro Mota Soares, apresentaram ao país as medidas inscritas no  Documento de Estratégia Orçamental, entre outras coisas ficamos a saber que o Iva passa de 23 para 23,25 % e os descontos para a segurança social passam de 11 para 11,2 %. Sobre o não aumento de impostos, estamos conversados.

 

Outra das medidas apresentadas é a criação de uma "contribuição de sustentabilidade", que corta entre 2% e 3,5% nas pensões acima de 1000 euros. Isto não é mais que um novo nome e uma nova roupagem para a famosa taxa de solidariedade, medida temporária que agora passa a definitiva.... quantas vezes ouvimos os membros do governo dizer que as medidas de austeridade era temporárias e que não haveria medidas a passar a definitivas?

 

Há algo que me escapa no meio de tudo isto, segundo o PSD e o governo, a prioridade é o combate ao desemprego, ora, alguém me explica como é que se combate o desemprego sem incentivar o consumo? E como é que se incentiva o consumo se se continuam a aumentar os impostos?

 

É claro que a devolução de uma parte dos cortes aos funcionários públicos é bem vinda, mas depois de tantas trocas e baldrocas, eu já estou como Santo Tomé, ver para crer, é que de aqui até Janeiro ainda faltam muitos meses e ainda dá para mudar de opinião muitas vezes.

 

Há algo que me deixa ainda mais confuso, como é que no meio de tantas trapalhadas e de tanto diz e desdiz ainda há quase 30% de portugueses que dizem que vão votar no PSD.... há muita gente que gosta mesmo de ser enganada

 

Jorge Soares

publicado às 22:54


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris a 01.05.2014 às 09:11

A palavra desses bichos horrendos vale tanto como um feijão podre!!!!
Sem imagem de perfil

De Cris a 01.05.2014 às 09:13

Minto: um feijão podre ainda consegue ter alguma utilidade, como fertilizar a terra. Portanto, recapitulando: a palavra desses bichos horrendos vale bem menos do que um feijão podre!!!
Imagem de perfil

De golimix a 01.05.2014 às 18:02

Primeiro. Adorei o comentário da Cris!

Segundo. Acho muito interessante o "marketing" que este Governo tenta (e o problema é que muitas das vezes conseguindo) fazer das sua ideias lançando nomes pomposos para o ar ou então dando voltas circenses a tudo.

Terceiro os "meninos" não vão devolver nada ao Funcionários Públicos, esta é mais uma das voltas, simplesmente "só" vão cortar 80% do que já cortavam até agora. Isso não é devolver, é não cortar tanto. Em vez de cortar 100% cortam 80%. Mas pronto, chamem-lhe o que quiserem, continua a cheirar mal à mesma!

Quarto, admiras-te que hajam 30% de portugueses a voltar neles?!
Eu não me admirava se com as benesses que virão no último ano de Governo o povo se esqueça de tudo e vote neles em massa. Assim como assim tanto faz eles irem para lá agora ou daqui a 4 anos. Que é o que acontece por aqui. PS- PSD. Ora vais tu ora vou eu. E que Deus, e nossa Sr.ª De Fátima, nos livre dos Comunistas, porque esses sim são umas bestas! Ainda me hão-de explicar o que é que os Comunistas fizeram de tão errado se são os únicos que ainda não se sentaram lá!
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 02.05.2014 às 10:50

Tu que és uma pessoa atenta vê se me consegues ajudar, porque também ando confusa.

O nosso primeiro antes de abrir a boca com ar de menino de coro fala com os parceiros?
Terá prazer em ser "desdito" por quem parece mandar muito mais do que ele?
Será compulsivo este tipo de comportamento?
E contagioso?
Achas que o homem bate bem?

É melhor parar de falar dele porque o homem amua e a família também

A nós não adianta amuar.
A divida tem de ser paga ainda que tenham sido ELES a gastar/gerir o que não lhes pertencia.

BFDS


Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D