Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não deixem ir a eles as criancinhas

por Jorge Soares, em 11.10.15

padre.png

 

Imagem do Sol

 

“Eu conheço as crianças. Infelizmente há crianças que procuram afeto porque não o têm em casa e, quando encontram um padre, este pode ceder à tentação. Eu compreendo isto”

 

A frase acima foi retirada da notícia do SOL e terá sido dita por Gino Flaim um padre italiano de 75 anos. Há coisas que são difíceis até de comentar. Este senhor tem 75 anos, imagino que será padre há qualquer coisa como 50 anos, neste tempo todo, quantas crianças lhe terão passado pelas mãos... quantas vezes terá ele cedido à tentação?

 

O papa Francisco será uma pedrada no charco, mas a igreja é feita de muitas pessoas como estas, como é possível que alguém tente culpar as crianças  pelos abusos de adultos? 

 

Padre vem do latim patre, pai, como é possível que alguém que deveria ser um pai, um pastor, possa olhar para o afecto que as crianças procuram como uma forma de tentação?

 

Declarações como esta mostram que apesar de todo o esforço que o Papa Francisco está a fazer, falta muito mais por fazer, há ainda no seio da igreja muita gente que pratica e protege este tipo de atitudes, e fazem falta muito mais que palavras, não só por parte da igreja mas por parte de todas a sociedade para combater este crime horrendo.

 

Por favor, Não deixem ir a eles as criancinhas.

 

Jorge Soares

 

publicado às 22:22


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2015 às 09:55

Um tiro nos cornos, era o que esse padre merecia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2015 às 10:44

Houvesse uma Lei digna desse nome, e esta gentalha seria julgada e condenada, como qualquer comum cidadão e a "corporação" que os protege seria igualmente responsabilizada e penalizada pelos encobrimentos. Mas como há um protecionismo medieval para com a dita "Igreja" que de santa nada tem, vão-se protegendo estes monstros que no pior dos casos são "condenados" a desaparecer dentro da corporação que os criou.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2015 às 10:55

Quando são os "gajos de saia" todo o mundo fica indignado e a reivindicar justiça.

No caso da Casa Pia, o pudor ficou-se pela alteração de leis de forma a servir os interesses de meia dúzia de tarados.

Uns têm anilha e outros uma quinta ...
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 12.10.2015 às 11:01

Não sei quem queria atingir com o seu comentário, mas se era para mim, aconselho-o a seguir o seguinte link para o que escrevi aqui no blog sobre o caso Casa Pia:

http://oqueeojantar.blogs.sapo.pt/tag/casa+pia

Jorge Soares

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2015 às 13:35

Não, o comentário não lhe era dirigido.

Os destinatários, se reparar, estão bem identificados.

Saúde!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2015 às 11:35

Não me parece comparável, pois no caso Casa Pia, mal ou bem, há condenados a cumprir pena. É certo que provavelmente apenas se destapou a ponta do iceberg, mas há condenados. Quando se trata de situações semelhantes ocorridos na igreja, quantos há a cumprir pena?
Imagem de perfil

De Maria Alfacinha a 12.10.2015 às 12:14

Há pais, daqueles mesmo que são pais, que abusaram dos próprios filhos, Jorge... :-(
Quantas vezes nos perguntamos como é que é possível?

Sabes que sou fã de Francisco - desde o primeiro buonanotte, no dia em que foi eleito - mas também sei que ele sozinho não vai conseguir mudar esta, nem outras situações que grassam pela Igreja.
Temos que nos manter atentos, sempre.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2015 às 12:30


"Não deixem ir a eles as criancinhas."

Quer dizer vamos incluir toda a igreja enquanto instituiçao no labeu acusatorio, e nao os prevaricadores individualmente.

Eu ate compreendo que como padres tem uma obrigaçao acrescida de propagar o bem a etica e a moral, , mas como nos estamos a falar de seres humanos e natureza humana temos que saber que estas coisas nao tem fronteiras especificas e praticam-se em todo o lado, como explicar que isto aconteca entao na propria familia, que tem deveres muito mais proprios de desejar o bem aos seus.

A igreja nao tem por missao nem ensina isso, quem faz isso, faz nao por ensinamento da instituiçao mas por iniciativa individual sabendo que esta em contradiçao com os preceitos da instituiçao..

As crianças representam a pureza e a inocência, no ensinamento de jesus, aproveitar-se disso com fins pecaminosos e altamente condenavel quando se tem a obrigaçao de fazer o contrario, e por isso uma coisa que esta mal mas tem vindo a ser corrigida e a nao responsabilizaçao criminal destes membros destas instituiçoes e o principal problema a corrigir.
Sem imagem de perfil

De Perguntas de perguntador?? a 15.10.2015 às 09:56

O comentário do "Anónimo" de: 12.10.2015 às 10:55.
É algo confuso.
Não estará a confundir ou a misturar, pedofilia com homossexualismo?
É que se sim. Caríssimo, uma NADA tem com a outra.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D