Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




touradartp.png

 

Imagem do Facebook 

 

Por acaso passou ao lado daqui do blog, mas não me passou ao lado a mim, há duas ou três semanas um vídeo em que em Mourão  em nome de uma qualquer tradição se podia ver como alguém tentava pegar fogo a um gato deixou as redes sociais em polvorosa, virou noticia nos meios de comunicação e levou inclusivamente a que a GNR tomasse conta do assunto.

 

A semana passada, via RTP 2, milhares de pessoas puderam ver em vivo, em directo e a cores, não um mas vários touros a serem perseguidos, picados com ferros e vitimas de outros maus tratos de uma crueldade evidente, curiosamente para além dos (poucos) mesmos de sempre, não vi mais ninguém escandalizado com tamanha crueldade com os pobres animais.

 

Há alguma diferença entre a crueldade com gatos e a crueldade com touros? A tradição de prender fogo a um gato é menos importante do que a tradição de espetar ferros e até matar os touros? (pelo menos em Barrancos mata-se o touro).

 

Porque é que a GNR toma conta da ocorrência e promete levar à justiça quem maltrata um gato e não faz o mesmo para com quem completamente identificado e via televisão, maltrata não um mas vários touros?

 

E por fim, onde andam os milhares que se indignaram, fizeram e/ou assinaram petições online e levantaram tanta poeira nas redes sociais com o que alguém fez ao pobre gato? Os touros não lhes merecem a mesma indignação? Ou tudo não passa de indignação e hipocrisia momentânea?

 

Jorge Soares

publicado às 23:11


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Anonimo a 09.07.2015 às 14:13

(assim como os que dão lucro, os da pecuária.)

suponho que nao se refere a matar para alimentar uma sociedade. m
Mas ja agora nos maus tratos esqueceu a caça . Uma tradiçao desde as sociedades primitivas e recoletoras.
Sem imagem de perfil

De Ana Maria a 09.07.2015 às 14:34

Sim, a caça também. É utópico querer que todos se convertam ao veganismo, mas com os recursos que temos não há justificação para a caça, menos ainda para a chamada caça desportiva. E o controlo das espécies é uma desculpa para justificar a matança. A caça não era uma tradição, era e ainda é para alguns povos uma necessidade. Nós temos os talhos e os supermercados (para quem quer carne, claro).
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 09.07.2015 às 17:02

Ao contrario do que diz vejo a caça para alem de uma necessidade que acompanhou a evoluçao humana, tambem como uma actividade de lazer, onde ao longo da historia podemos acompanhar varias modalidades e tradiçoes, a caça com falcoaria,a montaria, a caça a raposa, a caça a perdiz etc etc. recentemente Malta ate reinvindicou isso mesmo a europa a tradiçao de caçar aves migratorias.

E ja agora digo_lhe de todos os maus tratos infligidos aos animais era aquela tradiçao que eu permitiria, porque nao tem objectivo de espectaculo e tortura ao animal fazendo o sofrer, mas abate_lo. com um tiro, na caça ou morto num talho o animal julgo que nao sofre muito mais, depois tem outra vertente que e a tradiçao culinaria da caça. Por ultimo pode nao concordar com as corridas a corda mas chamar a todos aqueles que praticam essa tradiçao de bebados acho que e uma ofensa gratuita e nao corresponde a verdade, esse nao e um argumento contra pelo contrario e argumento ad hominen

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D