Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Profissionais de Saúde fizeram homenagem a Jorge Alexandre

Imagem de  aqui

 

Se não podes mudar o teu destino, muda a tua atitude

Amy Tan

Hoje a meio da tarde alguém me veio com a noticía, o Rui, um conhecido, uma pessoa mais ou menos da minha idade, com quem trabalhei em alguns  projectos no passado, está internado com Covid19. 

Há muita gente por aí que passado este tempo todo continua a achar que isto é só uma gripe, que é tudo um exagero, que usar máscara é uma parvoíce e que por trás de tudo isto há um interesse qualquer , de empresas, de países, sei lá. Cada um é livre de pensar e achar o que quiser, mas há coisas às que não se consegue escapar nem passar ao lado.

Não é possível escapar ou passar ao lado de quase um milhão de mortos , não é possível passar ao lado de sistemas de saúde colapsados, de médicos que tem que escolher quem vai morrer ou tentar sobreviver num ventilador, do sofrimento dos profissionais de saúde no caos em que se tornou a saúde pública um pouco por todo o mundo.

Mudar estas coisas não está nas nossas mãos, ou se calhar está!  Ir pelo mundo de uma forma responsável,  está nas mãos de cada um de nós, usar máscara, manter distancias, evitar aglomerações de pessoas, lavar as mãos frequentemente, é algo que acredite-se ou não nas teorias da conspiração, acredite-se ou não na gravidade ou veracidade do vírus, está nas mãos de cada um de nós e pode fazer a diferença para o mundo.

Voltando ao inicio do texto, é verdade que o Rui é uma pessoa de risco e por isso a doença afectou-o de forma mais dura, mas mesmo não sendo nós pessoas de risco, todos temos pais, avós, tios, irmãos, filhos, amigos, conhecidos! Muitos podem ser até pessoas de risco sem o saberem. Vamos ser responsáveis? Vamos pensar nos outros e na sua saúde e segurança antes de no nosso bem estar e nas nossas crenças?

Jorge Soares

PS: Vamos ver se  é desta que consigo reviver o blog.

publicado às 21:03


8 comentários

Imagem de perfil

De Abigai a 21.09.2020 às 21:46

Olá Jorge, na verdade não tenho muito a comentar, concordo em absoluto!
Só mesmo desejar-te as boas vindas de volta ao blog... Ha tanto tempo que planeo voltar ao meu e nada! Já escrevi tantos posts na minha cabeça e nenhum deles chegou lá...
Até breve, espero !
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 21.09.2020 às 21:50

Olá

Eu hoje decidi que era melhor escrever no teclado que na minha cabeça ... tenta, vais ver como é reparador.

Jorge
Imagem de perfil

De DyDa/Flordeliz a 21.09.2020 às 22:51

Que tal todos ficarmos mais ponderados?Mais cuidadores e também cuidadosos. Mas nao, preguiçosos.
O vírus continua ativo. Mas não podemos cruzar braços.
Isto está muito estranho. Uns param por nao "poderem" contactar com público. Outros nunca tiveram oportunidade ou tempo de "abrandar".
Haverá atividades com imunidade viral? Pois parece!
Depois há o excesso de confiança e os que são contra tudo o que é uma regra.
O ser humano não é fácil.
Sinceramente o ser humano está chato e gosta de chatear.
Bom, boas ideias. Boa escrita. Principalmente boa sorte.
Dida
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 22.09.2020 às 23:23

Olá amiga

Pois, não é fácil, mas o bom senso deve imperar, tudo isto e novo e não é fácil para ninguém, nem para quem tenta dar ordens fazendo o melhor possível, nem para nós que muitas vezes ficamos baralhados com o excesso de informação.

Mas temos que ir em frente e sobretudo, ter o bom senso de pensar em nós e no próximo.

Beijinho
Jorge
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.09.2020 às 22:52

Saudades da sua escrita, Sr piroso😊.
Fico á espera que continues a fazer caminhadas no teclado do blog.
Imagem de perfil

De Jorge Soares a 22.09.2020 às 23:23

Hoje já há mais, piroso ou não, eu cá estyou
Sem imagem de perfil

De Cristina a 23.09.2020 às 19:15

Muito assertiva a tua publicação. Plenamente de acordo.
Ainda bem que vieste ligar o blogue ao ventilador e arejar a casa.
Como já deixei de ver TV nos canais generalistas ( é me quase já insuportável ver e ouvir e dá me urticária) desta forma continuo a acompanhar o que é pertinente sem ter os sintomas adversos.
Sem imagem de perfil

De s o s a 23.09.2020 às 23:29

Olá, bem vindo.

Lembro-me de ter lido uma ou outra vez este blog.

E tenho a ideia do bom senso, do humanismo. Necessarios. !

Quanto ao tema de hoje, deste tempo, é mesmo assim : se me proteger, tambem estou a proteger os mais

E nao ter o azar de ser contagiado.

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D