Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




SOS Venezuela - 3000 Cadeiras vazias para sempre

por Jorge Soares, em 15.03.14

SOS Venezuela, 3000 cadeiras vazias para sempre

 

 

 

3000 sillas vacías para siempre, 3000 cadeiras vazias para sempre.

 

Protesto público contra a delinquência na praça Saddel em Caracas, 3000 cadeiras vazias para sempre, correspondem às mais de 3000 pessoas que foram vitimas de assassinato por parte de delinquentes comuns na Venezuela só durante o mês de Janeiro.

 

Os protestos que acontecem há mais de um Mês na Venezuela tiveram o seu início numa manifestação contra a violência que aconteceu após a violação de uma estudante dentro do recinto da Universidade de los Andes em Mérida.

 

É contra isto que se protesta na Venezuela, contra a violência que todos os anos mata milhares de pessoas no país, muitas mais que em algumas guerras civis,  e contra um sistema e um governo que durante 15 anos não foram capazes de combater a violência a corrupção e a delinquência.

 

Jorge Soares

publicado às 23:51


2 comentários

Imagem de perfil

De golimix a 16.03.2014 às 18:03

Choca, não é?

Ver que em muitas coisas a sociedade parece não ter passado da Idade Média.
Imagem de perfil

De Kok a 17.03.2014 às 15:50

Olho a foto que publicas e "vejo" desespero, "vejo" lágrimas sofridas, "vejo" gritos de revolta pela impotência dos que sendo "pequenos" (mas não menores) sabem que esgotados todos os outros meios de protesto contra as injustiças só lhes resta um último meio de se fazerem ouvir: morrendo!
Morrendo com a esperança de que os que ficam sejam merecedores desse sua última (mesmo que involuntária) decisão.
São muitos os exemplos que a história relata de situações iguais, (tão iguais que até "dói") mas que nunca são aprendidas por quem se senta na cadeira do poder.
Após uma primeira (quase) década e meia no século XXI continuam em vigor comportamentos semelhantes aos séculos XIX ou XVIII (para não is mais longe).
Há uma certeza: a quantidade de cadeiras vazias vai aumentar...
E não me refiro unicamente à Venezuela.

1 abraço pah!

Comentar post



Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D