Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Paulo Bento

 

Imagem de A Bola 

 

É verdade que a derrota contra a Albânia foi um balde de água fria para muita gente, quem vinha criticando a selecção, Paulo Bento e a federação desde a eliminação precoce do mundial,  ganhou agora motivos para deitar cá para fora tudo o que lhe vai na alma e pelos vistos há muita gente com muita coisa para dizer.

 

A selecção portuguesa vale mais do que aquilo que se viu ontem, tem jogadores e qualidade para bater esta Albânia e atrevo-me a dizer que em dez jogos ganharia sempre sete ou oito, mas também é verdade que não tem o valor que tem conseguido mostrar nos últimos 15 anos, do meu ponto de vista o anormal não é acontecerem estas derrotas, o anormal é uma selecção com a base de recrutamento que há em Portugal e com um campeonato em que fim de semana sim, fim de semana também, 80% dos clubes tem mais estrangeiros que portugueses a jogar, possa ter chegado por várias vezes a estar entre as cinco primeiras do mundo.

 

A verdade nua e crua é que para além dos 25 ou 30 que tem sido chamados por Paulo Bento não há mais por onde escolher e apesar de haver quase sempre nas selecções mais jovens jogadores que prometem ter um futuro risonho, na altura em que deveriam chegar às equipas principais,  há sempre um brasileiro, um uruguaio, um argentino, um croata, um sérvio, um colombiano...., que apesar de ter a mesma idade e muitas vezes ter provado bem menos que o português,  é o estrangeiro  o escolhido e a jovem promessa que até tem largas dezenas de internacionalizações pelas selecções jovens portuguesas, termina emprestado a um clube grego ou turco qualquer, onde deixa de ser acompanhado e formado  e raramente se volta a ouvir falar dele.

 

Há muito que clame por uma renovação, quem peça a entrada de jogadores novos, mas eu pergunto, quais jogadores novos? onde jogam? Podem despedir o Paulo Bento e colocar lá quem quiserem mas a verdade é que no futebol como na vida não se fazem omeletas sem ovos nem equipas competitivas sem jogadores com tarimba.

 

Eu sei que é impossível porque existe uma coisa chamada união europeia e tratados internacionais com o Brasil e com meio mundo, mas Portugal só voltará a ter uma equipa competitiva quando limitarem no clubes portugueses, os grandes e os pequenos, o número de estrangeiros permitidos nas suas equipas desde a formação até aos seniores, até lá vamos voltar a ser uma selecção que de vez em quando até faz uns brilharetes, mas que irá perder algumas vezes com a Albânia ou com Malta e muitas vezes com as equipas de topo da Europa.

 

Estamos mal habituados é o que é.

 

Jorge Soares

publicado às 23:00


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com


Posts mais comentados





Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D