Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Feliz 2015 para todos

por Jorge Soares, em 31.12.14

 

São os meus desejos a todos os que por aqui passam.

 

Jorge Soares

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:06

Faz de 2014 o ano da tua Felicidade

por Jorge Soares, em 31.12.13

Feliz ano Novo

 

Que 2014 seja o ano de todos vós

 

 

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:24

2013, 365 oportunidades de ser feliz

por Jorge Soares, em 31.12.12

365 oportunidades para ser feliz

 

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

 

 

 

Todos sabemos que não vai ser fácil, mas não se esqueçam de ser felizes, em 2013 ou em qualquer outro ano

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56

Vamos todos fazer por isso?

por Jorge Soares, em 30.12.12

Meta para o ano novo?.. ser feliz

 

Imagem do Pontos de Vista 

 

Não vai ser fácil, mas vamos todos tentar fazer por isso?

 

O meu desejo de ano novo para todos os que por aqui costumam passar é esse, nunca desistas de procurar a felicidade!

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:21

Conto - Ano novo

por Jorge Soares, em 29.12.12

Ano Novo

Imagem minha do Momentos e Olhares

 

 

Na noite de 31 de Dezembro Tristão acorda em sobressalto. Sonhava com um carrossel de cores quando um estrondo lhe atravessou a cabeça fazendo-o erguer da cama grande.

 

Tudo naquele quarto lhe parece grande e estrangeiro, paredes, portas, armários, mas o que sente não é exactamente medo. Mais uma saudade das cores do sonho. Ali, agora, tudo escuro e enevoado, como nos sonhos falsos dos filmes. Ele vira-se, desce da cama. Um miúdo de três anos e meio com uma cara clara e grandes, espantosos, olhos pretos.

 

No corredor, quadros com imagens de caça. Tristão pensa como são feios os rostos sem sobrancelhas dos cavaleiros. Para não ver mais nenhum, olha para baixo enquanto anda. Os pés descalços na madeira fria. Quando encontra uma porta, empurra-a.

 

A meio da sala, dá conta de ir a chorar baixinho. Esperava encontrar alguém depois da porta, mas não há ninguém. Nem a mãe, nem o pai. E, à medida que vai avançando para a outra porta, adensa-se o medo estremunhado no coração do miúdo. Por um lado, o choro ecoando naquele espaço. Por outro, o terror das coisas, tão quietas e imprecisas. A cadeira fora do lugar, o cinzeiro sujo. Tristão sente que, agora acordado, está dentro de um lugar muito mais vago e nevoento do que antes, quando sonhava. Um lugar vago e escuro e nevoento que é tal e qual um pesadelo.

 

Outra porta: luz, música. Homens com laços debaixo do queixo, mulheres com pescoços nus. Mostram-se espantados e alegres ao verem-no, mas são maus actores. E a luz é violenta, e alguém dá uma gargalhada grossa, e há o estrondo de bombas lá fora. Tristão não chora mais. Está em pânico, olhos perdidos. Vai atirar-se para o chão e enrolar-se sobre si próprio, fechado a qualquer palavra ou gesto, repetindo para dentro "não, não".

 

Mas o mordomo da empresa de organização de eventos vale o seu peso em ouro. Pousa a garrafa de champanhe, pega no miúdo. Sorri aos convidados e sai com ele para a janela, para ver o fogo-de-artifício. "Estás a ver? É isto o barulho", diz-lhe.

 

E Tristão serena porque pensa que aquelas cores explodindo na noite são tão parecidas com as do sonho, tão parecidas, que afinal talvez seja aquilo a "realidade".

 

Jacinto Lucas Pires

 

Retirado do DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

Zé Natal

 

Segundo o Sol, Governo decidiu dar 'bónus' aos portugueses depois de ano difícil ao dar mais uma tolerância de ponto nos dias de natal e ano novo.. não percebi.

 

Entre feriados e férias, este mesmo governo que agora virou mãos largas e até dá bónus, tirou-me a mim e ao resto dos portugueses 7 dias, dizem eles que foi a mando da Troika e em nome de algo que ninguém sabe muito bem o que é mas que eles chamam de produtividade... e agora vem dar assim de mão beijada dois dias de férias extra ao estado? Então e a produtividade? Então e a Troika?, quando é que negociaram este bónus que não nos contaram nada?

 

Esta semana foi aprovado o pior orçamento de estado dos últimos 40 anos. Hoje as noticias falavam de um corte extra de quatro mil milhões que tem de ser decidido até Fevereiro para dar de prenda de natal atrasada aos senhores da Troika quando eles cá voltarem, consta que os cortes vão ser na saúde e na educação, há quem diga que vão aparecer propinas no ensino secundário..  e depois disto tudo estes senhores vem com mais dois dias de férias?

 

Todos sabemos que o ano que vem vai ser de eleições autárquicas e há que começar a adoçar a boca aos funcionários públicos, mas convenhamos que é preciso falta de vergonha para se vir com uma coisa destas depois de tanta conversa sobre a produtividade dos portugueses e a competitividade do país.

 

Quando alguém voltar com a conversa de que vivemos acima das nossas necessidades, já sabem do que se trata... é das tolerâncias de ponto, de dois dias com o estado parado em quanto o resto do país está a trabalhar ou para poder passar o dia com a família, teve que abdicar dos dias de férias no verão.

 

É a isto que eu chamo, governar pelo mau exemplo.

 

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:18

Ano novo, alegria e optimismo

por Jorge Soares, em 30.12.10

alegria e optimismo.jpg

Deve ser da idade, mas já não consigo olhar para a vida e dividi-la em fatias de 12 meses, não sou capaz de olhar para trás e pensar se este foi um bom ou mau ano, assim como não consigo olhar em frente e desejar que o próximo seja bom.. ou melhor, não consigo fazer planos a tanto tempo, nem desejos para mais uma fatia da vida... Acho que cheguei a uma fase em que simplesmente quero viver, ir passo a passo, viver cada dia pela positiva, a passagem do ano não é mais que uma passagem do calendário e um motivo para festejar... o tempo passa é verdade.. mas passa todos os dias... deveríamos festejar cada um deles, porque é sinal de que já o vivemos... e cada manhã mais uma oportunidade para vivermos.

 

Os últimos 12 meses  fizeram mudar a minha vida porque com eles veio o concretizar de um desejo antigo e uma nova vida cá para casa, com ela veio o recordar, por vezes saber as coisas não é suficiente, é necessário ver mesmo, que existem mais mundos e mais realidades para além da que vemos e vivemos todos os dias... ir a Cabo Verde e ver a realidade na que vivia a minha filha mostrou-me que há muito por fazer no mundo para que este seja realmente justo.... agora, há que fazer por isso... fazer que o mundo seja mais justo.

 

Ontem estava a ver a série Ossos (Bones, no original) e alguém dizia que não festejava o natal porque não fazia sentido nenhum festejar algo que na realidade terá acontecido algures em Março ou Abril.. é claro que é só uma forma de levar o significado do natal demasiado à letra.. mas deixou-me a pensar... todas estas festas, ano novo incluído, davam muito mais jeito se em lugar de no solstício de inverno fossem por exemplo no  de verão, não acham?.. afinal a ideia é só festejar, ninguém sabe realmente quando ou onde supostamente nasceu Jesus, logo, 25 de Dezembro ou 25 de Junho... e solstício por solstício, qualquer um é bom.... e vão por mim, que já passei vários, passar o natal na praia... tem muita pinta...

 

Desejo a todos os que por aqui passam o mesmo que desejo para mim e os meus, que sejam felizes... sempre, todos os dias.. durante o próximo e  todos os anos seguintes.. façam lá o que diz a Mafalda... ela é que sabe... e já agora, cuidado com os excessos.

Jorge Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58

E a vossa passagem de ano?, como é?

por Jorge Soares, em 28.12.09

Fogo de artificio no ano novo

 

Imagem da internet

 

 

Ontem falamos aqui do natal, o comentário da Sandra deixou-me a pensar. Conheço a Sandra e o António há algum tempo, partilhamos muitíssimos pontos de vista, e algumas.. bastantes .., formas de estar na vida.... são pessoas que quando abraçam uma causa, fazem-no com convicção absoluta, sem meios termos, só para dar um exemplo, eles são de entre as centenas de candidatos à adopção que conheço, os únicos que se dispuseram a adoptar sem colocar nenhuma condição.. nenhum limite.

 

Entendo a forma de olhar para o natal da Sandra, mas apesar de ser tão ateu como ela, não consigo olhar para as coisas de uma forma tão radical, como disse ontem, para mim o natal tem um significado que tem pouco de religioso, mas não deixa de ter um significado importante, é a festa da família. Era capaz de deixar aqui uma aposta em como a Nessa para o ano que vem volta a desencantar os enfeites e volta a decorar tudo... 

 

Mas fiquei a pensar, e o ano novo?  Cá em casa o ano novo é a nossa festa, não vamos a lado nenhum, acendemos a lareira, preparamos o jantar, por norma Fondue, jantamos os 4, vemos televisão e quando se acerca a meia noite vamos algures ver o fogo de artificio, os 4, pelo prazer de ver o fogo..depois voltamos para casa..e já passou.

 

Sandra, como é que olhas para a passagem de ano? festejas? danças, gritas, comes uvas?..quiçá, dormes?..  como é que cada um olha para o ano novo? 

 

Jorge

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:11

Um Bom Ano para todos

por Jorge Soares, em 01.01.09

"009

 

E a festa terminou, tenho por hábito passar o ano com a P e os miúdos, só nós, já virou tradição fazermos Fondue para o jantar, jantarmos em casa e irmos ver o fogo de artificio, já seja em Lisboa ou na baixa de Setúbal, éramos para ir a Lisboa mas depois de um dia de chuva intensa, decidimos que o melhor era ficarmos por cá. 

 

Também já é tradição que falte algo para o Fondue, o ano passado tive que ir comprar Óleo para fritar, este ano faltava o álcool, depois de uma tentativa falhada de utilizar bagaço de vinho verde, lá fomos bater à porta dos vizinhos que felizmente tinham e não tive que ir à procura de algo aberto.

 

Eu adoro fogo de artificio, gosto mesmo, este ano o fogo não foi junto ao rio o que lhe tirou algum encanto, mas foi bonito na mesma. Havia passas à disposição, mas não sou de pedir desejos, afinal é só mais uma página que se vira no calendário e a vida continua....  sempre. 

 

 

Recomeça... 

Se puderes, 

E os passos que deres, 

Nesse caminho duro 

do futuro, 

Dá-os em liberdade 

Enquanto não alcances, 

Não descanses. 

De nenhum fruto queiras só metade. 

 

 

Miguel Torga

 

Para todos os meus desejos de um feliz ano cheio de motivos para festejar.

 

Jorge

PS:Imagem retirada da internet

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31


Ó pra mim!

foto do autor



Queres falar comigo?

Mail: jfreitas.soares@gmail.com






Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D